9 de dezembro de 2013 20:17 Moda e estilo

Porque nos escondemos dentro de uma roupa?

Por Cíntia Rojo

No mês passado a revista Elle americana promoveu uma edição especial com seis capas diferentes em que estrelaram as toda-poderosas de Hollywood. Penelope Cruz, Reese Whiterspoon, Marion Cotillard, Naomi Harris, Shailene Woodley e Melissa McCarthy foram as escolhidas para essa edição estelar. Fiquei muito feliz em ver Melissa, premiada por seu trabalho na deliciosa sitcom Mike & Molly, na capa de uma publicação tão importante no mundo da moda. Contudo… vocês já devem ter lido meus comentários sobre as escolhas da atriz, que sempre aparece com muito tecido mole e recortes que criam volumes desnecessários. Eu não entendo muito de celebridades mas acredito que por trás de cada look de tapete vermelho exista um batalhão composto por estilista, costureiro, personal stylist, maquiador, cabeleireiro, esteticista… enfim, vocês entenderam! E com esse pensamento, acreditava que por trás dos desastres fashion da Melissa, existia um responsável que não a própria atriz.

Revista Elle Novembro 2013

m_mccarthy_10102013_1

Quando as capas da Elle foram previamente divulgadas, as especialistas em moda plus size – ou seja, nós, mulheres gordas! – ficaram revoltadas: porque as outras mostram tanta pele e Melissa está toda coberta com um casaco que é o dobro do tamanho dela? Só porque Melissa é gorda resolveram cobri-la desse jeito? Acusaram a Elle de preconceito e houve até quem boicotou a revista alegando que o tratamento dado à Melissa tinha sido menor que o dispensado às outras atrizes. Alguns dias depois do bá-fá-fá, a verdade veio à tona por meio da própria Melissa: a escolha do casacão fora dela, dentre outras opções oferecidas pela produção. TÓIN!

Sabendo disso, pensem comigo: o que queremos mostrar ao mundo quando escolhemos nossas roupas? Quando vejo Melissa McCarthy, a bonita e talentosa atriz, sendo tratada por uma publicação de moda de alto nível como uma toda-poderosa em Hollywood, penso que ela deva se sentir o máximo, que seja uma mulher confiante e segura. Mas quando ela escolhe um casaco – ou qualquer outra peça que esconda seu corpo – começo a desconfiar de sua auto-estima.

Nós temos nossa personalidade e nosso jeito de se vestir. A Renata adora vestidinhos e decotes. Litha arrasa nos modelinhos vintage. Eu gosto de peças versáteis e clássicas. O que nós temos em comum é que, dentro do estilo pessoal, descobrimos os meios de expressar nossa beleza e nossa auto-estima, sem nos escondermos dentro de roupas largas, sem corte e sem forma. Abominamos roupas que não nos valorizem. Cremos que estar acima do peso ideal para nossa compleição física não nos condenou a esconder nosso corpo em sacos de batata.

Nos olhamos pouco no espelho, talvez por medo, talvez por vergonha, mas a verdade é que conhecer nosso corpo é um passo importante para reconhecer o que temos de bonito e o que gostamos em nós mesmas! Eu tenho quadris largos e arredondados e meu manequim de calça é 48. Toda vez que saio para fazer compras, ouço conselhos de como disfarçá-los. O engraçado é que ninguém nunca percebeu que eu gosto deles assim. Tenho a mesma estrutura da minha

família, de origem ítalo-espanhola, e acho que meu corpo é bastante feminino. Não vou usar uma roupa tamanho 52 para cobrí-los e acho que nenhum mulherão deva fazer isso.

Se Melissa não gosta do próprio corpo, não a recriminaria se ela decidisse fazer uma cirurgia, dieta ou tratamento estético para emagrecer. Como a Renata sempre diz, ninguém assinou contrato pra ser gorda e creio que cada pessoa sabe o que lhe faz feliz. Mas é preciso dizer e repetir, pra que a gente nunca esqueça: nossa beleza não pode ser medida em números. Peso não traduz nossa auto-estima mas a maneira como nos vestimos pode revelar a opinião que temos sobre nós mesmas.

O que vocês acham disso, mulherões?

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES