18 de abril de 2017 15:55

Somos mulherões bem crescidinhas e podemos falar abertamente sobre sexo, correto? O tema de hoje é SEXO ORAL. Não, não é sexo por telefone. hehehehe Mas se você não curtir esse papo, basta fechar a janela do seu navegador ou pular para a próxima matéria.

Fiz uma enquete em meu Facebook pedindo que nossas leitoras enviassem situações embaraçosas que já tenham passado na hora “h”. Todas nós passamos, não tem jeito! Bate aquele constrangimento, mas quando lemos que já teve gente que passou por situações piores dá um alívio, né? hahaha Tudo se torna mais natural quando reagimos com bom-humor.

Recebi relatos de maneira secreta e várias delas envolviam alguma situação embaraçosa com sexo oral. Então, reuni aqui 7 histórias constrangedoras sobre sexo oral:

1) LEITE CONDENSADO

“Para a comemoração de 3 anos de namoro programamos uma viagem romântica:  1 semana em um hotel no interior. Queria fazer algo diferente e surpreendente, então, levei uma lata de leite condensado para fazer um oral daqueles. Ele achou um pouco estranho quando apareci com aquela lata aberta, mas acabou gostando da ideia. Bezuntei os 19 cm de prazer e… nhac. Dei uma mordida daquelas! Não sei o porque e nem como aconteceu, juro que foi sem querer! só sei que o ouvi gritando e saindo pulando com a mão no dito cujo. Resumindo, nossa lua de mel foi por água a baixo e perdi uma lata inteira de leite condensado. Melhor era ter feito um brigadeiro”.

2) CHICLETE

“Eu tinha um namorado que não curtia se depilar por completo. Um dia, eu estava com um chiclete Babalu na boca, o clima foi esquentando, eu beijando seu corpo inteiro e, quando cheguei lá, o chiclete grudou nos pelos. E quanto mais eu tentava desgrudar, pior ficava”.

3) GARGANTA PROFUNDA

“Estava no motel fazendo um oral no boymagia quando ele empurrou minha cabeça para baixo. O pinto foi parar na minha goela, encostou na campainha e eu vomitei. Mas não foi um vomitozinho não, eu vomitei no corpo inteiro do boymagia. Pedi que ele não se mexesse, corri no banheiro, o limpei com papel e depois tomamos banho juntos. Fiquei morta de vergonha, mas depois que tudo passou demos risada e fizemos o melhor sexo de minha vida.”

4) CHEIRO DE MORTE

“Estava saindo com um gringo há quase 1 mês quando finalmente me rendi aos seus encantos e aceitei jantar em seu apartamento. Já sabia o que ia rolar, então me preparei, fiz depilação completa, coloquei calcinha nova, passei desodorante íntimo e parti para o ataque. Ele me recebeu com champanhe francesa, flores e petiscos finos. Estava altinha quando ele me levou para o quarto, me beijou e me deu o melhor oral com que poderia sonhar. Decidi recompensá-lo. Ele merecia. E muito! Mas quando abaixei a sua cueca subiu um cheiro de morte. O pinto só podia estar podre, em putrefação ou ele não tomava banho há no mínimo 1 semana. Fingi que tive um mal súbito e pedi para ele me levar para casa.”

5) EXIBICIONISTA

“Havíamos brigado e para nossa reconciliação ele sugeriu uma viagem para o litoral. Na estrada resolvi quebrar o climão e fazer um oral. Ele ficou louco, super empolgado. De tão empolgado esqueceu de falar que estávamos perto do pedágio. Quando ouvi o: “São 7,80, senhor”, quase morri do coração, mas fiquei lá, imóvel, sem respirar. Vai que ela acreditava que eu era uma gêmea siamesa, né?”.

6) CADÊ O PINTO?

“Há muito tempo eu queria transar com ele, mas ele fugia e eu não entendia o porquê. A gente já ficava há algum tempo, mas como ele era super romântico, eu ficava com vergonha de dar aquela pegadinha para conferir o material. Um dia, finalmente rolou. Eu fiquei tão ansiosa que quis cair logo de boca, mas quase não dava para enxergar o pinto. Eu não sabia o que fazer com aquilo. Parecia que eu estava chupando uma cenourinha baby”.

7) A NERVOSINHA DO ORAL

Toda vez que ia chupar meu ex, ele me passava o manual de como eu deveria fazer: “chupa assim, chupa assado…”. Um dia fiquei de saco cheio, parei, olhei para a cara dele e disse: “quer se chupar sozinho? não, né? então para de falar como eu tenho que fazer e me deixa completar o serviço”.

Viram só? Sempre poderia ser pior. hehehe

  • Carla Gois

    Como faz pra passar esse calor todo agora?
    🙂