28 de setembro de 2014 16:00 comportamento

Sou muito gorda. Como me amar?

Por Renata Poskus Vaz

Todos os dias recebo mensagens de leitoras dizendo que são muito gordas, que se odeiam por isso e me pedindo dicas de como começar a se amar.

Ah, como eu queria que existisse um segredo desses! Que pudéssemos, de uma hora para a outra, mudar a forma de nos enxergarmos. Infelizmente, isso não existe. O resgate do amor próprio é um exercício que deve ser feito dia a dia, incansavelmente. Cada caso é um caso, uns demoram mais, outros menos, mas em todos, sem exceção, é possível voltar a se amar.

No meu caso, cansei de tentar emagrecer. Cansei de me odiar por comer, por ter curvas, por aquela celulite aqui e gordurinha ali. Cansei de esperar emagrecer para ser feliz!

Gordinha triste

Ilustração: “This Body” – Hyacinth-Zofia (Canada)

Mude seu guarda-roupa!

Acho que a minha primeira grande mudança foi usar roupas que nunca tive coragem de usar, porque achava inadequada para uma mulher plus size. Saias curtas, blusas com braço de fora, cores fortes, estampas, saltos altíssimos, tudo entrou no meu guarda-roupa novo. Não via mais proibições em nada, desafiava o que pregavam os consultores de moda nas páginas das revistas femininas. Foi esse o primeiro e grande salto em minha autoestima.

Faça amizade com outras gordinhas 

Não acho que tenhamos que nos isolar e criar uma gangue só de gordinhas contra o mundo magro do mal. Porém, quando criei o Blog Mulherão vi que não era a única mulher acima do peso com dificuldade de encontrar roupas para o meu tamanho, e também estava longe de ser a única que já passou por preconceito. Minha vida mudou. Eu deixei de me fazer de vítima, vi que era 1 em 1 milhão e que, por conta disso, eu não era diferente. Via mulheres bem mais gordas do que eu super sexy, felizes, bem amadas e eu poderia ser também. Ainda conservo minhas amigas magrinhas, mas me divirto com as gordinhas que também escolhi para fazerem parte da minha vida.

Pare de se vitimizar

Ficar se lamentando, dizendo o quanto a vida é cruel com quem está acima do peso, não vai mudar a sua condição. Apenas prolongará seu sofrimento. O mundo não vai mudar por você. Então, enxugue as lágrimas e vá à luta. Tem muitos caras que não curtem mulheres gordas, mas existe uma infinidade de homens que só querem mulheres cheinhas. Tem empresa que não contrata pessoas gordas para trabalhar? Sim, mas há milhares de empresas idôneas preocupadas com o seu currículo e não com a sua circunferência. Tem vendedora de loja que vai te tratar com desprezo porque você é gorda? Sim, então vá em uma loja especializada ou nos grandes magazines que vendem plus size e onde não há vendedoras te perseguindo com aquele olhar de reprovação. Viva! Você é um mulherão e não uma coitadinha.

Cuide-se e admire-se

Cuidar-se não quer dizer investir em uma dieta da proteína e ficar malhando os glúteos durante 3 horas seguidas na academia. Cuide de você, do seu cabelo, da sua pele, estabeleça um ritual de beleza… Cuide-se para você e não para o boymagia ou para as amigas. Vista-se sempre bem. Não estou falando de roupas caras ou da moda, mas uma roupa em que você se sinta confortável e bonita. Olhe no espelho, admire-se. É impossível que você não tenha algum ponto forte, um destaque, algo lindo que só você tenha e mais ninguém: o sorriso, o decote, o cabelo, a voz, as mãos…

Não ligue para o que os outros falam de você

Não permita que falem mal de você. Ignore, vire as costas e evite pessoas que sempre querem te colocar para baixo. Elas enxergam em você uma potencialidade que você mesma ignora. Querem que você fique para baixo, porque tem medo da concorrência. Um marido que te chama de gorda e diz que ninguém vai te querer, justamente pensa o contrário. Ele sabe que se o deixar, mesmo gorda, você terá quem quiser. E como um idiota, fraco, ele insiste nisso. Não dê ouvidos para uma pessoa pobre de espírito assim.

Com o tempo, você vai se enxergar de outra forma. Verá que é única, especial. Ouça sua alma, seu coração e siga em frente. Você é muito mais do que números na balança. Não se esqueça disso. <3

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES