2 de agosto de 2015 17:37 Saúde

Adquiri doença grave fazendo a dieta Dukan

Por Renata Poskus Vaz

Oi gente! Hoje venho falar de uma experiência nada positiva, que colocou minha saúde em risco, quando decidir seguir a dieta Dukan, no ano de 2013.

Como sabem, desde que me conheço por gente brigava com a balança. Sou do tipo que curte comer, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. E quando deixo de me exercitar, quando fico estressada ou deprimida, os ponteiros da balança disparam.

Antes, eu queria emagrecer para ser aceita, por achar que eu só seria feliz magra. Depois que criei o Blog Mulherão, que conheci gordas lindas e bem-resolvidas, entendi que a felicidade independe do peso. Porém, tomo muito cuidado para não engordar indiscriminadamente. Sim, porque sempre que me aproximo dos 100 Kg, me sinto indisposta, doente, o que deixa de ser uma questão estética e passa a ser uma questão de saúde. Ou seja, não é porque me amo gorda, que preciso engordar para sempre, sem limites.

Quero deixar claro que cada um sabe qual é o seu peso ideal. Tem meninas super saudáveis e bem dispostas que pesam 100, 120 Kg… O meu peso ideal, com o qual consigo viver bem disposta, fazendo ballet sem me machucar, correndo, caminhando e namorando na velocidade 5 do créu, é 82 Kg.

Pois bem… No ano de 2013 vi que estava ficando menos disposta, já nos 100Kg, e decidi emagrecer alguns quilos. No início, tive acompanhamento médico, passei a me alimentar direitinho e ia perdendo lentamente peso, com muita saúde, recuperando minha disposição.

Aí, um dia, por conta própria e com toda irresponsabilidade do mundo, decidi fazer a tal Dieta Dukan.

O que é a Dieta Dukan?

A dieta Dukan é uma espécie de dieta Atkins, modernizada. A Dieta Atkins é aquela que nos anos 80 incentivava o consumo de proteínas e gordura, como bacon, carnes gordas etc e abolição do consumo de qualquer tipo de carboidrato. A Dukan segue o mesmo  princípio de restringir carboidratos, mas restringe também as gorduras.

É possível emagrecer com a Dieta Dukan?

Claro que sim! É possível emagrecer, como em toda dieta restritiva. Mas o que todo mundo imagina é que se perde gordura neste processo, mas nas primeiras semanas se perde apenas água. Isso mesmo! Você acha que está ficando magra e saudável, mas na verdade está apenas desidratando.

Quais os riscos da Dieta Dukan?

Efeitos colaterais comuns da dieta Dukan: náuseas, mal-estar, mau-hálito (conhecido como hálito cetônico), boca seca, dor de cabeça e fraqueza. A falta de fibras colabora para prisão de ventre, motivo pelo qual é recomendada a ingestão de farelo de aveia.

O consumo excessivo e quase que exclusivo de proteínas aumenta o risco de doenças renais, principalmente a formação de pedras nos rins. Lesão renal aguda pelo excesso de proteínas também é uma preocupação nos pacientes que já possam ter alguma lesão renal prévia (muitas vezes desconhecida pelo paciente). Aumento nos níveis de ácido úrico e maior risco de desenvolvimento de gota também são efeitos colateiras possíveis das dietas cetogênicas. Elevação do nível de colesterol e redução da massa óssea são outros problemas potenciais desta dieta.

Então, o que enfim eu tive?

Eu tive uma crise de gota, devido aos altos índices de ácido úrico no meu organismo.

dieta dukan acido urico

pé 2pé 3

Sim, o pézinho lindo (só que não) aí de cima é meu. Ele inchou tanto, tanto, tanto, que ficou parecendo um panetone apertadinho na sapatilha (que originalmente é grande para meu pé). Descamou, mudou de cor, ficou dolorido. Esse episódio me assustou muito. Fui ao médico e prontamente suspendi essa dieta maluca.

Então não devo fazer a Dieta Dukan?

Espero que meu exemplo sirva para mostrar que essa dieta traz sim muitos riscos para a saúde. Agora, tenho que lidar com essas crises sempre. Tenho sempre que maneirar no consumo de carnes e embutidos e ficar atenta ao nível de ácido úrico no meu organismo.

Isso prova que às vezes é mais saudável nos mantermos acima do peso, do que emagrecer a qualquer custo. E que uma pessoa magra, não é necessariamente uma pessoa saudável.

Eu me sentia indisposta com 100 Kg, Depois, emagreci, mas fiquei doente.

O melhor caminho é sempre a alimentação equilibrada. Faça o que eu digo, não faça o que eu faço. Consulte sempre um médico.

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES