30 de outubro de 2015 17:20

12049043_10206387585561709_1137555303_n (1)

Por Simone Fiúza

Eu renasci!

Essas últimas semanas foram tensas e doloridas. Após ter alta da maternidade, 3 dias após o nascimento do Bernardo fui pra casa (pressão estabilizada 11×7).

No dia seguinte fui surpreendida com uma super dor de cabeça, ânsia de vômitos, dor no abdômen e a pressão 19×11, como tive alguns picos de pressão na gestação, achei normal e resolvi dormir para passar, após um cochilo acordei e nada tinha melhorado. Mandei um whats para meu obstetra que me orientou a ir até a maternidade para me examinarem, mas sou muito teimosa e achei melhor tomar um banho…rsrs mas as coisas só pioravam e senti que era melhor ir. Chegando lá eu estava com eclampsia, os médicos me internaram, o pronto-socorro inteiro se mobilizando e eu sem entender nada, até dar um google e ter noção da gravidade do problema.

“A eclâmpsia é uma complicação grave na gravidez em que há episódios repetidos de convulsões, seguidos de coma, e que pode ser fatal se não for tratada imediatamente. É mais comum nos últimos 3 meses de gravidez e durante o parto, mas também pode surgir eclâmpsia pós-parto.”

Fui direto para a UTI para me medicarem e controlarem a pressão. Eu sentia tudo e não sentia nada, por um momento sentia tanta dor que orei pra Deus, pedi perdão e disse q se meus filhos ficassem bem poderia me levar, foi muito intenso, por muitas vezes não tive forças para orar.

Nesses momentos só lembrava de um sonho que tive 15 dias antes de ter o Bernardo. Sonhei que assistia o meu parto do lado de fora do corpo e questionava o obstetra porque não estava no meu corpo e que ele não poderia fazer isso. Acordei muito assustada, mas orei e fiquei em paz. Mas na UTI só me vinha esse sonho na mente e definitivamente achei que o sonho era um aviso e que o fim estava perto, mas não me deixava abater.
Fiquei na uti por alguns dias, com sonda, tomando banho na cama, sem poder levantar, foi bem punk.
Fiz algumas transfusões de sangue e a cada gota sentia uma força, um amor brotar, digo que foram gotas de amor que recebi.

12202452_1159541270742169_680813304_n
Mas por pior que seja eu nunca consigo ver o lado ruim das coisas, só quando saio do perigo eu paro pra pensar, desmorono e agradeço a Deus! Enquanto estava lá, sempre tentava pensar que não era tão grave, tipo estava em um hotel com algumas dores e que logo ia com passar! Rsrs
A única coisa que me desestabilizava era lembrar dos meus filhos e do meu marido. Davi me mandava mensagens com saudades, Bernardo com apenas 4 dias de vida, pensar neles acabava comigo!

12200588_1159541534075476_756629129_n
Depois de alguns dias na UTI sozinha e mais alguns dias de semi-intensiva pelo menos ali consegui ter a companhia da minha prima Renata que não deixou a peteca cair e me fazia rir a cada minuto.
Recebi muitas orações de pessoas próximas, igrejas e mais igrejas se uniram para orar pela minha vida. Por isso digo, não desista de ninguém. ORE!!
E hoje estou curada eu creio em nome de Jesus! Foi tenso, foi difícil, mas superei!!

804532_1159541240742172_756647227_n
Quando cheguei em casa, todos desabaram e finalmente tirei um dia pra chorar, orar, agradecer à Deus pela minha vida, ficar quietinha no meu canto pensando como a vida é um sopro. Hoje estamos aqui, amanhã podemos não estar! Prefiro acreditar que a dor passa, os problemas acabam, mas a felicidade só fica se tiver sido guardada em uma bagagem separada e se você tiver fé.

E o porque estou compartilhando isso com vocês?
Primeiro todas as gestantes durante a gestação, parto e pós-parto qualquer alteração de pressão, dor de cabeça forte, vômito, dores fortes no abdômen procure o médico, não faça como eu ir dormir, porque o pior pode acontecer! Pesquisei muito e a eclampsia ainda não tem uma causa específica, os médicos ainda não encontraram, deve ser tipo sorteio da mega sena e eu fui premiada.

Mas estou aqui viva, vida nova, vontade de viver, vencer pelos meus filhos, agradecer e agradecer à Deus pelo livramento, pela vida, agradecer por ter acordado hoje e com saúde! Obrigada Senhor, minha vida é sua!

Somos felizes na medida em que nós tornamos gratos pela vida!

PEDIDO DE AJUDA:

Como fiz algumas transfusões de sangue, preciso de pelo menos 10 voluntários para repor o banco de sangue. Infelizmente as bolsas estão acabando e quero contar com a ajuda de vocês. Sempre faço doações de sangue, mas dessa vez precisei ser ajudada.
Para doar é só ir até os endereços abaixo, dizer que é para Simone Fiúza de Sales, hospital Promatre.

Locais para doação:

Hospital Edmundo Vasconcelos
Rua Borges lagoa, 1450

Unidade brigadeiro
Av brigadeiro Luis Antônio, 2533

Segunda à sexta das 08 às 17
Sábado 8 às 15 horas

Muito, muito obrigada! Que Deus abençoe a vida de cada um!

Bjokas  e se amem como se fosse o último dia de suas vidas!!