20 de julho de 2015 01:25 Fashion Weekend Plus Size

Modelo Plus Size Transexual participa do 12º Fashion Weekend Plus Size

Por Renata Poskus Vaz

Gente, eu não posso simplesmente copiar e colar aqui o release oficial do FWPS que fala da participação da Renata Montezine, a primeira modelo plus size transexual do mundo. Este sem dúvida é um momento especial para ela, mas maravilhoso para mim também e eu quero contar direitinho como a conheci. ♥ ♥ ♥

Um dia, uma menina me chamou no Facebook, como muitas outras, sem experiência alguma, pedindo conselhos de como se tornar uma modelo plus size. Era a Renata Montezine, com seus 24 anos, 1,70m e manequim 46. Algo nela me chamou muita atenção. Ela era muito bonita, elegante, expressiva, seu perfil me interessou. Conversa vai, conversa vem, ela me fala que é uma mulher transexual e perguntou se teria chances como modelo plus size.

Renata Montezine modelo transexual plus size

Eu disse que seria difícil sim, mas que ela deveria tentar. Afinal, como ter certeza sem tentar? Convidei-a a participar do Fashion Weekend Plus Size. Incluí-la no FWPS representa muito para mim, porque estudo de forma autônoma (sim, sou nerd, CDF, praticamente uma Miss Google) há muito tempo sobre pessoas transexuais. Essa vontade de estudar, acreditem, vem da minha doutrina (curiosidade) espírita. Querer entender porque uma pessoa nasce com um corpo com um sexo e uma alma que não se “encaixa” nele.

5 - 6

Ah, antes de mais nada vou explicar o que é uma pessoa transexual, porque tem muita gente que não compreende. Pessoa transexual é aquela que nasce com um sexo, mas se identifica como sendo do sexo oposto. Ou seja, nasce um menininho, mas sempre se sente, diz ser e se define como uma menininha, ou vice-versa. Então, de forma resumida, elas não se descobrem tendo uma “alma”do sexo oposto. Elas já nascem com essa alma. É como nós, mulheres que já nascerão com pepeka e alma feminina. A gente não acorda um dia e diz: “hoje me sinto uma mulher”, porque é algo natural que sentimos todos os dias, desde o nosso nascimento.  Foi exatamente isso o que aconteceu com a Renata. Ela desde criancinha se sentia e definia como menina, mas não entendia porque seu corpo não era o de uma menina. A sorte dela é que tem uma família linda, de ouro, que identificou isso nela e a apoiou na transição de gênero.

renata montezine modelo plus size transexual

E por falar nisso, identidade de gênero e orientação sexual não são a mesma coisa. Se referir à Renata como uma pessoa gay, está incorreto. Ela não é gay. É uma mulher transexual que se relaciona com homens. Ou seja, ela é heterossexual. Existem mulheres transgêneros que gostam de mulheres também, essas sim podem ser chamadas de gay, ou lésbicas. Deu para entender? Assim como há mulheres com pepeca de nascença que gostam de namorar só com homens (heterossexuais), ou só com mulheres (homossexuais) ou com qualquer um dos dois (bissexuais). Mas isso é uma questão bem íntima, e que a gente, de verdade, não teria que se meter né? Tô falando do “meter” no mau sentido.

Outra dica bacana é que não fiquem fazendo perguntas nunca para uma mulher ou homem trasexual como: “você é operada”? “Como esconde tal coisa”? Nós, como mulheres plus size, não gostamos quando nos perguntam sobre quando vamos começar o regime, ou como fazemos para disfarçar a pepeca gorda, então para que falar da genitália alheia? SEJA MENAS, gente!

Renata Montezine modelo plus size transexual

Ah, agora vamos voltar ao desfile? Quero deixar claro que também não sou boazinha e nem idiota e sei o retorno que ter a nossa própria “Léa T’ poderia dar ao evento que promovo. Porém, inseri-la não dependia unicamente de mim. Afinal, eu faço uma seleção geral e as grifes precisam escolher as modelos dentre minha pré-seleção. Ser aprovada por mim não gera a garantia de entrar na passarela. Ela dependia do sim final das grifes.

E Renata Montezine recebeu seus “sins”, e as grifes nem sabiam que ela é uma mulher transexual. Ela foi escolhida por sua beleza, uma prova linda de que ela tem sim potencial como modelo plus size, que não está lá apenas pela publicidade que o fato de ser uma mulher transexual plus size pode conferir. Ela tem talento, é linda, foi escolhida pelas grifes por isso e nada mais. Ponto final.

9 - 2

Renata poderia ter omitido ser uma mulher transexual. Mas sabe aquelas meninas que querem fazer a diferença? Pois bem, olha só o que ela me falou: “O ideal é que um dia rótulos como “plus size” e “transexual” não sucedam a palavra modelo. Porém, hoje, é necessário utilizá-las como forma de inclusão e para influenciar positivamente outras mulheres. Fico feliz em fazer parte desse processo”. Diva né?

Eu tenho certeza que ela vai arrasar no Fashion Weekend Plus Size. Ah, mas não para por aí. Por coincidência ou não, fui procurada por Giselle Leal, correspondente da revista gringa digital VOLUP 2, de Velvet L’amour (uma modelo plus size internacional bapho, queridinha de John Galiano). Giselle perguntou se eu conhecia alguma modelo transexual brasileira para que lhe desse uma entrevista. Juro pela minha perseguida costurada que isso foi apenas 1 semana após contratar Renata Montezine para o FWPS.

RENATA mONTEZINE mODELO PLUS SIZE 2Então, essas fotos poderosas da Renata que estão vendo aqui na matéria, foram uma sugestão da nossa querida Giselle. O tema  do editorial é Rebel, cuja produção foi realizada por Thiago Gandra, stylist do FWPS. “Valorizamos a silhueta plus size da Renata, exaltamos o seu poder e determinação, em uma ambientação moderna, fashion e ousada”, declara Gandra.

3 - 8

Equipe do Editorial Rebel Foto:  Binho Martins/ Assistente de Fotografia: João Marcondes/ Beleza: Tchelo Mello/ Assistente de Beleza: Heverthon Martins/ Direção e styling Thiago Gandra 

Saiba mais sobre o Fashion Weekend Plus Size – Verão 2015

Grifes participantes dos desfiles: Marguerite/Posthaus, Marialicia, Chica Bolacha, Xica Vaidosa, Tamanhos Nobres, Attribute Jeans, Arthur Caliman, Livia Bella, Enfase, For Love Jeans, Upsy, Belle Plage, Vislumbre Lingerie

 

Data: 25.07.15 (sábado)

Salão de Negócios: a partir de 11 horas

Desfiles: a partir das 17 horas

Local: Centro de Convenções Frei Caneca

Endereço: Rua Frei Caneca, 569 – 4 º andar – Cerqueira César São Paulo – SP

 

Evento gratuito apenas para lojistas

Ingresso à venda no site Ticket360 para o público geral

Inteira R$ 50,00

Meia-entrada: R$ 25,00

 

www.fwps.com.br

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES