24 de junho de 2016 16:18

Por Renata Poskus Vaz

É muito triste receber e-mails de leitoras desesperadas por estarem grávidas e gordas. Alguns médicos rejeitam realizar o pré-natal dessas mulheres. Condenam-as à morte: “você vai morrer, engravidar gorda é sentença de morte!”. O momento em que mais deveriam ser amparadas, acolhidas e orientadas é justamente aquele em que se sentem sozinhas, desamparadas e vítimas de um terrorismo sem precedentes.

É óbvio que uma gravidez planejada pode ser muito melhor. Prepara-se o corpo e a mente. Perder um pouco de peso pode ser desejável. Mas se descobre que está grávida e gorda, qual a saída? O terror não vai fazer ninguém voltar atrás, a não ser que o que esses médicos desejem seja algo totalmente incompatível e incoerente com quem se formou para salvar vidas ou colocá-las no mundo.

Meninas, não se desesperem! Se vocês são grávidas e gordas e passaram por uma situação humilhante e desagradável dessa, saiba que a culpa não está em você, mas neste profissional irresponsável e despreparado. É super possível ter uma gravidez saudável e feliz mesmo acima do peso. Vou mostrar agora o exemplo da linda Izabella Abreu, que dividiu sua história com o Blog Mulherão e que aguarda a chegada da Maria Antônia:

gravida gorda 2

“A notícia que estava esperando um bebê foi uma surpresa para todos e para mim também. A Maria Antônia não foi planejada por mim nem muito menos pelo seu pai, mas creio que por Deus sim. No início foi meio estranho para mim, não esperava ter um bebê com 21 anos, tinha acabado de decidir fazer a minha faculdade de moda e achava que ela poderia atrapalhar tudo. Com o tempo e com o apoio da minha família percebi que não era bem assim, que eu poderia me adaptar com a presença dela em nossas vidas, e passei a amá-la a cada dia que passava, hoje estou um pouco ansiosa pela sua chegada (tentando ficar calma, pois sua chegada esta prevista para semana que vem).

10 - 13499684_1135269143160696_752416121_o

Desde sempre eu procurei cuidar da minha saúde, e estando com outra vida em meu ventre passei a procurar a cuidar mais ainda. Hoje no nono mês de gestação, posso dizer que minha gravidez não teve nenhum tipo de complicação, sem pressão alta, sem colesterol, sem diabetes gestacional, e sem engordar nada, na ultima vez que me pesei na verdade estava com 2 quilos a menos (não me pergunte a receita, não fiz dieta durante a gravidez rsrs). Ela só está um pouco apressada, querendo vir antes do tempo contabilizado pelo nosso médico.

gravida gorda

Até o fim do mês ela estará aqui em meus braços, e sem nenhuma experiência, será um desafio para mim. Mas o que não é um desafio para nós todos não é mesmo? Nascemos sem saber fazer nada, e aos poucos vamos aprendendo tudo tão rápido. Tenho o apoio de toda minha família e amigos, e isso me leva a acreditar desafio não será tão difícil assim. 

6 - 13493365_1135266273160983_447512445_o

O nosso ensaio, eu decidi fazer para ter uma recordação desse momento especial que estamos vivenciando. Conversei com minha mãe e ela que praticamente resolveu tudo, ela produziu com ajuda da minha amiga Luana, criamos as peças usadas no ensaio e a Michele, a fotógrafa, topou a ideia e proposta do nosso ensaio e assim com essa sintonia as fotos modéstia a parte, saíram perfeitas. Realmente amei, espero que todos vocês também gostem e que todas as mulheres gordinhas ou não se inspirem e sintam lindas grávidas, que vivam esse momento especial de bem consigo mesma. 

8 - 13493582_1135267829827494_726473868_o

Modelo: Izabella Abreu
Fotografa: Michele Iassanori 
Make: Thayná Brito
Produção: Fabiane Abreu
Assistente de produção: Luana Rocha

Tem uma história legal sobre sua gravidez? Manda pra gente: blogmulherao@hotmail.com