17 de dezembro de 2009 20:44 comportamento

Será que estou me boicotando?

 

Por Keka Demétrio

Por mais bem resolvidos que parecemos ser, sempre tem aquele dia em que nos sentimos meio inseguros. Esse tipo de sentimento é normal e faz parte da nossa essência como ser humano.

Porém, essa insegurança pode atrapalhar o encontro que você sempre sonhou com aquele gato por medo de que ele não aceite suas gordurinhas extras, ou então você desistir de ir àquela entrevista de trabalho que sempre esperou que acontecesse. Tem até aquelas que desistem de começar a fazer exercício em uma academia por medo de estar se expondo em um ambiente onde as pessoas, em sua maioria, estão com o corpo em forma e malhados. Costumo dar a isso o nome de boicote. E o pior, praticado por você mesma.

Quantas vezes você deixou de realizar coisas por medo do que poderia sentir se não desse certo, ou por medo do que as pessoas iriam pensar sobre sua atitude? Acontece, que todos são passiveis de acertos e também de erros, e isso faz parte da vida de qualquer um de nós.

Se você se encontrar com o gato e ele se sentir incomodado com suas gordurinhas, talvez ele ainda não tenha a capacidade de perceber que você é muito mais que um corpo e se o seu currículo atende as exigências do tão sonhado emprego e mesmo assim você não ser admitida por questões de estética, talvez aquela empresa não mereça ter a sua competência a serviço dela. O que não pode acontecer é você ser tão auto-crítica e deixar essa insegurança atrapalhar a realização dos seus sonhos.

Procure se conhecer mais, busque dentro de você a verdadeira resposta para suas inseguranças, trabalhe isso a seu favor e tenha sempre o pensamento de que você é o principal responsável pelo seu sucesso.

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES