25 de outubro de 2011 08:21

Por Eduardo Soares

Resolvi dar férias sem prazo de retorno para minha tão requisitada paciência. Em trinta e dois anos na estrada, pouquíssimos foram os dias em que não recorri a principal característica de Jó. Alguns anos atrás, fui apelidado de Monge pelos companheiros de trabalho justamente por causa da minha maior virtude. Mas, de uns tempos pra cá parece que ela tem enjoado da minha cara (ou será que eu sem perceber a coloquei no esquecimento?) e o que antes era a principal característica hoje torna-se algo cada vez mais longe da realidade. Já fiquei preocupado com isso, juro. Por outro lado, por diversas vezes questionei o motivo da crescente impaciência/intolerância que tem conquistado meu (antes pacato) perfil.  Tento me adaptar as mais diversas situações do dia a dia só para tentar não ser um sujeito desagradável. Não demorou muito e desisti de querer agradar a todos (sabe o que é pior: essa coisa de procurar ser amigo de todos não estava agradando nem a mim).  Fiz esforço pra ser o sujeito engraçadinho, o centro das atenções, o inteligente (de fundo de quintal), o severo/crítico, o cara de mente aberta/liberal, o desconfiado, cético, otimista até na hora de diarreia, o pessimista até na hora de buscar o premio da Mega Sena. Conclusão? Rodei, rodei, rodei e me perdi. Como dizem por aí, ficou aquela sensação : você pode gostar de chocolate, doce de jaca, vitamina de abacate, coxinha e rapadura. Mas junta tudo pra ver no que vai dar…

Por que raios esse desabafo estranho? Não estou escrevendo com um cálice cheio de vinho do Porto do lado. A cota de nível etílico chegou no auge durante o fim de semana. Nos dias úteis procuro manter a sobriedade. Sobre o tal desabafo, acontece que de ontem pra hoje minha paciência foi testada a exaustão e também essa palhaçada de ser amiguinho de quem não presta já passou da conta. Segredo de Estado: Indiferença, minha cara leitora, nunca foi meu forte.

Domingo à noite, pela primeira vez compareci a um evento muito bacana aqui no Rio (Miss Plus Size Carioca) onde a sempre bela (e figuraça de marca maior) Tatiana Gaião passou a faixa/coroa para Géssica Carneiro . A quantidade de profissionais da imprensa no local era considerável e com isso não demorou muito para que diversos sites divulgassem o sucesso da cerimônia. Com o passar do tempo (e principalmente devido a este espaço virtual), meu nome ficou muito ligado ao mundo plus size, logo quem me conhece sabe que constantemente marco presença em ocasiões como a que aconteceu no Rio. Não sou mais frequente porque boa parte dos eventos acontece em São Paulo e nem sempre tenho tempo para cruzar o Estado para admirar os desfiles cada vez mais profissionais e impecáveis. Bom, ontem à noite e hoje cedo fui bombardeado com perguntas do tipo: cara, vi que rolou um evento sobre as modelos GG, você soube? Diante da minha afirmação, começa o fuzilamento imbecilóide:

– Numa boa, você não acha que isso é um circo dos horrores?

– Cá pra nós, quem realmente acha aquilo (os desfiles e as moças) bonito?

– Custo a crer que você goste daquilo, camarada. Qual é a tua?

– A que ponto você chegou, cara. Não pensei que tu fosse apelar tanto. Porque faz isso?

Meus caros, a paciência zerou. Acabou de vez. Se por bem menos ela sumiu, agora, além de gozar merecidas férias, ela deixou a intolerância no seu lugar. Repito aquilo que disse quando ouvi essas perguntas: não tenho SACO pra fazer média, nunca fiz e aos 32 anos na cara provavelmente nunca farei. Não tenho culpa se as atuais preferências quanto a beleza são esteticamente perfeitas (e podres por dentro). Recomendo imensamente que os autores das frases em negrito encontrem belas mulheres pela frente. Do tipo gostosonas: dotadas de peitos deliciosamente siliconados, barriga quase inexistente (de tão seca), coxas torneadas e suculentas e que sejam verdadeiras devassas na cama. E que essas mulheres (se você que lê isto possui tais atributos, não estou generalizando, apenas quero ver essa galera caindo do cavalo com direito a coice na cara) sejam portadoras de “embalagem” maravilhosa e caráter repugnante. QUANDO É, POMBAS (isso pra não xingar), QUE VOCÊS CAIRÃO NA REAL PARA PERCEBER QUE A BELEZA NÃO PODE SER RESUMIDA APENAS AO VISUAL???  A gostosona arrasa-quarteirão pode ser mais atraente do que a plus size pra você, seu otário, AGORA SAIBA QUE PESSOAS TÊM GOSTOS DIFERENTES. É evidente que admiro as não-plus-size, oras! Agora, meu gosto não é limitado apenas para esse tipo de mulher. Além delas, olho/admiro as famosas gordinhas, SIM! E elas são bonitas, SIM! Elas me excitam, SIM! Assim como a mulher magra, a baixinha, a alta, a sambista, a roqueira, a descontraída, a tímida, mulata, morena, ruiva, loira, a de cabelo verde, roxa, azul….

A irritação fica maior quando (como foi o caso hoje) uma GORDINHA esculhamba as demais, dizendo que os desfiles são para expor as pessoas ao ridículo, que a depreciação atingiu um nível surreal, e por aí vai. Assim como existe o negro racista (contra sua própria raça) e o pobre que vive com o Rei na barriga, nota-se também a mulher recalcada, a gordinha que se morde de ciúmes por não estar participando do evento. NUNCA ouvi vaias nos desfiles. NUNCA ouvi comentários do tipo “não sei pra quê raios ela faz isso” dos maridos nos Dias de Modelo, NUNCA ouvi comentários de humor negro nos eventos em que marquei presença. Pelo contrário, admiro a rapaziada que dá valor a mulher que tem do lado. Impossível não achar graça (favor não confunda com ironia) da cara de marido apaixonado ao ver sua mulher desfilando na passarela como foi o caso do meu camarada William e seu sorrisão de felicidade/orgulho a cada passo dado pela Érica Calderal. Assim como ele, tenho certeza que vários outros maridos/namorados/noivos/ficantes têm o mesmo prazer em contemplar a mulher que desfila beleza, simpatia e orgulho de ser quem é, sem a menor vergonha de não estar enquadrada nos atuais padrões de beleza estipulados por algum desgraçado desprovido de sanidade mental.

Por fim, diferente do que pensam ou comentam (mesmo quem em tom de brincadeira) nunca estimulei namorada, amiga ou leitora a engordar em nome do meu gosto. Isso seria sadismo. Se as idealizadoras dos movimentos plus size levantam a bandeira da saúde em primeiro lugar, por que raios eu iria ser voz contrária a causa? Sim, antes de entrar para o blog já fui contrário a namorada que pretendia fazer redução de estomago assim como fiz bico ao saber que a parceira estava pensando em fazer dieta. Com o tempo você nota que as coisas não são assim. Quem realmente gosta quer ver a pessoa feliz, alegre, disposta, cheia de vida. Pedir para a pessoa ENGORDAR (e conheço marmanjos que fazem isso) beira o absurdo do egoísmo insano. Irrita mais saber que certas meninas, numa total ausência de estima, fazem isso com medo de perder o sujeito que nunca deveria ter entrado na sua vida. E irrita muito saber que determinados idiotas esculacham as mulheres NA HORA DA INTIMIDADE. “Tá maluca? Faça um regime, você acha que me excita com esse corpo?”, foi a declaração de um noivo assim que viu a mulher toda produzida. E ele não está sozinho, existem vários “clones” seus espalhados por aí. SE VOCÊ NÃO QUER, RETARDADO, SUMA DA VIDA DA MENINA. CEDA ESPAÇO PARA O CARA INTELIGENTE QUE VAI DAR O VALOR A ELA QUE VOCÊ NUNCA DARÁ: FELICIDADE. E saiba que a vida tem efeito de roda gigante…

Definitivamente, hoje as palavras doces sumiram do meu pensamento. Sejamos realistas: as palavras do melhor psicólogo existente nunca serão suficientes caso você não queira mudar o percurso.  Não vou ficar martelando no velho clichê motivacional do ‘’Valorize-se ”. ACORDE PRA VIDA, PARE COM ESSA PASSIVIDADE DE FICAR APENAS ADMIRANDO OS EXEMPLOS DE SUPERAÇÃO DAS PESSOAS E CORRA ATRÁS DO TEMPO PERDIDO. Este espaço não é destinado para o publico infantil, todos nós sabemos (ou temos noção) do que queremos. VOCÊ sabe o que é melhor pra SUA vida? Ótimo…agora saia da frente do monitor e trace metas, canalize seu foco nas melhores idéias possíveis.

O texto acabou. O que está você esperando? Minha paciência acabou, vai deixar que acabem com sua vida?

 

  • nossa tou chocada rsrs

  • Maria da Conceição

    Simplesmente, A-D-O-R-E-IIIIIIII…… Conseguiu focalizar o desabafo de todas nós que somos PLUS SIZE SIM, mas que nos aceitamos e amamos da forma que nós somos, mesmo que existam pessoas que pensem ao contrário. É a primeira vez que entro neste Blog e , à primeira vista, me apaixonei por ele e por você… Obrigado a Deus por existirem pessoas com alta inteligência como você. O mundo podia ser dotado de mais pessoas assim….
    Como é engraçado a vida né??? Na minha adolescência fui modelo nos padrões de beleza estipulados pela sociedade, mas depois de 2 gravidez e um corpão de jamais ficaria no manequim 40 por muito tempo, depois de muitos anos consegui me aceitar como sou e estou. Tenho um marido MARAVILHOSO que me ensinou que tenho de me valorizar primeiramente, e como isso levou tempo hein!! (hoje tenho 35 anos) Hoje sou feliz, graças à Deus e à ele que me ensinou isso… Bem, parabéns pelo seu “desabafo”, estava perfeito, e aos idiotas de plantão, como vc mesmo falou, espero e torço que vocês achem uma mulher que preste, porque depois q a beleza dela e a sua (dos idiotas) passar, não restará nada além de OSSOS e PELANCAS!!!!! Bom dia à todos! Um grande e especial beijos à você EDU!!!!

  • Nossa Edu, até nervosinho vc nos surpreende, mas também com comentários desse nível não existe Jó que suporte, não é a toa que te admiro e hoje posso falar que sou sua amiga, pessoa sincera e sensível, amante das coisas belas da vida. Se todos fossem iguais a você que maravilha viver….. Grande bjo amigo….

  • Mto bom Edu… Esse texto veio em hora bem oportuna. Chegou e deu o recado,mas mto bem dado e sem meias aplavras.Amei!!

  • Mary Medeiros

    Parabéns arrasou nas palavras!!

  • edna reis

    amei…disse tudo que eu merecia ouvir.

  • Edu meu lindo, você chutou o pau da barraca, e eu amei! Sei exatamente o que estás passando quando a falta de paciência/intolerância.. Tenho passado isso ultimamente, e sinceramente não estou gostando da pessoa que me tornei. É difícil, pois além de afastarmos as pessoas indesejadas, acabamos correndo o risco de afastar alguém especial que talvez não entenda nossa “fase”. Quanto a baixa auto estima de certas gordinhas, eu até vejo como normal.. Pois não é nada fácil crescer com os olhares maldosos e incriminadores das outras pessoas. Pior ainda quando crescemos com esse preconceito dentro de casa, onde as pessoas que deveriam nos amar incondicionalmente.. enfiam o dedo em nossa ferida.
    É muito bom te ver aqui no mulherão.. mesmo que seja desabafando, botando pra fora o que está te fazendo mal.
    Cuide-se, lindinho.. Não deixe que essas pessoas te desgastem.

    Beijos Recifenses

  • Paula Borges

    Esse foi o texto mais significativo e brilhante que já li! Essas pessoas que nos discriminam são mesmo um desestímulo. Mas concordo com vc quando diz que a valorização tem que partir de nós mesmas. Somos nós que temos que dar o primeiro passo e ignorar aqueles que querem nos levar na direção contrária. Força meninas!!!! E eu já estou aqui traçando minhas metas….Quem sabe nos encontraremos um dia num evento desses para que eu possa te dar os parabéns pessoalmente. Enquanto isso, parabéns e obrigada pelo estímulo.

  • Eunice Ap. de Paula

    O GRANDE PROBLEMA DA CEGUEIRA HUMANA É NÃO TER O QUE FAZER COM USA PRÓPRIA VIDA, AI SE VOLTA PARA A VIDA DOS OUTROS PRA CRITICAR JÁ QUE NÃO CONSEGUE REALIZAR ALGO POSITIVO POR SI MESMA. PARABÉNS PELAS SUAS PALAVRAS, QUANTO A QUEM CRITICOU, ARRUME O QUE FAZER!!!!!

  • Paula Regina

    Edu, parabéns pelas frases tão bem arrumadas na crônica-desabafo.

    Em muito concordo contigo e entendo ser cáustico ficar ouvindo mediocridades em nome de “manter a pose” ou não ser deselegante.

  • Andreia

    Aff, eu já não aguento mais ver essas pessoas idotas que encontro no dia-a-dia achando que o mundo tem que ser magro para ser feliz.
    Na empresa em que eu trabalho por exmeplo quem uma beldade uqe se acha o maximo (mais parece aquelas bonecas de feira), essa dita cuja chegou a falar em alto e bom tom que não permite que o belo filhinho dela namore uma menina gorda, pois sabe que por enqunato está tudo bem, mas se eles se casarem ela vai ficar mais feia do que já está, ou seja mais gorda e não é essa a nora que ela quer para ela (é uma coitada que não sabe nem o que fala), mas eu não tenho raiva dela não, tenho um sentimento pior: tenho dó, tenho pena.
    Vou dexar algo para ela e para muitos outros que tem esse pensamento idiota: “Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.”
    (Arnaldo Jabor)

    Valorizar o que se tem, talvez seja a melhor forma de reconhecer a presença de Deus em nossa vida.
    As pessoas estão cada vez mais intolerantes, há supervalorização dos defeitos, e é justamente por isso os relacionamentos não duram.

    • Andreia

      sabe porque Shrek é…
      o melhor conto de fadas ? Porque ensina que ninguém
      precisa ser perfeito para ter um final feliz. ♥

  • Clap Clap Clap rsrsr

  • Eu, que já não tenho pasciência desde que nasci, chuto o balde com mais facilidade. As perguntas dos imbecilóides e MAL EDUCADOS já seriam suficientes para uma boa patada.
    Os homens (e mulheres também) que criticam alguém por ser gorda são excluidos imediatamente da minha vida.
    Quanto aos que pedem para alguém engordar sem razão (a maioria das modelos ficaria linda com uns quilos a mais) SÃO DOENTES!

  • Sensacional Edu! bjoo

  • Nossa, de todos os textos seus que já li, esse é sem dúvida o que expressa da melhor forma a sua admiração e respeito em relação aos “mulherões”…sejam as gordinhas “ou a magra, a baixinha, a alta, a sambista, a roqueira, a descontraída, a tímida, mulata, morena, ruiva, loira…” como você citou…Confesso que durante muito tempo, quando mais jovem, tentei me encaixar nos padrões dessa beleza padrão…hoje percebo que ser linda e gostosa vai muito além da aparência. Baseia-se exatamente no aceitar-se, amar-se e valorizar-se como você falou…Tenho trabalhado nisso em mim e o blog com certeza tem sido um grande aliado..E suas postagens, é claro, também! Parabéns pela lucidez! Ah! E pela coragem e persistência também, afinal diante de tantos machos fissurados apenas em peitões e bundões, deve ser tarefa árdua mesmo o exercício da paciência!

  • Sem palavras! Até me emocionou!

  • Patrícia Bueno

    Oi Eduuuu! Parabéns pelo desabafo meu lindo, e tbm acho q todos precisamos saber viver…sem pré-conceitos.
    A vida é sempre uma eterna descoberta, seja ela pras coisas boas ou ruins…
    Vamos viver, e não existir!
    PS: Amo vc!
    Bjs
    Paty

  • Choquei!!! Desabafou e calou a boca de mtaaa gente!!! Parabéns!!! Adorei!!!! O q acontece com essas pessoas q não se aceitam e as q ñ aceitam as q se aceitam (nossaaaa….rsrs), é a falta de Deus, falta de amor, são frustradas, loucas, carentes e dementes!!!

  • Marcella Betti

    Excelente texto! As pessoas que fazem esses comentários horrorosos (elas sim são um circo dos horrores!) têm que saber que nem todo mundo pensa como elas…ainda bem!

  • AMIGOOOOO!!!!
    é pra aplaudir de pé?????
    A-R-R-A-S-O-UUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!
    Adorei sua tolerância zero, porém sensata e de bom tom.
    Bjus

  • KAMILA MAION

    Arrasou! Texto muito bem escrito… Parabéns!

    Beijo!
    Kamila Maion

  • Pois é Edu não me admira o fato que aconteceu.. eu mesma estive em Maceió em maio deste ano, sou gordinha e fui com uma outra colega bem mais gordinha.. sempre achei ela linda, pq pra mim a beleza vai além de um pedaço de carne, e um belo dia da viagem , estavamos conversando na praia e ela disse.. a gente tem que ganhar os homens pela inteligência , simpatia e etc.. pq vc realmente acha que algum homem vai se interessar por nós?? Quando eu ouvi fiquei sem palavras.. ai virei e falei.. eu estou sozinha no momento porque quero.. agora vc não sei o que se passa, tem um km de homens no meu pé .. fiquei passada com isso que ela disse.. ahh fala sério o que seria do vermelho se todos gostassem do amarelo???? Existe muito homem sim que gosta de mulher gordinha.. estou saindo com um personal sarado, professor em duas academias.. tá bom pra vc amiga.. Gosto é muito relativo.. cada um gosta do que quer , deseja aprecia.. e se sente feliz.. sabe o que incomoda esse povinho?? É que as gordinhas bem resolvidas exalam felicidades.. enquanto esses “magros” (sem generalizar) ficam cuidando da vida dos outros.. Sem mais comentários.. senão ai já vira ofensa..

  • Nossa!!

    Arrasou, com impaciência irritação e tudo!!

    Graças ao bom Deus, tenho meu homem inteligente, que me quer em todos os sentidos com meus quilinhos a mais!

    Parabéns pelo texto! Tô indo fazer o que você mandou!!

  • Debora

    Sábias palavras, em resumo disse tudo, sou ggg (grande gata gostosa), sou resolvida, mas vejo amigas que não são e sofrem muito por isso, mas outro dia li uma frase no face que me deixou chocada, uma moça que fez redução de estomago postou o seguinte: ” Gordura localizada não é problema pra mim, desde que ela esteja localizada no corpo dos outros”, seria como cuspir no prato em que comeu, eculachar com algo que ela mesma ja foi, mas parece que tem memoria curta e esqueceu isso, é como vc cita das proprias gordinhas que tem preconceito mas na verdade sao recalcadas e morrem de inveja.

  • muito bom Edu!

  • aaaaí Eduu .. não esperava outra coisa de vc .. a nossa paciencia tem limite mesmo .. a minha acabou faz tempo, o seu tapa na cara ainda foi com a famosa “luva de pelica” , o meu já está sendo com taxas.
    parabéns .. ameeeeeei víu !!
    beijão

  • Aplausos!!

  • Boa, Edu! As pessoas tem que aprender que existem pessoas de todo o tipo e com todo tipo de gosto!!! O mundo é tão grande! Tem lugar pra todo mundo, gente!!! Parabéns! Gostei das palavras!! Beijos! Rê!

  • Eu tenho conhecidos meus que pensa da mesma maneira dos caras que conversaram com o Edu.

  • Emerson

    Vocês são maravilhosas 🙂

  • Cynthia

    “A quantidade de preconceito que cada um de nós tem é inversamente proporcional a de inteligência.”
    ( Jefferson Luiz Maleski )
    Aplaudindo você, a mim e a todas as pessoas que não se deixam contaminar com tremenda estupidez que é qualquer tipo de preconceito.
    Cheiro…

  • Vanessa

    Edu, não poderia ter falado mais bonito! A valorização do corpo culminou em tantos problemas psicológicos… Acho ridículo uma pessoa fazer qualquer tipo desses comentários que você ouviu e informou em seu desabafo. Não é a toa que hoje as pessoas quase não tem mais caráter!
    Mas o bom é que, pelo menos, enquanto existirem pessoas como você o mundo estará a salvo! Mesmo sendo você uma minoria!!!
    Vale lembrar que Marilyn Monroe, um exemplo de beleza e sensualidade na década de 50, usava manequim 44. Era o que hoje as pessoas consideram, gordinhas. E para mim não existia mulher mais bonita, mais perfeita. Era bonita sem photoshop.

  • Mas hoje em dia nem converso com esse povo mais, hoje tenho amigos gente boa.

  • Daniela

    Simplesmente MARAVILHOSO!!!

  • Qualquer comentário meu a seu respeito e a sua atitude serão em vão!!! Sou sua fã e vc sabe disso!!!
    Beijos e saudades de vc…

  • CRISTIANE CANTELE

    PARABÉNS texto maravilhoso, muito bom!!!

  • Tatiana

    kkkkk Bravo! Amei Eduardo, aposto q mtas plus size passaram a te admirar pelo texto, inclusive esta q escreve. Bjokas!

  • Noooooossa, que tapa na cara desse povo!
    Para ser sincera eu nem achava que esse tipo de comentário era feito nessa proporção, pra chegar a deixar alguem irritado. Que pena né?! Pena que esse tipo de cabecinha oca exista!
    Parabéns pela resposta, achar legal é uma coisa, ter cara pra defender o que pensa é outra, e admiro muito quem o faz!
    Beijosss

    Cléo Fernandes

  • ANDREA… A FÊNIX!!!

    ADOREI…
    Um soco no estomago desses idiotas!!!
    Bjsss

  • Rosa Maria

    Edu, lindo texto. De uma forma muito elegante voce enalteceu nós mulheres e criticou comportamentos inadequados.
    Eu conheci o blog mulherão, o dia de modelo, os colunistas de uma maneira bem inusitada. E muita coisa mudou depois da minha aproximação com o blog e das atividades que ele oferece.
    Valeu pelas palavras!!!!
    Beijão!!!!

  • Cris Miranda

    Belo texto, Sr Eduardo Soares!!!

    Parabéns! =D

  • Val

    Uhulllll…. Chocada!!!!

  • Aline Cardoso

    Edu, adorei seu texto eu fui candidata do Miss Plus Size Carioca e sofri na pele esses preconceitos e piadas, e inclusive no dia do evento tinha uma emissora que não cabe falar o nome que estava fazendo piadas sobre gordos em um evento que visa quebrar esse preconceito. Se você me permitir faço de suas palavras as minhas, não aguento mais tanto preconceito, se as pessoas não aprovam fiquem caladas e não comentem sobre o assunto. E meu marido foi um daqueles que estavam felizes e radiantes por me ver desfilando. Edu vc foi show. Parabéns!!!!!

  • Nossaaaaa arrazou…
    Tem horas que perder a paciência é necessário,se formos sempre passivos passaremos a ser constantemente agredidos com palavras preconceituosas.

    Aplausos pra vc….

  • Vanessa

    ARRASOU, EDU! As magrelas sempre dizem “nossa, vc tem um rosto maravilhoso, um sorriso lindo, pq vc não emagrece?” e se chocam ao ver na balada quem fica com o mais sarado no pé (pq odeio sarados que não tem conteúdo) prefiro também um cara normal, que preze a inteligência, caráter e cultive a barriguinha de “chopp” se assim for de sua vontade. Beleza não dura pra sempre, o conteúdo sim. Vc Edu, é um cara que eu casaria sem dúvidas! Beijo!

  • Perfeito!
    Simples, claro e objetivo!
    Arrazou Eduardo, realmente tem momentos na vida da gente que não podemos nos calar diante da ignorância e do desrespeito alheio.

  • Liz

    vi seu comentário sobre o “desabafo” no face não pude deixar de conferir… Faz um tempinho que não entrava na pagina, mas enfim, vc como sempre se superando! Aprendi com a vida a não dar valor pra comentários que pudessem de alguma forma me colocar abaixo de onde estou, mas entendo perfeitamente seu desespero ao ser bombardeado por pessoas totalmente desprovidas de amor próprio, que fazem de conta viver num mundo perfeito. Pobres coitados mal sabem que a feiura do mundo esta no coração, um dia eles aprendem, enquanto isso, vamos nós sendo felizes!!! beijo meu querido.

  • Talita F. Zago

    clap..clap..clap Aplausos de pé! Parabéns! Feliz o Homem que não se deixa massificar por uma sociedade engessada.
    “Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar.” Machado de Assis
    Um abraço!

  • maria de sousa rodrigues

    Edu, vc é um fofo adorei te amo bjos..

  • Sou fã da inteligência , sou fã das conquistas , sou fã do respeito e acima de tudo sou fã da verdade , da minha verdade ( sou gordinha e fôda -se …)
    Fui criada a imagem e semelhança do Senhor , e vc sabe de uma coisa sou tão bela quanto …
    Parabéns , isto deveria ser publicado em revistas de grande circulação .

  • Ariane

    Só tenho que dizer que AMEI…