Desfile EDSON EDDEL - FWPS Inverno 2016 (48)
13 de março de 2016 20:55

Por Renata Poskus Vaz

Eu quero mostrar fotos de um dos desfiles mais polêmicos desta edição, o do estilista curitibano Edson Eddel. 

Eddel é aquele cara que nasceu artista e causador. Não existe com ele aquela ideia de: vou levar os meus vestidos para dar uma voltinha na passarela paulistana e só. Não! Se não for para causar, ele nem vem.

O estilista faz vestidos primorosos, alguns que custam mais de 1 dezena de milhares de reais (uallll), bordados a mão, peças exclusivas, para quem pode (o que não é o meu caso, mas um dia eu chego lá!) e somente os vestidos na passarela, sem nenhuma necessidade de misancene, já o faria ficar na boca do povo por muito tempo.

Mas ele vai além. Sobe no palco e canta, interpreta, faz um show, que atrai amor e ódio. Eu me recordo quando ele desfilou no FWPS hã alguns anos e, na platéia, estava a crítica de moda mais azeda da face da terra: Débora Bresser. Ele entrou, dançou o Eu quero tchu, Eu quero tchá e ainda apresentou um desfile com vestidos florais e também de times de futebol. Isso mesmo, tudo misturado e com direito a um semi streep-tease dele, que tirou seu terno e, por baixo, estava com uma roupa de time de futebol. Tudo junto e misturado.

Foto: © MARCIA GAMMA

Foto: Marcia Gama

E, embora eu tenha suado frio, a crítica que eu tanto admiro (porque ela realmente entende de moda!) e temo (por causa da sua língua ácida), só teceu elogios ao desfile dele. Aliás, para ela, foi o ponto alto daquela edição.  Então, quem sou eu para dizer: cara, desce daí?

O que poucos sabem também é que foi Edson Eddel que por diversas vezes salvou o meu desfile de não se realizar, como um investidor fiel e comprometido. Aliás, nunca o agradeci por isso. E o que chamo de meu desfile, na verdade não é só meu. Aquece o mercado, movimenta a economia do setor. Sem ele, tudo ficaria muito sem graça e os negócios bem mais frios e difíceis de acontecerem. Por isso, deixo claro, a despeito do que uma ou outra possa dizer, Edson Eddel só não desfila no FWPS se não quiser.

Agora vamos ao que realmente importa: a moda. Na passarela do último FWPS ele apresentou uma coleção para noivas, madrinhas e formandas, feita com tecidos nacionais e todos bordados a mão, inspirados na cultura oriental. O vestido principal da coleção, branco com um dragão dourado bordado, leva mais de 8 mil cristais. Imagine, um a um desses cristaizinhos sendo colados a mão.  Uma obra de arte! Bom, falei muito de novo… Vamos ao show…

Desfile EDSON EDDEL - FWPS Inverno 2016 (48) Desfile EDSON EDDEL - FWPS Inverno 2016 (47)

vestido de noiva para gordinhas 1 vestido de noiva para gordinhas 2 vestido de noiva para gordinhas 3 vestido de noiva para gordinhas 4 vestido de noiva para gordinhas 5 vestido de noiva para gordinhas 6
vestido de noiva para gordinhas 8 vestido de noiva para gordinhas 9 vestido de noiva para gordinhas 10 vestido de noiva para gordinhas 11

Desfile EDSON EDDEL - FWPS Inverno 2016 (109)

Fotos: Adriana Libini

Para conhecer mais sobre o trabalho do Edson Eddel, acesse: http://www.edsoneddelnoivas.com.br/