6 de março de 2012 01:25 Cabelo

Mulherões podem usar cabelo curto sem medo de “engordar”

Por Renata Poskus Vaz

Um grande medo para as mulheres acima do peso na hora de cortar o cabelo é exagerar na tesoura e ficar com o cabelo curto e o aparentemente maior. Mas nem sempre é esse o efeito que as madeixas curtas oferecem. Para provar, convidei algumas participantes do Dia de Modelo para falar sobre seus cortes e os cuidados que tem com os cabelos:

Aline Nalon

“Tive cabelo curto por duas vezes. Na primeira vez, tinha uns 20 anos, cortei muito curto e amei. E agora cortei novamente, com meus 30 anos. Não demorei para me acostumar e gostei do resultado instantaneamente. As pessoas adoraram, disseram rejuvenesci que o meu rosto ficou mais em evidência. Não preciso de mais tantos cuidados. Quando meu cabelo era longo precisava dar uma atenção maior. Agora, como faço luzes, os cortes curtos  freqüentes nao prejudica tanto o meu cabelo”
Aline usa a linha Ervas e Vegetais da Lowell

Jaqueline van Mierlo

” Faz um ano que cortei o cabelo curto. Acho esse visual mais prático, moderno e com ele consigo estar sempre bem arrumada. Foi uma decisão dificil cortar assim , mas depois me acostumei muito rapido e amei o resultado. Faço hidratação no salão a cada 15 dias pois como tenho os cabelos cacheados eles por natureza são mais secos e com a hidratação os cachos ficam mais definidos. Acredito que os homens não gostem tanto de mulheres com cabelos curtos, mas as mulheres amam, já que é preciso ter muita atitude e estilo para optar por este corte.”

Jaqueline usa a linha Buriti da Tânagra

Fernanda Passoni

“Sempre tive cabelo comprido, mas era meio murcho e  não tinha coragem de cortá-lo de vez. Então, pesquisei uns cortes legais, que eu achava que combinavam com meu rosto. Deu super certo! Eu sempre fui muito ligada no meu cabelo, sempre cuidei muito, então pra mim o cabelo tem um peso grande em como eu me sinto. Por exemplo, quando meu cabelo está uma desgraça minha auto-confiança muda. O dia em que meu cabelo está daquele jeito que eu gosto eu me sinto muito mais bonita! Foi por isso que decidi cortar: não estava feliz com o que via no espelho! Além disso, na minha opinião, o cabelo cuto passa uma coisa de personalidade forte, de mulher que é decidida, acho que exatamente pela beleza da mulher estar tão estigmatizada com o sexy appeal do cabelão. A mulher que se “liberta” disso passa uma mensagem de que tem personalidade.”

Fernanda alterna as linhas da Pantene, Elseve e Natura Plant (acima)

Janaina Fervorini

“Meu cabelo era mais comprido, na altura dos ombros. Estava com vontade de mudar meu visual e me inspirei no corte da atriz Guilhermina Guinle da novela Ti-Ti-Ti. Além de bonito, achei esse corte muito prático. No começo, me arrependi de cortar, mas  depois acabei achando o máximo. Faço progressiva a cada 3 meses, corto todo mês, uso xampu sem sal e faço hidratação toda semana, em casa mesmo, para manter meu cabelo bonito”
Jaque usa a linha Nativa Spa do Boticário

_______________________________________________________________________________________

As fotos dos mulherões acima foram feitas no último Dia de Modelo Plus Size, em São Paulo. Para participar do Dia de Modelo, escreva para blogmulherao@hotmail.com

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES