27 de maio de 2013 20:33 TV

Pelo direito de ser bem-resolvida mesmo sendo gorda, virgem e andando de fusquinha

Por Renata Poskus Vaz

Paula Bastos, uma das minhas blogueiras plus size brasileiras predileta, autora do Grandes Mulheres, encabeçou uma campanha no Twitter e Facebook, para que Walcyr Carrasco, autor da novela Amor à Vida, mude o destino da personagem Perséfone, vivida pela atriz Fabiana Karla. Na trama, Perséfone é enfermeira, dirige um fusquinha e é virgem.

Segundo Paula, com suas palavras transcritas na íntegra, Perséfone é a amiga gorda encalhada que dirige um fusquinha velho e sonha com o príncipe encantado. Ela ainda acrescenta “Em nome de toda uma parcela da população que tem lutado para conquistar mais respeito te peço: Walcyr, muda o destino da Pérsefone Fortino. Faça dela uma mulher forte, não forte de robusta, mas mostre ao Brasil a força que essa personagem pode ter dando a volta por cima e se tornando um exemplo. Não precisamos desse caricato de coitada sonhadora encalhada que já está mais do que disseminado: seja diferente dos outros autores, inove e retrate essa mudança.”

fabianakarla

Concordo com a Paula que seria maravilhoso ter uma mocinha na novela das 9 que fosse um exemplo de perfeição, mesmo pesando seus mais de 100 Kg. No entanto, discordo dessa campanha. Não vejo problemas em Perséfone. Ela é linda, usa looks que valorizam seu tipo físico. Nada de roupas largas, de malha… Outro detalhe que acho importante salientar é que Perséfone não é a gorda engraçadona. Ela é querida não por ser a piadista, mas por ser atenciosa, meiga, inteligente e confiável.

Perséfone é enfermeira de um Hospital particular de São Paulo. Isso mostra o quanto é bem-resolvida profissionalmente. Para ter uma noção de salários, veja o que extraí do site de um dos mais conhecidos hospitais de São Paulo, o Albert Eisntein, sobre o salário de seus enfermeiros:

salário einstein

Ou seja, na trama, Perséfone já trabalha no mesmo Hospital há mais de 10 anos. Ela ganha, no mínimo, R$5 mil. Se tratando de Brasil, esse não é um salário ruim, não acham? Quantas de nós ganham R$5 mil de salário por mês? O fato da personagem ter um fusquinha não significa insucesso profissional ou social. Há muito tempo que aqui na capital paulista que ter um fusca não é sinal de pobreza. Fusca ainda é um dos carros mais almejados por ladrões e virou artigo de colecionador.

Veja só, no Web Motors um fusca ano 68 ou 70, conservado, custa R$12 mil.

fusca

Com R$1,5 mil a menos, é possível comprar um  Fiat Palio ou um Renault Clio, 30 anos mais novos:

fusca 2

Outro detalhe importante de se ressaltar é que não há problema algum em ser gorda e virgem por opção. Eu mesma perdi minha virgindade com vinte e muitos anos e sempre fui descolada, linda, inteligente e independente. Tenho centenas de leitoras gordas, adultas, bem-resolvidas e virgens que esperam  pelo príncipe encantado por convicção religiosa ou porque não querem mesmo sair dando para qualquer um por aí. Antigamente nós julgávamos aquelas que perdiam a virgindade cedo, hoje estamos julgando quem não perde. Isso é uma questão muito individual e nem começou a se desenrolar na trama. Chato será Perséfone querer dar seu corpinho lindo pelo simples prazer sexual e nenhum homem querer possuí-lo. Isso sim me deixará decepcionada, ela querer dar e não ter pra quem. Mas se a intenção dela for encontrar um amor de verdade, para toda vida, qual o problema dela esperar? Qual o problema dela sonhar?

Se transar fosse sinal de realização pessoal, prostituta não tinha problema psicológico e sairia dando de graça (desculpe o linguajar, meu povo!).

Gente, imagine se todos os personagens tivessem que seguir a linha politicamente correta, para evitar estereótipos? Não teríamos aquele vilão maravilhoso da novela Amor à Vida, que é o personagem Félix. Ele é gay, a “bicha má”, como dizem pela internet. E um dos melhores vilões de todos os tempos.

Não quero para mim esse tipo de “café-com-leite”. Quero que o autor seja livre para escrever, que me faça sonhar ou até ter pesadelos, porque não?!. Tenho certeza que Perséfone terá um final maravilhoso, sem precisarmos obrigar o autor a isso. 😉

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES