24 de fevereiro de 2011 09:54

Por Keka Demétrio

Esse final de semana tirei para fazer uma faxina em meu quarto. Do guarda-roupa retirei inúmeras peças que eu nem me lembrava que existiam e que no fundo eu insistia em guardar porque pensava que um dia iria usá-las novamente, das gavetas da cômoda e dos criados mudo dispostos nas laterais da cama descobri papéis com anotações de épocas que eu nem me lembrava, mas aqueles rabiscos eram resquícios de momentos que eu insistia em guardar.

Fiquei olhando aquela bagunça toda e tentei achar um motivo para que tudo aquilo ainda estivesse ali, confesso que não encontrei nenhum que fosse plausível, e pensei em jogar tudo fora. Mas alguma coisa dizia que tudo tinha que ficar exatamente como estava, então, sem pensar muito, comecei a colocar dentro de uma caixa todas as roupas e sapatos que eu sabia que não iria mais usar. Fui enchendo a caixa apressadamente com medo de desistir e voltar tudo para o mesmo lugar, e ao final meu guarda roupa estava organizado, as roupas que restaram eram as preferidas e sobrou espaço para as novas que irão chegar.

Achei algumas agendas de anos anteriores e resolvi ler. Para cada dia havia uma citação ou mesmo um pensamento pessoal, e o amor parecia ser para sempre, mas não foi. Os ciclos se encerraram, mas ficaram as boas lembranças, porque as ruins se transformaram em aprendizado. Pensei: por que estou guardando isso? Então, com um sorriso nos lábios, folheei mais um pouco e a rasguei junto com algumas anotações e alguns bilhetes que também estavam ali. Não havia motivo para aquelas lembranças continuarem a ocupar o espaço reservado às novas emoções, novas sensações e novos encontros.  

Na medida em que fui limpando as gavetas, fui tentando entender o porquê de eu ter carregado aquele “lixo” por tanto tempo, sem coragem para jogar fora. Alegria e mágoa misturadas alimentando o medo de renovar o coração, de deixar o fluido da vida tomar conta de mim. Queimei aquelas lembranças para dar espaço para a felicidade poder vir de encontro e se aconchegar em meu colo.

Ao final da faxina, estávamos limpos. Meu guarda roupa ávido por novos decotes, minhas gavetas à espera de novas lembranças. E eu linda e receptiva, com a energia límpida para atrair as maravilhas que a vida tem para me oferecer.

  • Paula Regina

    Que crônica linda!
    Meus parabéns pelas palavras tão bem arrumadinhas. Essas “limpezas” deviam ser lugar-comum sempre. Fazem bem a alma.

  • Mi

    Essas limpezas são sempre ótimas, a gente se renova e ajuda alguém a se renovar também com as peças doadas!
    Pretendo fazer isso no carnaval, já que não curto a festa, farei algo útil!
    Beijos!

  • Marina Sena

    Esse texto foi perfeito pra mim 🙂

  • Marco Antonio

    Kekinha tu é o must, realmente e infelizmente não guardamos tralhas somente de coisas materiais as piores tralhas estão muitas vezês em nossa alma e nem sempre conseguimos fazer essa limpeza, e ai nos tornamos amargos sem amor e sem sonho de amar e reconstruir às nossas vidas.

    Hoje eu conversava no msn com uma pessoa imporntante em minha vida, mas daquelas que marcam para sempre, e delas tomamos o impulso para reconstruir algo no campo afetivo, então disse a esse pessoa olha vou te dar um presente: E ela disse eu nada fiz, só te fiz sofrer: E eu disse no sofrimento é que aprendemos.

    Mas o que tem isso a ver com o texto da Kekinha? Tem muito pois essa pessoa que me referi e não direi quem é, fez uma limpeza em minha vida.

    Evidente que sonho muito ter essa pessoa em minha vida, mas se não der a vida segue e ela me ajudou a romper medos da alma, em tese fez uma faxina em minhas tralhas da alma e do coração.

    Beijos Kekinha, fica na paz DEUS sei que seras uma vencedora, aliás já és!!!!

    • Nossa Marco Antonio ouvir isso de um homem…. é muito bom. Fico feliz por vc. Um grande abraço.

      • Marco Antonio

        Boa note amiga Maria do Carmo, tudo bem contigo??

        Fico lisongeado por sua colocação apesar de ser chamado de machista em certas vezês, mas não ligo não no fundo nos homens somos covardes por não assumirmos nossa condição humana de sermos amorosos, termos sentimentos e aceitar a condição de nossa fragilidade perante as mulheres.
        Aqui no sul nós gaúchos somos muitos galanteadores, respeitadores e valorizamos muito as nossas prendas. Mas em nome dos homens que são romanticos e até mesmo dos metidos a machões te agradeço o comentario, pois no fundo não existe machão e sim pessoas que escondem-se atras de um tipo para não demonstrar seus sentimentos, por vergonha ou por machismo, mas te digo amiga “EXISTEM MUITAS MULHERES QUE TAMBEM FAZEM O TIPO FORTE” só o tipo pois todos somos frageis em relações a sentimentos.

        Beijos amiga e tenha um amanhecer de paz.

        Marco Antonio

  • Patricia

    lindo, lindo,lindo!!!

  • Deyla Cerqueira

    Kekinha maravilhosa!
    Estes teus posts são sempre uma renovação p nossas almas,quem é que não guarda tralha que atire a primeira a pedra!rssrsrs
    Com certeza é sempre bom renovar jogar fora tudo akilo que já fez parte de nossas vidas,mesmo que isso custe um bocadinho…Por uns instantes vi-me em ti,quando fui ao Brasil na casa da mamis,tinha e tenho tantas coisas por lá,roupas que não uso mais agendas da minha adolêscencia cheia de namorinhos e amores platônicos,ursos,bonecas,enfim,muitass coisinhas…Confesso que não tive coragem de desfazer-me de tudo,mas deste-me coragem,na próxima vez que lá for(se Deus quiser este ano),vou dá uma “faxina”nas minhas coisas…
    Bjão minha Musa inspiradora!

  • Paulinha Carvalho

    Amei o texto, parabéns Keka!!! Confesso q escorreu uma lágrima, mas como tô no trabalho, enxuguei rapidim…Essa faxina é essencial, sempre q faço, me renovo de esperanças, fé e pensamentos positivos de um futuro melhor!!! Até uns 03 anos atrás guardava todas as minhas agendas, desde o ano de 1993, qdo tinha 11 anos….hsuashausha!!! Agora sou mãe, casada, mulherão, tenho novas experiências pra viver, e por isso me desfiz das antigas, pra sobrar um epaço pras q virão!!! E as roupas q eu guardava, pra um dia quem sabe, qdo eu emagrecer, tbm se foram, pras novas q irei comprar….

    Bjs

  • Juliana Luz

    Nosssa essa muié é demaisi da conta!!!
    faz 02 finais de semana que tentando fazer isso…e não consigo..KKKK

    • Cynthia Alonso

      Cheiro Juuuuuu! Adoooorooo tu!

  • DANUBIA

    Arrasou Keka bonitona ! Eu sempre renovo minhas gavetas e dou o fora nos papéis de 1910 ! rsss Vc sabe que eu tinha até passe de ônibus ! kkkkkk Doação de roupa é comigo mesmo ! Ainda bem que tenho várias amigas grandes e que sempre adoram essa “faxina”………E tbem as vezes guardamos papéis que não nos fazem bem, ficar remoendo algo que passou já era ! A fila anda ! Limpeza já ! rss beijão

  • Juliana Luz

    Masssssss….. pra variar vou me inspirar em vc… e vou conseguir esse final de semana!!! rsrs
    bjksss Jú

  • Gabriela

    Keka, vc tem toda razão. Cada vez que fazemos faxina tanto em guarda-roupas como em gavetas parece renovar a nossa alma, a nossa vida. A faxina do guarda-roupa eu já fiz, agora preciso criar a coragem de fazer a faxina das recordações que pra mim se transformaram em mágoas e dor, pra poder dar lugar as novas alegrias.

    Bjs

  • Fernanda Zaccaro

    Essa limpeza faz muito bem não só para as gavetas, mas tb para a alma,..
    Criei coragem de tirar algumas coisas e transportar para uma caixa. Algumas lembranças, saudades,… Vou arrumar coragem pra tirá-la dalí e dar espaço para a felicidade tb!!
    bjusssssssssss

  • eu não sei como vc consegue isso… esse texto se encaixou perfeitamente no momento q estou vivendo… chegou a hora de limpar as gavetas!

    Se vc tiver um tempinho, lê meu blog. Acho que vai gostar de conhecer a minha história.

    beijoss

    Nêssa =)

  • Débora

    Como sempre adorei o texto, é muito bom ler pessoas inteligentes.
    Ás vezes faço isso também, geralmente quando me encho de coragem, recentemente fiz isso na minha caixa de emails, e com amigos que se diziam amigos, mas na verdade só estavam ocupando espaços de novos e verdadeiros amigos que ainda virão.
    Acho que o importante é “limpar” algo para poder viver outro.
    Que DEUS nos dê saúde e sabedoria para o que vem pela frente.
    Beijocas.

  • Mi Conatti

    Nossa… mexeu no fundinho! Acho que preciso fazer uma faxina o mais rápido possível! Rs
    Maravilhoso!!

    bjs

  • Vanessa Gomes

    Adorei!!!!
    Preciso fazer uma faxina assim o quanto antes!!!!..rs
    Bjuss

  • CAMILA…

    MAIS UMA VEZ ESSA MULHER ME INSPIROU

    EU TENHO INUMERAS COISAS GUARDADAS NÃO SEI POR QUE

    SÃO LEMBRANÇAS
    DE PESSOAS QUE NÃO FAZEM PARTE DE NOSSAS VIDAS

    VOU TENTAR FAZER ISSO

    VAMOS VER SE DESAPEGO DESSAS COISAS

    KEKA ARRASOU VIU

    BJO SOU SOA FÃ

  • Leila

    Foi muito bom ler este texto…
    Estou num momento de profunda dor e que preciso fazer esta limpeza. Em roupas, objetos e pessoas. Principalmente uma pessoa.
    A coragem ainda não veio, mas sei que é mais apego, do que qualquer outra coisa.
    Obrigada pela inspiração, tomara que eu consiga me livrar de todo o “lixo” da minha vida.
    Bjus.

  • Patricia Abrão

    cadê a tal caixa q ainda não recebi na minha residência??
    kkkkkkkkkkkkkkkkk!!!
    amo-te, vc é fantástica

  • Selminha

    Keka !!!
    Chega uma hora que nosso ♥ e nosso guarda roupas precisa de uma geral…uma faxina mesmo!!!
    Isso faz um bem danado!
    Tanto nosso guarda roupas quanto nosso ♥ precisam esvaziar para que novas coisas,novos sentimentos,novos projetos se aninhem.
    Seguirei seu exemplo …to precisando faxinar!!!
    Abraço apertado e bjinhooos.

  • Lindo Keka ! Se despreender de tudo o que não nos serve mais é também uma maneira de ser feliz. Tanto as coisas materiais, como os reboques em nosso coração… é um peso desnecessário que carregamos pela vida. Xô xôXô pra tudo o que não te serve, tudo o que te prende ao passado. Viva o momento presente e seja feliz !!!! Um grande abraço

  • Monalysa

    É bom que a energia vai circular melhor no seu quarto!!!

  • Cynthia Alonso

    Eu vivo fazendo essas faxinas…
    Elas fazem bem à alma e ao coração da gente. Acredito mesmo que nos fortalecem, geram um ar de renovação. Me sinto mais animada…
    Cheiro…

    • Juliana Luz

      Bjksssssssssssssssssss
      Adooooorooo tu tbém….

  • normanerys.

    Ola keka!
    Que atitude bonita,isto faz muito bem para a nossa energia circular melhor.Hoje em dia precisamos ter está atitude. Eu este ano me propuz
    a fazer uma faxina no meu atellier; estou fazendo roupas infantis para doar com as sobras de retalho. parece que o mundo precisa mais e mais destas atitudes.bjs

  • kelli cristina

    nossa caiu direitinho em minha vida eu guardo roupas qe ñ me servem mais sapatos qe nem gosto só porqe tive alguns momentos de felicidades e guardo de recordação rsrs..essa semana resolvi fazer um limpa tirei tudo mas ñ dei e nem desfiz fiqei pensando em retorna tudo pros seus dividos lugares mas agora tomei uma decizão vão tudo pra doação rsrsr..ñ qero mais nada valeu keka obrigado pelas dicas de como se libertar do passado bjs..

  • Dio Morais

    Parabéns Keka bela bela matéria!!!
    Sei q vc a escreveu vindo do fundo de sua alma…
    Amei este trecho: Os ciclos se encerraram, mas ficaram as boas lembranças, porque as ruins se transformaram em aprendizado.

  • Lu

    Nossa! Me vi aqui nesse post. Esse final de semana já SEI O QUE VOU FAZER! Guarda roupa e gavetas… Me aguardem! rsrsrs
    Mil bjs,

  • Fran

    Ehhh … Nossas gavetas mostram quem somos ! O melhor é q podemos mudar tudo !!!vou limpar as mhas !

  • Suzane

    Nossa, esse texto foi escrito p/ mim né Keka! só pode!! rsrs
    esses dias mesmo, estava pensando em fazer a limpa em meu guarda roupa, estou, sem mentira, á 1 ano, adiando isso, pois morria de medo de ver as roupas que amava e não me servem mais, agora tomei coragem!!
    Bora limpar tudo, e renovar as roupas e a mente!

    Amo seus textos, é um tapa na cara atráz do outro ( no bom sentido, de acordar p/ vida rs)
    ♥ Beijos ♥

  • Estou precisando fazer uma limpeza assim com urgência.

  • Josilaine

    Ei Keka, obrigada por descrever tão bem o que se passa no intimo de cada uma de nós. As vezes fico me perguntando por que guardamos tanto lixo nosso e dos outros. Tenho adotado uma política últimamente, se o LIXO não for meu, que ele fique com o próprio dono, enfim, sei que isso as vezes é mto dificil de se fazer, mas é necessário.
    Grande beijo

  • Bruna Monteiro

    Keka como sempre maravilhosa como pessoa e arrasando nos textos e palavras.
    Sem comentários para você, sou sua fãn Kekinha!!!!!!!

  • Rosália

    Amei tudo o que li. Obrigada!!!