14 de outubro de 2015 14:31 Saúde

Pílula do dia seguinte pode ser ineficaz em obesas

Por Renata Poskus Vaz

Sempre olhava torto quando ouvia algumas amigas gordas dizendo que engravidaram mesmo fazendo uso da pílula do dia seguinte, no prazo recomendado. Meu lado machistinha me dizia que era quase impossível tanta gorda no mundo ter o super-mega-blaster azar de se enquadrar nas taxas de ineficácia do contraceptivo de emergência, engravidando “sem querer”.

A verdade é que a pílula do dia seguinte já não é 100% eficaz nem para magras. As taxas de gravidez entre as mulheres que tomaram a pílula de 24h a 72h podem variar de 5% a 40%. Tudo depende de diversos fatores. Quanto mais próxima da relação sexual ela for tomada, mais eficaz será. Se a mulher manteve relação no dia fértil, corre mais riscos de engravidar mesmo tomando a pílula. Se ela já usou a pílula diversas vezes, ela perde a eficácia.

Fui, então, em busca de respostas sobre a eficácia ou não em mulheres obesas.

E com as gordas, como funciona?

Não funciona! De acordo com um estudo da Universidade de Endiburgo, na Escócia, de 2011, envolvendo o contraceptivo de emergência NORVELO, o risco de gravidez para mulher obesas que tomavam essa pílula era três vezes maior em comparação com mulheres magras.

Os pesquisadores também descobriram que o risco de gravidez era particularmente elevado se a contracepção de emergência contivesse levonorgestrel, hormônio encontrado em muitas das principais pílulas vendidas no mundo, incluindo as mais vendidas no Brasil (Postinor-2, Pilem, Pozato, Diad, Minipil2-Post e Poslov).

A HRA Pharma, empresa que fabrica a versão europeia do medicamento conhecido como Norlevo, resolveu atualizar a sua embalagem para indicar que a medicação de prevenção a gravidez nem sempre é eficaz para mulheres com mais de 75 quilos e não funciona em mulheres que pesam mais de 80 quilos.

Ou seja, não funciona para mim, para você e nem para metade da população feminina brasileira. E as nossas amigas que alegam terem sido traídas pela pílula do dia seguinte e que são julgadas injustamente por aí podem estar certíssimas!

E ainda tem gente que tem coragem de dizer que nós, gordas, somos inférteis!

Então, como prevenir babys?

O próprio estudo escocês recomenda o uso de DIU por obesas. Sim, porque outros estudos também atestam que a pílula anticoncepcional diária pode trazer riscos para mulheres obesas, como a trombose, que pode ser fatal.

E, gente, camisinha, né? Por favor!

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES