19 de junho de 2012 07:42

Por Keka Demétrio

Segunda-feira que vem, 25 de junho, completo meus 40 anos de vivências, experiências, lutas, quedas, realizações, glórias, sonhos, transformações, bênçãos, aprendizado e evolução. Queria escrever sobre como não me trocaria por quando tinha 20 anos, mas que no auge dos meus 40 gostaria de manter o mesmo frescor daquela época, onde os sonhos existiam bem mais do que cicatrizes. De como eu consegui chegar até aqui tendo errado tanto, acertado tanto, e hoje sentir orgulho do que sou e do quanto acredito que vou conseguir a vir a ser o que tanto sonho. Refletir sobre o ano que passou, ou os anos, no meu caso, sobre as perdas, os ganhos, as promessas não cumpridas, os sonhos desfeitos e os realizados.

Estive em São Paulo no último fim de semana, e me aconteceram coisas maravilhosas, mas também alguns fatos que levaram um amigo muito, mas muito especial, cuja presença em minha vida remete a pouco tempo, mas é de uma profundidade tão grande e que tem nos possibilitado um ensinamento mútuo fantástico, me dizer: Perdão! E eu, dentro da minha tristeza, apenas responder: Desculpa, mas preciso me perdoar primeiro. Aquilo me doeu de tal forma que foi meu pensamento e algumas lágrimas, na minha volta de São Paulo para Minas.

Eu preciso me perdoar por ter deixado a situação chegar ao ponto onde um outro ser querido ter que me pedir perdão. Me perdoar por mais uma expectativa frustrada, e ao mesmo tempo deixá-la me fazer entender em definitivo que o mais importante não são as frustrações, mas no que as transformarei.

Quantas vezes perdoamos e fomos perdoados? Quantas vezes achamos que fizemos um esforço homérico para perdoar alguém, quando na verdade não era o outro quem precisava de perdão e sim nós mesmos?

Quando dizemos que perdoamos alguém, será que fazemos isto realmente do coração? Porque só perdoamos realmente alguém que nos fez algum mal quando nos lembramos do feito e não sentimos mágoa, porque se não for assim, foi apenas do boca para fora.

É que antes de perdoarmos alguém, é preciso aprender a perdoarmos a nós mesmos. E é por isto, que de hoje em diante farei um esforço enorme para me perdoar pelas vezes em que me senti frágil, desanimada e vulnerável, porque é quando estou neste estado que percebo o quanto já estive mil vezes mais frágil, mais desanimada e mais vulnerável, portanto, evolui e sinto que posso mais e mais.

Perdoar a mim mesma por ter errado tanto na ânsia de querer sempre acertar, me esquecendo, em diversos momentos, o quanto sou humana. Perdoar a mim mesma por insistir em sonhos que talvez nem virem realidade, mas que são combustíveis para outros sonhos. Me perdoar pelos passos errados, pelos rabiscos mal feitos no livro da minha vida. Me perdoar por pronunciar palavras incertas que vez ou outra feriram um amigo ou mesmo um desconhecido, e por não ter deixado pessoas especiais entrarem ou ficarem em minha vida por medo de sofrer ou de desapontá-las.

Vou me perdoar pelas lágrimas que deixei correr por algo ou alguém que não valia à pena, porque posso até tentar controlar minhas emoções, mas jamais permitirei que a razão se apodere de mim impedindo que novas emoções floresçam. E por ser assim, vou sempre me perdoar por não desistir de acreditar nos bons sentimentos alheios, mesmo sabendo que posso vir a sofrer por causa disso. Porque triste daquele que desiste de ter fé em seu semelhante, e eu quero continuar a fazer a minha parte.

Quero me perdoar quando o meu coração algumas vezes insistir em oferecer amor para quem não quer receber o meu amor, porque entendi que desperdiçar amor dói, mas às vezes é essencial para que sejamos capazes de resgatar o nosso amor próprio.

Perdoar por acreditar nas palavras das pessoas, quando no fundo elas nem sabem o que estão dizendo. Pelas vezes em que perdoei alguém por ter quebrado a confiança que acreditava pautar o nosso relacionamento. Perdoar por ter sonhos e em algumas vezes permitir que outras pessoas os destruam, por não ter vomitado tudo que me amargurava e me fazia triste. E me perdoar por ter deixado passar a oportunidade tão almejada, porque sempre é tempo de recomeçar.

Ao me perdoar, quero abrir o meu coração e entender que de todas as formas e em qualquer tempo, minhas atitudes irão refletir também na vida dos que participam da minha vida, estando perto ou longe fisicamente, por isto tomarei mais cuidado com o que faço e com o que falo.

Poderia escrever aqui mil outras coisas que devo aprender a perdoar, porém, mais uma vez, reafirmo que palavras podem ser escritas em qualquer papel e pronunciadas por qualquer boca, mas são as atitudes que marcam, resgatam, ampliam e enobrecem o amor, o respeito, a admiração e faz valer de verdade o significado da palavra “perdão”.


relacionados

Você vai gostar também

  • Diego Bueno

    Texto lindo, brilhantemente escrito. Estou com lágrimas nos olhos aqui e me identifiquei demais com ele. Parabéns.

  • Chorei, simplesmente chorei e não sei nem o que comentar..

    Parabéns por mais essa, te amo.

    • Quelzinha, não comente, apenas reflita e se isto ajudar de alguma maneira, já me sinto mais do que feliz!
      Amo-te

  • Te xinguei um monte, chorei e refleti!
    Só me resta compartilhar este texto MAAAAARA!
    Amo-te!
    bjussssssssss

    • Ahhh, minha amiga mais que querida, mais que companheira. Deus lhe pague por tudo o que faz por mim.
      Amo muito!

  • Paula Regina

    Pois é, a gente, na mediocridade humana, deseja que sejamos sempre os perdoados, contudo, quando fazemos o * exercício do contrário* refugamos ao máximo pedir desculpas, perdão pelo que causamos ao outro. Sempre temos uma ressalva, uma leitura e um todavia, que alega que nunca erramos; o erro é sempre alheio!
    Os nossos erros podem até ter alcunha de equivoco ou tropeço, mas os erros dos outros são sempre enormes e que causam feridas irreparáveis.

    Keka, parabéns – mais uma vez, – pelas letrinhas tão bem arrumadas na crônica.
    beijo grande, super linda!

    • Paulinha, eu quem agradeço suas colocações sempre tão inteligentes, pertinentes, e sensíveis!!
      Beijossss

  • Priscila

    Lindo texto, me fez refletir sobre tantas coisas… amei

    • Pri, espero ter servido de instrumento benéfico à vc.
      Grande beijo

  • KATIA LIMA

    Realmente, o perdão tem que vir de dentro, do coração…seja para quem for, principalmente para nós mesmos.

    Amei.!!!!

    Katia Lima

    • Ah, o coração, depositário de todas as nossas emoções e que às vezes judiamos tanto dele. rs
      Beijos, querida!

  • CARLOS LUIDY

    KEKA COMO VC ME SURPREENDE, COM FACILIDADE VC ENCONTRA PALAVRAS TÃO LINDA. BB VC PODERIA ESCREVER LIVROS COMPRARIA TODOS VC É MUITO ELUMIDA QTO A IDADE ESSA IDADE E QDO SE NASCE PARA VIDA E FELICIDADES E SAÚDE

    • Luidy, obrigada pelo seu carinho, sempre. Vou autografar um livro especialmente pra vc. ahahah
      Bjos

  • Débora

    Refleti lendo o texto, durante a leitura nomes e rostos aparecem na mente, como um filme, sabemos exatamente o que fazemos durante nossa caminhada pela vida … mas com esse texto relembramos de cada um !!

    • Então, relembrando cada rosto, cada gesto, cada acontecimento, perdoe todos e reinicie, querida, pq sempre é tempo de ser e fazer as pessoas felizes!
      Beijos

  • Ana Paula Moreira

    Chorei… Sem mais!

    • Aninha, sempre que releio, confesso que marejo os olhos. rs
      Beijos

  • Querida perdoadora KEKA:

    Sabedoria transferida para palavras, faz a diferença!
    E voce sabe fazer toda a diferença…!
    Ao seu lindo texto, qualquer comentário será insuficiente para externar minha alegria e felicidade com sua sabia “precisão cirurgica” sobre o segredo do amor que é o PERDÃO!

    Então, grifo uma passagem bíblica que se comparada a sua escrita, veremos a Keka na Palavra Sagrada em Tiago 4:

    6 Porém a bondade que Deus mostra é ainda mais forte, pois as Escrituras Sagradas dizem: “Deus é contra os orgulhosos, mas é bondoso com os humildes.” ||Português: Nova Tradução na Linguagem de Hoje||Tiago||4||6

    7 Portanto, obedeçam a Deus e enfrentem o Diabo, que ele fugirá de vocês. ||Português: Nova Tradução na Linguagem de Hoje||Tiago||4||7

    8 Cheguem perto de Deus, e ele chegará perto de vocês. Lavem as mãos, pecadores! Limpem o coração, hipócritas! ||Português: Nova Tradução na Linguagem de Hoje||Tiago||4||8

    9 Fiquem tristes, gritem e chorem. Mudem as suas risadas em choro e a sua alegria em tristeza. ||Português: Nova Tradução na Linguagem de Hoje||Tiago||4||9

    10 Humilhem-se diante do Senhor, e ele os colocará numa posição de honra. ||Português: Nova Tradução na Linguagem de Hoje||Tiago||4||10

    11 Meus irmãos, não falem mal uns dos outros. Quem fala mal do seu irmão em Cristo ou o julga está falando mal da lei e julgando-a. Pois, se você julga a lei, então já não é uma pessoa que obedece à lei, mas é alguém que a julga. ||Português: Nova Tradução na Linguagem de Hoje||Tiago||4||11

    12 Deus é o único que faz as leis e o único juiz. Só ele pode salvar ou destruir. Quem você pensa que é, para julgar os outros?

    Querida DEUS me mostrou voce integralmente nessa palavra, voce renascida, voce renovada e batizada em JESUS CRISTO.

    Perdoe sempre…a essencia do amor que prevalece!
    Eu te perdooo sempre estrelinha!

    Bj

    Rogerio Motta
    NYork

    http://www.rogeriomott.blog.uol.com.br

    • Rô, sempre fico feliz com sua presença por aqui com seus comentários cheios de sabedoria.
      Receba o meu beijo cheio de carinho!

  • eu até ia comentar o quanto as lágrimas brotaram na alma e nos olhos, e como o texto foi importante no meu momento atual… mas o Sr. Rogerio Motta dominou a arte da tradução do coração, do seu e do meu.
    Só me resta endossar… e perdoar sempre, tudo.
    Bjos, amo-te.

    • Querida, saudades. Estou para vc sempre que quiser e precisar.
      Amo-te!!!!

  • Lívia Moraes

    Impossível segurar as lágrimas, tudo que precisava ler hoje era isso, Keka, vc bem que poderia vim morar perto de mim. Lindas palavras, eu preciso me perdoar, é isso!

    • Ame a si mesma, se os outros merecem o seu perdão, pq vc não mereceria?
      Qualquer dia apareço por Pernambuco, sua linda!
      Bjosss

      • Lívia Moraes

        E né isso!!! Vc aqui em PE o/ o/ o/ o/ o/
        Vou esperar viu bjosss

  • Keka, sempre falamos que devemos perdoar as pessoas, mas nos perdoamos tb é extremamente importante, amei o texto … como sempre 🙂

    • Nadja, querida, sempre tão carinhosa e verdadeira.
      Deus abençoe!
      Beijos

  • Vanessa Santos

    Keka, li seu texto só agora mas decidi deixar uma msg de aniversario para vc. Embora nao fé conheça eu simpatizo mto com vc e vendo ke v faz Niver dia 25/06 eu entendi tudo. Os cancerianos são mto sensíveis e voltados para o lado espiritual e eu tenho um irmão ke nasceu neste msm dia e nos damos mto mto mto bem. Te desejo mto amor, sabedoria e serenidade. Parabéns antecipado!