4 de agosto de 2009 23:34

Namoro

Por Luciane Russo

Tenho uma teoria sobre relacionamentos e vou expô-la aqui o que eu acho e vocês tirem as suas próprias conclusões – mas atenção: analisem com a razão, não com o coração.

Aquela estória de que nós dois somos um: esqueça !!!!

Essa é  a pior roubada em que você pode entrar ou querer fazer com que seu par entre, vou explicar porque, com conhecimento total de causa.

Quando os dois se conhecem, é uma coisa linda, sempre juntos, agarradinhos, pra lá e pra cá, amor daqui, benzinho de lá. Ótimo! Essa é uma fase muito boa de melação que deve ser curtida ao máximo, mas quando o tempo vai passando, a paixão vai virando amor e as coisas se acalmam, devemos pensar que a vida continua e que não nascemos grudadas em ninguém, a não ser que fôssemos gêmeos siamêses colados pelo tronco – o que não é o caso – mas ai começam as divergências, pois um não quer largar o outro e não deixa que o outro viva sua vida individual, não permite que o outro se relacione com mais ninguém além de você ou vice-versa – erro gravíssimo – e me perguntarão porque, eu explico.

A partir do momento em que os dois começam a fazer esse joguinho de controle, a coisa começa a degringolar, porque vira pirraça. Você quer sair com as meninas pra conversar e ele não deixa, ai ele quer tomar um chopp com os amigos, você faz represália e isso vira uma bola de neve, uma neurose sem tamanho, desconfiando de cada passo que ele dá….xiiiii ai o caldo entorna, quanto mais você fizer isso, mas irá afastá-lo de você e se ele não pensava em traí-la, vai fazer só de raiva. Não que ele não goste de você, mas é que ser humano nenhum aguenta uma vida assim, pode até aguentar um tempo, mas quando consegue dar o grito de liberdade, dificilmente ele voltará para você ou irá querer um outro relacionamento tão cedo.

Isso serve também para o caso das mulheres, que quando conhecem um homem, ele a aprisiona, como um lindo passarinho que ele viu e se encantou mas que ele quis colocar na gaiola, uma hora esse passarinho vai perder a alegria de viver, vai parar de cantar, ficar triste até morrer.

No começo tudo é lindo, flores, amor, mas com o passar do tempo você não pode mais ficar com suas amigas ou na casa da sua mãe muito tempo que ele chia.

Ele quer que você converse com ele, mas conversar o que ???

Claro !!! Se ficam só vocês dois sempre, vão conversar o que ???

Sua vida antes agitada, divertida, cheia de amigos, vira uma prisão fria e solitária, onde você chega a triste conclusão de que seu lindo relacionamento virou um inferno.

O que eu quero dizer com tudo isso?

Quero dizer que se cada um não cultivar sua vida individual, não terá nada que compartilhar na vida a dois. Por isso a necessidade de cada um cultivar seus hobbies e amigos, pois assim terá o que dividir e conversar com o outro.

Você  me perguntarão “Ah tá, e eu vou deixá-lo sair com os amigos, vai saber o que ele vai fazer ?”

Bom, pra isso só posso te responder que, se você tem confiança em você, tá tudo certo, mesmo porque, quando uma pessoa quer trair, ela vai trair com ou sem controle e pegação no pé.

Mas não se preocupe com isso, sempre digo que a verdade é igual a cocô, uma hora bóia, ai você vê o que faz, mas transformar a vida num inferno só porque você ou ele tem medo, não é uma coisa saudável.

Então vamos viver a vida, da maneira mais zen possível, sem neuras, sem pegação no pé, no final, veremos que as coisas ficam mais fáceis e sofre-se bem menos, pois sofrer por antecipação ou deduções infundadas, ninguém merece.

Enriqueça sua vida, para que você tenha o que dividir com o seu par e com as pessoas que te rodeiam.

Seja feliz ! 


relacionados

Você vai gostar também

...
  • Graziela Matte

    Lu.. adorei o q escreveu.. e é a mais pura verdade… antes de conhecer vcs, eu tava um passarinho preso.. quase não tinha assunto com meu marido… agora, to mais animada e sempre tenho o q conversar… isso ajuda mto num relacionamento… falo isso pq larguei minha família, meu trabalho e meus amigos pra vir morar em SP depois q casei… foi duro no começo.. sem amigos.. mas agora, tenho mtas amigas… divertidíssimas, por sinal… e cada dia q passa, sinto q sou capaz de mto mais!!! bjim…

  • Sara

    Suas palavras foram sábias e verdadeiras, tomara que mais mulheres tenham essa percepção antes que o relaciomento naufrague. Bjocas.

  • Keka Demétrio

    É isso aí, Lú!!

    Na obra, O Pequeno Príncipe, Antoine de Saint-Exupéry já dizia: “Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção.”

    Bjokas,

    Keka

  • ELAINE

    esse texto veio numa hora certa..obrigada Luciane!!!!!