2 de dezembro de 2009 02:14 comportamento

Basta ser você

Por Keka Demétrio

Não é novidade os diversos tipos de preconceito que nós mulherões sofremos por parte de algumas pessoas. Quando falamos em relacionamentos parece que a coisa fica pior. Afinal, em uma sociedade onde existem pessoas que vêem certos crimes com naturalidade, mas que condenam pessoa acima do peso como se tivessem cometido um crime hediondo, não pode mesmo compreender que um mulherão tenha um gato espetacular ao seu lado. Para eles estar acima do peso é sinônimo de solidão.

Somos mulheres como todas as outras, cheias de encantos, desejos, graciosidade e sonhos. Somos dignas de sermos muito amadas e não é o tamanho do nosso corpo que irá nos impedir de sermos muito felizes ao lado de um gato maravilhoso. Esse papo de que se não emagrecermos vamos ficar “para titia” é conversa de quem é mal amado, frustrado e que se prende a preconceitos que acabam por impedir que eles mesmos sejam felizes, porque ao invés de ir buscar sua própria felicidade ficam perdendo tempo querendo nos colocar para baixo.

Sei que não é fácil desvencilhar de comentários maldosos, mas gatas, pensem comigo, se nós mesmos não acreditarmos que temos todo o direito do mundo de nos jogarmos na vida e aproveitarmos tudo de bom que ela tem para nos oferecer, ninguém vai fazer isso por nós.

Por isso, se permita ser amada, desejada, admirada, pode ser que você esteja se escondendo do mundo e sinto lhe informar que nenhum príncipe encantado vai tocar a campainha da sua casa e perguntar se você mora lá. Se mostre para a vida, para o amor, para a alegria. Deixe o vento bagunçar o seu cabelo e o sol queimar sua pele. Vá dançar, se jogue na pista e nos braços de algum gato. Beije como se nunca o tivesse feito, deixe o arrepio tomar conta do corpo e as pernas ficarem bambas. Dê boas gargalhadas de sua timidez e aproveite os olhos brilhando para reafirmar a si mesma o quanto é e o quanto pode ser feliz, que só depende de você.

Faça sua vida valer à pena, e para isso basta ser você, simplesmente você.

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES