23 de outubro de 2014 15:09 Uncategorized

Ahh o verão, estação da diversão… mas muita gordinha já quis fugir dele!

Por Simone Fiúza

Daqui dois meses começa o verão aqui no Brasil e vem aquela história de projeto verão, verão sem canga e o enxame de comerciais na tv, revistas, internet insinuando uma busca perfeita do corpo, para exibir no verão. Somos cruelmente bombardeadas por essas propagandas que insinuam que para “não ter vergonha do corpo” precisamos estar magras, sem celulites ou estrias.

_MG_1241

Eu sempre fui uma gordinha que me cuidei, amo tratamentos estéticos, gosto de malhar, sério!! Mas não sou magra, estou longe de ser e me chateia essa busca incansável pelo corpo perfeito, sou a favor da busca pelo equilíbrio, pela vida saudável.

Na adolescência deixei de ir em passeios do colégio, quando ouvia piscina já riscava da agenda. Quando estava saindo com alguém já imaginava o convite no verão de ir à praia, piscina, ficava bem tensa e inventava desculpas. Porque na minha cabeça ninguém era obrigado a ver aquele monte de banhas e todo mundo me olharia de forma preconceituosa, me incluindo, claro! Rs

Eu amooooo o verão, acho a energia dessa estação deliciosa e ficava triste de passar o verão sem tomar um solzinho, sem encarar o biquíni, maiô e a canga. Ficava os meses que antecediam o verão me drogando com anfetaminas, fazendo dietas malucas pra tentar chegar ao que eu julgava ser o “corpo perfeito”, mas nunca conseguia chegar, ou seja, não encarava o verão!

Chegou uma hora que cansei, me aceitei e resolvi encarar o verão com a minha linda cara de pau e ai de quem se doer pelas minhas banhas.

A primeira vez que enfrentei a praia sem medos faz mais ou menos uns 5, 6 anos, acho que o fato do meu marido Michel me aceitar como sou, ajudou muito.

DSCN8393

Coloquei o biquíni de lacinho numa boa e fui curtir meu verão. Fiquei observando por horas, as mulheres que estavam ali também tinham celulites, estrias, gordurinhas, pancinha, umas mais, outras menos mas ninguém era “perfeito”, dei uma bela respirada. Logo a minha frente tinha uma gordinha linda, super chique, de maiô marrom, com dois filhos lindos e um marido belíssimo se divertindo horrores, bebendo, jogando conversa fora. Caraca e eu ali com medo de encarar a felicidade?!

Desse dia em diante notei que tinha perdido tantas oportunidades de me divertir, de ser feliz, perdi viagens, risadas, churrascos, mergulhos, tardes à beira da piscina e tudo isso pra que? Pra esconder o meu corpo, achando que eu era a pessoa mais feia e estranha do mundo.

Sou super a favor caso não esteja bem com seu corpo e queira mudar, encare dietas (com acompanhamento médico), tratamentos estéticos, para que se sinta melhor…mas se chegou o verão e você não alcançou o objetivo ou se curte o corpo do jeitinho que realmente ele é, SE JOGUEEE no verão!! Não se esconda nas cangas, coloque o bumbum de fora, vamos queimar o bacon, brindar com champanhe, caipirinha, vamos rir com os amigos, jogar conversa fora na beira da praia, comer um camarãozinho sem culpa, mergulhar sem se preocupar com a celulite e com o que os outros vão achar ou julgar.

DSCN8395

O verão está chegando, você vai deixar de aproveita-lo e viver momentos únicos mais uma vez? Eu não!! Com certeza me verão nas praias queimando o bacon e exibindo minhas celulites, talvez mais ou menos, mas estarei lá!

Bjokas e se amem!

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES