15 de agosto de 2011 12:30

Por Eduardo Soares

A matéria-prima (cacau) era considerada por maias e astecas como o alimento dos deuses. Sua origem é mexicana mas graças ao explorador espanhol Hernán Cortés que o povo europeu conheceu os encantos deste que é um dos alimentos mais populares do mundo.

Originalmente os nativos apreciavam o chocolate em sua forma natural (amargo) mas os europeus não aprovaram o sabor e com isso foram acrescentados açúcar, canela e anis. Algumas experiências bem sucedidas depois e hoje, quase quinhentos anos pós-descoberta temos uma variedade infinita no sabor da guloseima: ao leite, branco, diet, Couverture (usado pelas confeitarias mais nobres) e claro, o (antes) reprovável (e hoje admirável) chocolate amargo.

Difícil encontrar alguém que não goste de chocolate. Tem gente que afoga as mágoas encarando (ou devorando) barras e mais barras. Outros o preferem através de sorvete (sabor napolitano,por exemplo). Os franceses elaboraram uma sobremesa infalível: juntaram chocolate, bolo e sorvete e daí nasceu o petit gateau. Nós, brasileiros, elaboramos uma espécie de bolinha salpicada com granulados. Algum puxa-saco resolveu prestar homenagens a um carismático militar que pretendia ser presidente nos anos 50 e o resultado foi o inusitado nome dado ao doce: brigadeiro. Como tudo na vida evolui, resolveram incrementar a sobremesa e hoje temos até brigadeiro com morango.

– COCE O BOLSO > As pessoas gastam cerca de US$ 7 bilhões com chocolate por ano.

– FEITO PARA AMAR > O chocolate estimula a produção de hormônios na área das emoções semelhantes aos liberados quando estamos apaixonados. Talvez por isso o alimento ele seja figura constante na lista de presentes favoritos dos namorados.

– NÃO CHORE MAIS> Ele ajuda combater a depressão, hipertensão, tumores e até o stress da TPM.

– FONTE DA JUVENTUDE > A massa de cacau tem grande poder antioxidante, mais que qualquer fruta combatendo os efeitos da idade.

– NÃO ENGORDA? > Chocolate puro tem pouca gordura e, grande quantidade de magnésio e ferro. Com a devida moderação é possível desfrutar do prazer de comer chocolate sem trazer prejuízos ao organismo.

A cultura também aderiu aos encantos do “doce pecado”. O cinema nos apresentou (o insosso) Chocolate (Johnny Depp, Juliette Binoche). Quem passou dos 40 deve lembrar-se do folclórico Willy Wonka, personagem eternizado por Gene Wilder e recentementepor Jonhy Deep em A fantástica fábrica de chocolate. Fora o premiado drama latino Como Água para Chocolate.

Para acabar com o assunto, lembrei da bobinha canção do Tim Maia: Não quero chá/Não quero café/Não quero Coca-Cola/Me liguei no chocolate/Só quero chocolate/Não adianta vir com Guaraná/Prá mim é chocolate/O que eu quero beber…  

Quer saber, vou partir para o chocolate branco. E aí, deu fome?


relacionados

Você vai gostar também

  • Hummmmmmmmmmmmmmmm!!!!
    Fome não, mas água na boca, SIM! kkkkkkkkkkkkk
    bjus de uma MEGA chocólatra rsrsrs

  • Paty Mierzwa

    Ai que delíciaaaaaa…chocólatra assumida que sou, fiquei morrendo de vontade…ai ai…acho que vou dar um pulinho até o mercado…kkkkkkkkk

  • Meww…que maldade essa foto!! Dona Renata isso não se faz!!!!hauahauahuah

  • Eduzitoo, lembrei de um chocolate mesclado que comprei sexta feira.. ui ui Meio amargo e branco.. deliciaa demais.

    beijos recifenses, moço

  • ana claudia

    gente isso e muito mal ,depois da quela materia de quem gonseguio emagrecer ,haja força de vontade , mais tb o que e um pedacinho beijinhos

  • Chocolate sempre e para sempre! De “túia”!!! kkkkkkkkk
    Cheiro…

  • Nadja

    Edu meu amigo, isso já é sacanagem ahuauahua _ Como tu me escreves um texto destes?? Eu estou em reabilitação para largar meu vício
    Eu nunca vi uma pessoa tão chocólatra como eu …
    Estou até em tratamento para largar o chocolate como vício e comer normal _ ahuahuahu
    Uma vez até brigaram comigo e disseram que eu tinha problema, pq falei que chocolate era mais gostoso que beijo :S
    Depois de ler isso , vou fazer uma das minhas especialidades e devorar _ Pastilha de chocolate

    • achei alguém dependente dessa delícia como eu…
      caramba, já cheguei a chorar de raiva por ter comido sem moderação

  • Paula Regina

    Quem consegue viver sem um delicioso e tão brasileiro brigadeiro?

    Gosto muito da deli française, mas nada se compara aos nossos doces e a famosa e tentadora “bolinha salpicada com granulados”, como bem descreveu o Eduardo.

  • Ahh…muito bom isso! Sou historiadora e chocólotra =D
    Lembrei ainda dos primórdios do cultivo da cana-de-açúcar lá na Índia, que era usada como remédio, por isso existe a ideia de que o açúcar vicia…Benditos árabes que souberam beneficiar a plantinha….
    Essa foto tá um abuso nessa hora da tarde, francamente!
    heehhe

  • Gi

    Edu, adorei o texto. Sou apaixonada por todas as modalidades de chocolate e mais algumas, entre elas o foundue! Se depender de mim, o como em todas as estações do ano, e não só no inverno como manda a tradição. Apesar disso, não sou chocóooolatra. Amo açúcar em qualquer uma de suas modalidades. Isso é tema para um próximo post, hein? rs Bjuz!

  • Hummmmm vc falou minha língua agora…. chocólatra assumidééééérrima que sou acabei de comer brigadeiro de copinho, ai que delícia…. agora vc me fez lembrar do chocolate que ganhei do sr. no desfile, tava bom viu, mas já acabou, rsrsrs ainda bem que existe SEDEX… tô esperando, rsrsrs bjooo

  • Adoro chocolate, o meu preferido é chocolate amargo.

    • Concordo com Emanuel…Amo meio amargo, e com combinacao de banana ou morangos!!! Bjux da geisha Ka