8 de setembro de 2009 12:53

Por Dani Lima

theo_becker

Creio que até mesmo quem não era fã de “A fazenda” ficou sabendo dos “ataques involuntários”, demonstrações de ódio e extrema irritabilidade do ator Théo Becker dentro do reality show. Os ataques eram freqüentes, ele ameaçava os colegas de confinamento, arrumava briga com todo mundo… no meu bom popular, ele aloprava!

Aqui fora muitas foram as desconfianças sobre o que teria o tornado assim: era uma estratégia de jogo? Ele era mesmo de natureza irritada? O confinamento tinha o deixado maluco? Ele estava sob o efeito de drogas (lícitas ou ilícitas) ?

Cena que demonstra bem o estado de espírito do mocinho.

Saindo da casa, Théo deu algumas entrevistas, e confessou ter tomado remédio para emagrecer, a fim de ‘eliminar uma gordurinha aqui, e outra ali, para entrar de boa na fazenda”, segundo o ator, se referindo a uma miséria barriga que nem poderia ser considerada um pneuzinho em formação!

Ele alega ter sido vítima de um remédio com o princípio ativo Sibutramina, que é uma amina terciária que sofre desmetilação rápida ao ser ingerida por animais ou seres humanos (blá blá blá, ok…) e vem sendo usada para o tratamento da obesidade. Saiba mais aqui!

Quem usa, diz que consegue resistir mesmo a vontade de comer. Gordinhos acostumados a 10 pães franceses no lanche da tarde, comem 1 e se sentem satisfeitos. Lendo isso, até eu que sou militante do “movimento pró minhas gordurinhas” me senti tentada a “só um comprimidinho!” Mas aí me lembrei dos ataques do Théo e me limitei. Fui procurar os efeitos colaterais, da mocinha que muitos chamam de “mãe” e lá estava: aumento de pressão, taquicardia, palpitações, vasodilatação, constipação, perda de apetite, xerostomia, dor de cabeça, insônia, parestesia, lombalgia, náusea, dispepsia, sudorese, alteração do paladar, dismenorréia, alterações visuais (moscas volantes) – peraí, moscas volantes? É pessoal, vi uma entrevista de um endocrinologista, na qual ele falava que existem casos onde há alteração visual e até mesmo alucinações. Tive pavor dela e passei a achar derrota, e voltei a vangloriar minhas gordurinhas!

Mas as opiniões divergem. Alguns endocrinologistas, não acreditam que Théo estivesse sob o efeito da droga – ou talvez fosse de drogas, mas não a “Sibu”- uma vez que ela não leva a quadros de tamanha irritabilidade. Outros dizem que sim, é possível que ele estivesse reagindo ao remédio.

Na dúvida, eu prefiro não usar. Até mesmo por que, não acredito na mágica dos remédios, pois eles nos viciam, mas não reeducam a nossa alimentação. Um dia vamos parar de usá-los  e vamos de palito de dente a Orca, baleia assassina num passe de mágica! Vício por vício, prefiro o de comer como uma mocinha: de tudo um pouco, moderadamente! 🙂

Fontes: aqui e aqui.

  • Andréa delgado

    Olá, eu tomo “sibu¨ e não sinto nenhum dos efeitos colaterais, nem taque cardia, nem calorão nem fico agressiva.
    O remédio realmente corta o apetite, fazendo com que você coma muito menos do que realmente comeria sem o remédio.
    Lógico que não adianta tomar a sibu e comer loucamente frituras, massas, gorduras, doces e beber refrigerante.
    Faço dieta com acompanhamento médico e como muitas verduras, legumes e frutas. Cortei tudo que seja carboídrato…
    Meu medicamento é de manipulação que é mais leve e possue outros itens na fórmula, diferente do remédio de farmácia que até onde eu sei é muiiito mais forte.
    Até agora eu perdi 4kg em 10 dias, mas já cheguei a perder 8kg em 30 dias.
    É o efeito ioio, se não fizer manutenção, engorda tudoo novamente.
    Esse é meu depoimento, tomo sibu e ADORO.

    • renatavaz11

      Eu tomava anfepramona e ficava muito louca (mais do que já sou habitualmente). E como uma verdadeira irresponsável, às vezes bebia… Era perda total. Uma vez quase tive um enfarte.

  • aqueespera

    Olha, eu tenho para mim que as mudanças de humor provocadas pela sibutramina não são tãããão acentuadas como os “pitís” que esse rapaz deu no reality show…
    Acho que ele queria é fazer charminho dando chilique na TV.

    =*

  • Keka Demétrio

    Bom,

    como toda gordinha eu também já fiz dietas com e sem remédios.
    Quando eu tomava uma fórmula muito louca que uma médica havia prescrito para minha prima, eu me sentia uma super mulher, aff, nunca vi ninguém com tanta energia e sem fome. Porém, comecei a ficar viciada, e já não tomava a fórmula porque queria emagrecer, e sim por causa do efeito que ela causava em mim, euforia total. Como se alguém como eu, que sempre foi a alegria em pessoa, precisasse de remédio pra poder sorrir. Pior ainda, comecei a beber junto com o remédio e foi um caos…atitudes impensadas, amnésias, e eu achando que estava tudo lindo!!!
    Até que um dia, não consegui mais comprar receita, e tive que ir me desintoxicando, e, graças a Deus, não foi tão complicado, acho que a vergonha que eu carregava de certas atitudes que tive nos momentos de loucura (sim, esses remédios nos deixam completamente fora de órbita) me trouxeram de volta à realidade.
    Engordei tudo o que havia emagrecido, e foi aí que resolvi me assumir, assim, exatamente do jeitinho que sou, cheia de excessos, e gordurinhas, e celulites, e estrias, mas feliz, porque hoje sei que quem é verdadeiramente dona da minha vida sou eu.

    Bjos

    keka

  • Michele

    Meninas, eu sou nova no blog mas não posso deixar de relatar a minha experiência com o subutramina.
    Eu tomei o medicamento receitado pelo médico, era de manipulação e mesmo assim tive efeitos colaterais. Parei de tomar o remédio e não voltei mais áquele médico.
    Estou em guerra constante com a balança e tenho conseguido perder peso passando muita fome . Não está nada fácil.
    Este blog foi um “achado” na minha vida, pois a minha auto-estima estava muitíssimo baixa a ponto de achar que homem nenhum gostasse de fofinhas.
    Não está sendo fácil, mas aos poucos estou enxergando as minhas qualidades e aprendendo a me amar do jeitinho que sou.
    O blog e os posts estão sendo muito úteis para o aumento da minha auto-estima e do meu amor próprio.
    Agradeço demais a vcs…
    Beijos!

  • Eu cheguei a tomar sibutramina, e tive vários sintomas dos citados: insônia, irritabilidade, euforia e taquicardia.

    Acontece que tem muita gente que fica irritada por causa do remédio mesmo…

    Ele realmente funciona pra emagrecer e não vicia (quimicamente falando, né), mas sem acompanhamento psiquiátrico, a pessoa volta aos velhos hábitos e engorda tudo de novo (foi o meu caso).

    Sem contar que o remédio pára de fazer efeito rapidinho.

  • Ivana

    Oi,

    Olha, eu sempre fui contra remedios, acho que é um disfarce para a reeducação… Como saudavelmente hoje e faço academia pelo menos 4 vezes na semana! Mas anteriormente fiz outra dieta acompanhada pelo endocrino e ele me convenceu a usar a Sibus por um período no qual a perda precisava ser mais eficiente, posso dizer que os efeitos colaterais não são no nível do ator em questão… na verdade penso que ele usou a desculpa do remedio pra por para fora o que ele realmente é!!!!!! O controle da irritabilidade do remedio é completamente possível, só a pilulazinha não transforma alguém em um monstro daquele… mas no meu caso, nem a insonia que eu já tenho comumente foi agravada durante o uso do remedio, a unica questão a ser realmente ponderada é a falsa ideia de controle sobre a comida, a saciedade proporcionada pelo uso do medicamento some quando você para de tomar e sua fome normal volta, principalmente à noite. Então: pronto pra dizer não ao pão noturno???

  • oi amores acho que nao sou muito normal rsrsrsr pois eu ja tomei varias formulas para emagrecer e nao sinto efeito colateral nenhum,nao fico com insonia,mudancas de humor,boca seca etc,mas desisti de tomar porque eu emagreco depois esqueco de manter rrsr ai ja viu ne efeito sanfona,agora tento manter so com alimentacao e alguns exercicios(que por sinal pra mim e um sacrificio danado rsrsr eu detesto atividade fisica kkkkkkk) nao aconselho ninguem tomar esses tipos de formulas,sem antes consultar um endocrino e fazer todos os exames,se tiverem reacao do remedio ,parem de tomar na hora e procurem o seu medico

  • Já tomei sibutramina, e o único efeito que eu tinha era insônia.
    Emagreci um pouco, e depois cansei disso tudo……

  • Heloísa

    Eu tomei sibutramina durante uns 3 anos com acompanhamento médico (endocrinologista).
    Emagreci muuuuuito, apesar de sofrer com constipação e insônia durante o tratamento.
    Mas cheguei num ponto em que o remédio não fazia mais o efeito desejado, surtindo apenas os efeitos colaterais mencionados acima.
    Resultado: em curto espaço de tempo engordei tudo de novo e mais um pouco, além de adquirir hipertensão arterial, hoje tratada com medicamento prescrito por cardiologista.
    Pela MINHA experiência, digo que não vale a pena.
    Emagrece-se muito com sibutramina, mas o preço a pagar é alto.
    Mas repito: é a MINHA opinião em razão da MINHA experiência. Tem gente que toma e pode se dar bem. Não foi o meu caso.

  • Graziela Barros

    Tomei 20 anos remédios pra emagrecer, todos: anfepramona ( INibex), sibu, tudo…já emagreci em 20 dias 10 kj com MUITA MALHAÇÃO , e vivi no efeito sanfona o tempo todo E NÃO ACREDITO EM REMÉDIOS PRA EMAGRECER SEM MUDANÇA DE HÁBITOS E EXERCÍCIOS FÍSICOS CONSTANTE. Não conheço NINGUÉM que tenha tomado remédios e não volte a engordar, eu já passei cinco anos com 55 kg a 60, parei, voltou tudo…as pessoas que conheço que REALMENTE MANTIVERAM fizeram dieta com nutricionista, SEM REMÉDIOS , e viraram grandes adeptos dos exercícios físicos, a ponto de praticarem corrida profissionalmente. O EFEITO SANFONA VAI E VOLTAAAA…ILUSÃO GENTE, PURA ILUSÃO!

    Claro, pra quem está muito obeso no início tomar remédios pra ajudar com médico, legal pq vai precisar, mas MUDANDO RADICALMENTE OS HÁBITOS E FAZENDO MUITOOO E SEMPRE, RELIGIOSAMENTE EXERCÍCIOS FÍSICOS, ESSE É O SEGREDO, EXERCÍCIOSSS SEMPREEE!

    Acho que o Teo exagerou, a sibu altera sim mas não é tanto, a anfepramona é que dá mais alteração de humor, mas cada um é um, ele já é mais irritado mesmo, confinado e com bola aloprou geral e fez um teatro alí tb pq ele não é bobo e queria audiência, MAS QUE MEXE, MEXE…. e isso é tão interessante pq qd a gente tá tomando a gente acha que tá tudo normal, que a gente está bem, eu era assim… entretanto, sab agora fui atender ( faço massagem tarepeutica e reiki) uma paciente que eu já tinha tratado antes e achei ela muito acelerada, empolgada mas nem desconfiei, embora tenha visto que ela emagreceu muito E RÁPIDO! No final da sessão qd eu acabei o reiki e vi a energia dela irritada ela me confessou que está tomando femproporex direto…ahhhhhh bemmmmmmmmm!

    Tudo na via é ESCOLHA, cada um sabe de si e o que é melhor pra si, EU ESCOLHI NÃO TOMAR MAIS REMÉDIOS, ESTOU MAIS CALMA, EQUILIBRADA E MUITO MAIS FELIZ!

    BJOOOO

  • ana paula

    Olá pessoal meu nome eh Ana Paula eu tomo sibutramina a 3 meses no primeiro mês emagreci sete quilos,mas nos outros naum emagraci absolutamente raiva,confesso que meu humor mudou bastante,fiko mais irritada e naum sinto o sabor dos alimentos,sempre fui gordinha,mas depois da gravidez engordei muito.hj tenho 23 anos e peso quase 100 kilos naum sei o que fazer para emagrecer,tenho tireoide,faço tratamento mas naum emagreço.Gostaria muito de um dia poder usar uma calça tamanho 44,minha auto-estima tah lah em baixo,um beijo ….

  • paula regina

    primeira vez aqui e já tendo passado por dezenas de tratamentos a base das famosas “bolas” e sempre torno a engordar (sou do tempo do saudoso Hipofagin), digo que emagrecer é um aprendizado com muitos professores.
    Esses remédios mexem muito com todos, alguns mais outros menos, mas sempre há alguma alteração no sono, no humor, na beleza dos cabelos, do rosto… enfim, em quem voce é realmente. Creio que nenhum ser humano gosta de dormir Dr. Jekill e acordar Mr. Heidy (acho que é assim que escreve).
    Emagrecimento precisa ter um grupo de especialistas te auxiliando: endo, nutri, psicô e personal. No conjunto, os especialistas vão entendendo seu físico, suas limitações e interesses e o emagrecimento surge quase como num passe de alegria, da mágica da alegria.

  • Paula

    Oi meninas, primeira vez que entro aqui, vi na tv e achei interessantíssimo. Meu nome é Paula, tenho 22 anos, estou com um problema seríssimo com a minha auto-estima. Há algum tempo que venho lutando com a balança, fiz um tratamento ano passado com u nutricionista e um nutrólogo que ia bem, ja havia perdido 8 quilos, a não ser por um pequeno probleminha, engravidei. Durante a gravidez não houve nenhuma complicação, e nem quilos excessivos, ganhei 10 quilos. Após 15 dias do parto, ja havia perdido 6 quilos, só que de lá pra cá ja ganhei 10 quilos… em 3 meses ganhei o que eu engordei em 9 meses de gravidez, estou num peso que nunca tive antes, e isso está me deixando super pra baixo. Apesar de eu sempre ter sido gordinha e nunca ter tido problema com o assunto homens, agora isso está afetando minha relação com meu namorado, não estou bem comigo mesma.. esse blog é sensacional.
    Agora mudando um pouco de assunto, falando do Théo Becker, isso é desculpa para as coisas que ele fez, usei sibutranima num tratamento, um efeito colateral ou outro.. tanto é desculpa dele, que hoje em dia ele não fala mais sobre o remédio, ele diz que estava interpretando, acho que ele ficou com vergonha do papelão.
    Beijos

  • Regina Celia

    Tb já tomei sibu e tb fiquei muito agitada. Aos poucos, aconteceu aquilo que eu já tinha passado com todas as anfetaminas que eu já havia experimentado para emagrecer: 1º aquela agitação toda, falava sem parar, parece que algo me empurrava para não parar nunca de fazer alguma coisa. Como se fosse proibido ficar em silêncio. Depois de algum tempo tomando esses remédios acontecia o contrário: uma falta de ânimo, sem vontade de falar e de fazer qualquer outra coisa. Queria ficar no meu canto, parada, em silêncio. A sensação que eu tinha era que não corria mais sangue nas minhas veias. Eu ficava com uma enorme moleza nos braços. Creio que era o efeito depressivo do remédio. Taquicardia também fazia parte do cardápio, boca seca e olheiras pela falta de sono. Enfim, uma tragédia. A verdade é que tem que comer com qualidade, evitar o que é calórico, fazer exercícios, pedir a Deus que nos ajude e continuar vivendo. Mas, uma coisa é fundamental: COMER POUCA QUANTIDADE.

  • Grazy

    Olá meninas!!
    Já tomei “sibu” por três meses, receitado pelo meu médico, confie e tomei e graças a Deus não tive nenhum efeito colateral, tipo insonia ou irritação etc. Consegui emagrecer mais não o suficiente como gostaria, e ainda preciso emagrecer, mas decidir que não quero mais tomar remédio. O que preciso na verdade é mudar os meus hábitos definitivamente, é pensar mais em mim, é elevar a minha auto-estima.. As vezes tenho vontade de jogar tudo por alto, pois estou cansada, mais quando eu me olho no espelho não gosto do que eu vejo, aí vem a culpa (o que estou fazendo comigo!!)
    Preciso ter forças…sei que ainda resta uma luz no fim do túnel, sei que sou capaz !!!

    Bjss

  • Claudia R. F. S. Sanchez

    Se é que existe algum efeito, com certeza não é de tamanha agressividade…
    Já tomei Sibutramina, não só 1 vez e sim mais de 1 período e em nenhum deles tive qq sintoma do efeito colateral.
    Que qq remédio faz mal, isso não é novidade.. .mas o caso ali, vai além do surto do rapaz.
    Quer aparecer e dá desculpa boba….
    Enfim… Sibutramina é bom sim… basta seguir a dieta junto.
    Bj
    Clau

  • Raquel

    Oi pessoal, meu nome é Raquel e ainda não comecei a tomar sibutramina, estou com medo,, apesar da necessidade grande de emagrecer até mesmo para levantar minha alto estima e pela saúde também……. Estou desesperada e um amigo me falou do remédio e vou tentar.

  • Tati

    Então gente,

    Tomo sibu dia sim , dia não e sinceramente n sinto mais efeito colateral nenhum, aliás efeito nenhum!
    volto da academia com muita fome, e muitas vezes com vontade de doces!

    Nos primeiros dias senti insônia, e agitação e sem fome! conseguia fazer uma dieta consciente com muita salada,proteína e pouquissimo carboidrato, principalmnete a noite.

    Parei de tomar todos os dias pois n faz mais efeito ALGUM, as vezes n tomo por Varios dias p/ ver se volta o efeito inicial, mas q nada!

    tentarei aumentar a dose 10 mg p/ 15 e vamos ver!
    projeto verão já

  • Sibutramina só com receita médica

  • Nadia Andrade

    Olha eu tomo a sibutramina e nunca senti nenhum efeito colateral. Tá bom, também não pode ficar tomando de qualquer jeito sem orientação médica. Eu, por exemplo, faço acompanhamento com uma endocrinologista, além de reeducação alimentar e exercícios físicos. E a dose vai diminuindo gradativamente.
    Há também de se levar em conta que você tem que se sentir bem com o seu corpo e, eu amo ser um Mulherão, com muitas curvas. (só faço tratamento por causa de uma cirurgia no joelho e, o ortopedista pediu para eu emagrecer).
    Resumindo, a grande vilã não é a Sibutramina em si, ma so modo e a quantidade da dose tomada.

    Bjos