10 de fevereiro de 2013 23:08 Artistas

Carnaval é a festa do povo – desde que este …

Por Renata Poskus Vaz

Aquela história de que carnaval é a festa do povo e que somos livres para nos divertirmos e sermos nós mesmos é conversa para boi dormir.  Nesta época, o culto ao corpo impera. Sempre foi assim. Só que antes, décadas atrás, embora as peladonas já dominassem os grandes desfiles das escolas de sampa, a imprensa se restringia a comentar e elogiar suas formas físicas, sem perder tempo falando mal de alguém que estivesse acima do peso que eles consideravam ideal.

Vejam algumas manchetes que me deixaram com o estômago embrulhado nesses primeiros dias de carnaval. Malditos estagiários do Ego!

barriguinha 1

barriguinha 2

Senhores estagiários do EGO Léo Martinez e Naiara Sobral (puxa vida, precisaram 2 profissionais para escrever uma matéria xexelenta dessas?), Quitéria Chagas não desfilou apenas a barriguinha. Ela desfilou a barriguinha, a beleza, o charme, a simpatia, o sorriso lindo, a fantasia maravilhosa e, o mais importante de tudo e que muito falta em muita rainha de bateria por aí: samba no pé.

Quitéria se tornou a mais nova diva do Mulherão nesta frase: “Você acha que estou gorda? Que eu saiba não estou grávida, mas isso também não vai demorar. Minha preocupação é sambar. O resto é resto. Eu não tomo hormônio, todas tomam. Essas meninas chapadas, todas tomam. Mais chapada que isso não dá. Sou natural. Quem não gostou, paciência. Jamais vou tomar nada para depois tentar engravidar e não conseguir.”

É isso aí, Quitéria Chagas. Sua linda!

barriguinha 3

barriguinha 4

Barriga estranha? Depois de muito reparar vi que a esposa do lindo-tesão-bonito-e-gostosão do Diogo Nogueira realmente tem uma risquinha na lateral do abdômen que pode ser uma cicatriz de cirurgia ou simplesmente uma “dobrinha” ou um músculo, tendo em vista que ela está com a perna erguida. Ah, mas me poupe! Estranha não é a barriga dela, mas prestar atenção num detalhe tão idiota enquanto se tem um mulherão lindo desse para se admirar.

bumbum 1

bumbum 2

Quem nunca andou no “busão” em alta velocidade, vestindo decote, não sabe o que é perder o controle do sacolejar do próprio corpo. É normal! Quanto maior você for, mais vai balançar em movimento. A garota acima, passista da Caprichosos de Pilares, foi clicada, muito provavelmente, em um momento de intenso ziriguidum. Qualquer uma ficaria desfavorecida clicada em um momento desses. Acharam a passista gorda demais para este mini-micr0-fantasia? Ok, então quer dizer que somos obrigadas a desfilar na ala das baianas, contrariadas, porque não somos magras ou marombadas o suficiente para uma roupa safadinha de passista? Se o carnaval é festa popular, cabe a cada um decidir como quer sair na avenida.

Amiga da foto,  adorei a ousadia! Da próxima vez, venha pelada! Se somos obrigadas a ver um festival de peitolas falsas siliconadas na avenida, que também vejam nossas celulites autênticas sem reclamar!

Um bom restinho de carnaval para vocês.

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES