3 de dezembro de 2013 19:23

Por Renata Poskus Vaz

Dentre tantas blogueiras plus size, há algumas que literalmente se destacam (inclusive a pessoa linda e super modesta que vos fala..kkk). Uma delas é Steph Ciciliatti. 23 anos, moradora de Angatuba – Interior de SP. Ela é dona de um visual diferente, com uma pegada underground, repleta de tatuagens, roupas modernas, piercing e um cabelo que vive mudando de cor.

Seu Blog, o A Grande Diferença, existe desde 2008, mas só recentemente ela começou a falar sobre moda plus size. Antes, era conhecida por falar sobre beleza com todos os públicos, inclusive as magrinhas. E falava tão bem que foi escolhida pela Tracta para assinar um batom de sua linha. Steph criou com a marca um batom poderoso, que levou o nome de seu blog: “A Grande Diferença”.

batom-Grande-Diferença (1)

arte-batom-agd

Antes de se diferenciar por ter lançado um batom lindo criado por ela, Steph já havia se destacado na internet. A gata resolveu em 2012 participar do Lingerie Day organizado pela revista Sexy no Facebook, que prometia fazer um ensaio em uma de suas publicações com a foto mais curtida. Em poucos dias, Steph teve, em sua foto em que mostrava seu lindo e recheado decote em um sutiã meigo, mais de 3 mil curtidas. Então, bem no meio do concurso, a revista Sexy mudou as regras do concurso. Definiram que venceria a escolhida da revista e não mais a foto mais curtida. Essa atitude revoltou a gordolândia, que bombardeou o Facebook da revista, acusando a publicação de mudar as regras do jogo para não ter uma gorda estampando suas páginas. A foto bonita era essa aqui abaixo:
lingerie day plus size
Steph não veio a este mundo a passeio. Depois da postura preconceituosa da Sexy, este ano, em seu Blog, Steph realizou o próprio lingerie day, incentivando suas leitoras a participar. E, para inspirá-las, fez esta foto:
lingeriedayagdblog
Antes que nossos leitores da ala masculina se empolguem, Steph é casada e mãe de um menininho lindo. Batemos um papo com ela. Olha só:
1) Como surgiu a ideia de participar do Lingerie Day organizado pela revista Sexy?
Nunca curti muito a ideia do lingerie day, por que eu acho que objetifica muito o corpo da mulher, mas depois de conversar com amigas, achei que poderíamos reverter a situação e aproveitar a data para levantar a bandeira do Positive body. Minha foto rodou pela internet no dia, por mais bobo que parecesse, um corpo gordo com pouca roupa e bem posado na frente de uma lente, ainda choca as pessoas. Alguém que até não sei quem, enviou minha foto para o tumblr da revista Sexy, e acabei indo participar da votação.
2) Depois de você outras gordas se inscreveram. Como vc encarou isso?
Gorda no dia só tinha Hannah e eu. Mas depois da bandeira que levantei no ano passado, esse ano tivemos muitas participações das gordas gostosas no Lingerie Day, o que me deixou muito mais feliz.
3) Você ficou com vergonha de se mostar de lingerie? Em que ocasião tirou aquela foto?
Eu não me mostrava publicamente nem de roupa, imagine de lingerie. Mas eu estava em uma fase de mudanças, de aceitação corporal e achei que seria um exercício de amor ao meu corpo, me expor assim. E deu certo, me senti muito bem. A foto foi tirada no dia do Lingerie Day. Foi um clique rápido e impulsivo.
4) Vc lida bem com seu corpo? Sempre foi gordinha?
Sempre fui gorda e nunca liguei pra isso. É o que eu sou e nunca me vi diferente. Então nunca me torturei com isso. Mas há dois anos, eu comecei a me preocupar com minha saúde, que estava frágil. E uma vida saudável-não-sedentária, acaba nos levando embora alguns quilos. Continuo gorda, porém com uma saúde de dar inveja. Hoje em dia eu curto muito meu corpo desse tamanho, curto cada dobra, cada marca. Tenho medo de parecer louca perante a sociedade, por me curtir tanto, estando fora dos padrões.
Steph 2
5) Há quanto tempo tem seu blog? Porque decidiu criá-lo?
Sempre fui o tipo de pessoa que precisa externar sentimento para se sentir bem, melhor maneira que eu encontrei de fazer isso, foi escrevendo.Tenho meu blog há sete anos e comecei ele como um diário virtual. Com o tempo comecei a me interessar pelo nicho da beleza, e hoje falo sobre beleza, moda e nossos assuntos de gorda.
6) Porque começou a falar de moda plus size e a exibir seus looks?
Como falei acima, há dois anos eu não me mostrava. Tinha vergonha de mim. Então eu notei que eu me escondia. E quem se esconde de algo, sabe o quanto isso é triste. Passei por um processo de emagrecimento, mudança de hábitos e coloquei para mim mesma, que parte dessa mudança, seria eu me expor sem medo. Foi quando coloquei o primeiro look plus size no blog, isso foi tão gostoso e tão recebido pelas pessoas, que não parei. Vi que muitas meninas tinham problema em encontrar roupas legais, e adoro poder ajudar sobre isso.
staph 1
 
7) Como é ser gorda, tatuada e tão estilosa em uma cidade pequena?
É divertido. Cidade pequena é aquela que todo mundo se conhece. Uma pessoa que veio de fora é facilmente reconhecida. Sou a gorda ruiva tatuada por aqui. Onde vou todo mundo sabe quem sou, mesmo sem saber meu nome. Recebo também uns olhares das velhinhas do tipo “crendeuspai, alguem joga agua benta nessa gorda”, mas é normal, vindo de uma cidadezinha que cresceu ao redor de uma igreja católica, rs
9) Que dica você daria para as gordinhas que tem vergonha do próprio corpo?
Que tentem desconstruir padrões. Que pratiquem um exercício diário para se desprender de amarras sociais. A mudança não tem que começar pelos outros, tem que rolar com a gente. Se um dia a gente acorda e acredita que ser gorda é só uma característica e não te define, você vai ver o mundo com outros olhos. E vai entender que você precisa apenas se agradar. E não agradar os outros.
Para conhecer o Blog da Steph, clique aqui.
  • Camila

    Amei a entrevista! Parabéns!

  • Tive o prazer de conhecer esta beldade!!!! Show de pessoa…

  • Leandro

    Parabéns!!! Estou muito orgulhoso de você (de certa forma). Desejo todo o sucesso do mundo!!!!

  • Valter Sanches

    Parabéns Steph Ciciliatti. Sou teu fã. Você é muito bonita e tem atitude. Você tem um corpão deslumbrante além de ser sexy. Ah! se todas soubessem como exaltar as curvas como você faz….O mundo seria das gordinhas. Sucesso garota e bola pra frente. Deixa a galera babar…..de inveja!

  • Gisele

    amo a Steph!Sou fã
    mesmo!

  • Mari

    Não conheço a Steph pessoalmente,mas sinto como se conhecesse! Tem atitude, é bonita, tem conteúdo, enfim, arrasa!

  • Rebecca Alves

    Conheci a Steph através do meio feminista e conhecia a história da revista sexy e não sabia que tinha sido com ela, ela é uma pessoa maravilhosa, linda, carismática, divertida, o pouco que conheço gosto bastante. ♥♥♥

    • Marisa Thomazzi

      Minha sobrinha amada, tenho um orgulho imenso!!! <3

  • Karina

    Acompanho o blog dela todos os dias. Sempre com dicas maravilhosas de maquiagem, cosméticos e moda. Parabéns, lindona!

  • Pingback: Entrevista: Gordinha que dá nome a um batom e que escancarou o preconceito da revista SexyA Grande Diferença por Steph Ciciliatti()

  • Ela é linda, eu a “conheci” através do Lingerie Day, achei a foto maravilhosa e até hj a sigo no twitter.
    Ta certíssima em tudo que disse <3

  • adriana de almeida brito

    tenho mtro1.55 peso 85 sou super simpatica maior sonho e ser modelo GG ja pasei muintos preconceitos me ajuden por favor bjs

  • Adorei a entrevista e reportagem ! Obrigada e parabéns a este blog e à Steph !