4 de novembro de 2017 00:44

Cara, hoje meu recado é pra você.

Deixe de ser babaca!

Quando um homem tem sua vida sexual e sentimental bem-resolvida, mesmo que tenha suas preferências com relação aos atributos físicos de uma mulher, jamais vai expor, xingar ou ridicularizar as que, em sua cabeça (não disse qual), não lhe dão tesão. Este homem com “h”maiúsculo simplesmente foca nas mulheres que deseja conhecer, sem desviar o foco atacando as mulheres que ele não acha atraentes. Simples.

Se é de magra que ele gosta, é atrás de magras que ele vai. Não vai perder seu precioso tempo praticando bullying contra gordas.

Estou longe de concordar com aquele velho e machista ditado de que “homem que é homem come qualquer coisa”. Homem tem direito de escolher (desde que seja retribuído), mas também tem o dever de tratar bem as mulheres com que não se relacionaria sexualmente. Existe respeito entre pessoas que não copulam. Um homem de verdade sabe bem disso.

O que dizer, então dos caras que, ao invés de empenharem seu precioso tempo conversando com mulheres magras, que julgam serem seu tipo ideal de mulher, dedicarem tempo ofendendo mulheres gordas? O que leva um cara a não conseguir desfocar de ataques às gordas? O que leva um cara a se dedicar mais a desqualificar as mulheres que diz que jamais se relacionaria, do que com aquelas que julga terem o seu perfil ideal?

Se este é o seu caso, cuidado, rapaz. Bullying contra gordas esconde tesão reprimido. É o famoso “quem desdenha quer comprar”.

Eu até entendo seu medo. Imagine só, no seu grupo de amigos todos fazem piadas com gordas. As ridicularizam e debocham dos homens que as namoram. Declarar seu tesão por uma mulher gorda é estar exposto às piadas dos amigos. É virar o novo alvo da turma. Talvez você não se sinta forte, seguro, homem o suficiente para assumir um relacionamento com uma garota gorda. Ou então tem medo de se apaixonar e ser rejeitado por ela.

Para você, ignorá-las também não basta. Acha que se fizer a linha machão gordofóbico será mais convincente, sairá do foco, e talvez até consiga se relacionar com uma ou outra gorda às escondidas. A grosseria, o ataque, a violência contra a gorda é uma tentativa desesperada de disfarçar todo o tesão reprimido. Mude o seu modos operandi. Já está virando piada. Fica a dica: não transaria, namoraria ou teria amizade com uma gorda? Passe reto.

Se está louco de tesão por uma, que tal assumir logo?

  • Jacqueline

    Palmas.Por favor,fale sobre o preconceito que a esposa do Rodrigo Lombardi sofreu nas redes sociais.