8 de maio de 2016 14:14 comportamento

Como enfrentar o luto no Dia das Mães

Por Renata Poskus Vaz

Hoje vim trazer minha palavra de consolo e esperança para aqueles que recentemente perderam suas mães. Vim dividir o meu amor com aqueles que, neste domingo, não terão aquele colo fofo para deitar. Venho também deixar o meu amor para as mães que perderam seus filhos. Ah, que vazio!

Um dia, acredite, essa dor vai passar. A gente supera a dor e só fica a saudade. Eu tinha apenas 20 anos quando minha mãe foi embora. Herdei rotinas da casa e uma irmãzinha de só 10 anos para criar. Eu ainda tinha muito o que aprender. Precisava ainda de muito ombro para chorar, de muitos cafunés e algumas broncas pontuais.

Surge a revolta e uma tristeza tão profunda que chega a doer. Te debilita. Te retira todas as forças. Porém, uma hora você se dá conta que está chorando por alguém que só queria te ver sorrir. Superar a tristeza no luto foi a melhor homenagem que poderia fazer à memória de minha mãe. Eu imaginava: “poxa, minha mãe daria sua vida para me ver feliz, não é justo ficar eternamente alimentando essa tristeza”.

Então, um dia você se levanta e diz: “por você, serei feliz!”.

Por anos eu sentia o cheiro dela. Lembrava da textura da sua pele. Ouvia sua voz. Conversava em pensamentos. Fui revivendo programas que fazíamos juntas. Visitando lugares que adorávamos, cozinhando seus pratos prediletos, relembrando passeios, conversas, falando dela para pessoas que não tiveram a oportunidade de conhecê-la. Às vezes eu chorava. Choro ainda. Estou chorando agora. Mas não de tristeza, mas de agradecimento por ter sido privilegiada em ter a melhor mãe do mundo, mesmo que por apenas 20 anos.

Às vezes escrevo para ela. Oro. Minha religião me faz crer que um dia nos reencontraremos. Nunca peço nada. Apenas digo: “mãe, obrigada. Te amo!”.

Relembrar de quem amamos com agradecimento, saudade e amor, é a melhor forma de enfrentar o luto. Que todos os que sofrem tenham essa oportunidade. ♥ Feliz Dia das Mães, porque elas ainda vivem em nós ♥

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES