22 de outubro de 2016 15:47

Hoje eu estava lembrando quando conheci um estilista famoso no Tinder. Yes, era ele! Logo achei que eu ia dar o golpe da máquina de costura, do baú, da barriga, da ppk… hehehehe… Mas o cara era casado. fuén, fuén, fuén, fuén… Nem nos encontramos pessoalmente, mas antes disso batemos muito papo por telefone e zap zap.

Contei sobre o meu trabalho e logo fiquei dando umas indiretinhas básicas para o cara famosão, Rei do street wear do Brasil, investir em uma linha ampla, que atendesse mulheres e homens gordos. Fiquei chocada quando ouvi: “não quero, gordo é cafona, se veste mal, a roupa não fica legal no corpo, acaba queimando meu produto”.

Aquilo me deixou muito chateada. Muito mesmo. Fui até com a equipe do CQC, da Band, com o ator Rogério Morgado, visitar a loja da marca na Oscar Freire e ver como os vendedores tratam pessoas lá. Infelizmente  a matéria não foi ao ar.

Mas enfim, este lenga-lenga todo é para dizer que finalmente teremos um casal gordo na passarela do São Paulo Fashion Week. Os modelos Bia Gremion e Akeen Kimbo vão estrelar no desfile da marca Laboratório Fantasma, do Emicida, no dia 24 de outubro. Isso mesmo, nesta segundona. Imaginem só a emoção que eles estão sentindo!

akeen_dos-santos-modelo-plus-size-negro-spfw-blog-mulherao

Akeen Kimbo

bia-gremion-blog-mulherao-modelo-plus-size

Bia Gremion

Os dois integram um projeto chamado Afrika Plus Size Fashion Week, que é coordenado por Luciane Barros, que insere modelos de diversas etnias e biótipos em desfiles e outras ações. “A nossa visão sempre foi conquistar mais espaços e trazer mais visibilidade para essa minoria invisibilizada, mas sem distinção de magro e gordo, o que nós queríamos era todos os corpos em uma só passarela, com a mesma valorização da beleza, sem separar a beleza por tamanho e conseguimos essa vitória”, declara Luciane.

Emicida foi visionário ao incluir no próximo desfile trans, gordos, negros, coloridos e muitos outros perfis, em uma mistura bonita de se ver. Afinal, é muito fácil falar que faz roupa descolada, moderna, com pegada urbana (como uns e outros estilistas por aí), excluindo quem de fato faz parte da massa, seus verdadeiros consumidores em potencial.

E essa inclusão maravilhosa não vem de hoje. Há alguns meses, o jovem e promissor estilista Isaac Silva incluiu duas modelos gordas em seu casting, no desfile da Casa de Criadores. Gabriela Caroli e La Robertita. Sem nenhum alarde, compondo um casting heterogêneo, desfilaram naquele que é o melhor e maior evento de revelações de novos estilistas da moda brasileira. Foi muito bonito de se ver!

robertita-2

Robertita para Isaac Silva

Isaac Silva

Gabriela Caroli para Isaac Silva

E que mais estilistas engordem suas passarelas! d

  • Jacqueline

    Que ótimo fazer roupas para todos os tamanhos.
    O que não entendo é que o preconceito é maior do que a vontade de ter mais clientes,ainda mais num país que sofre uma crise econômica e que soube de várias lojas fechando.O que está sempre cheio são os supermercados(até o mercadinho de bairro é cheio) e as farmácias.Enquanto isso,as lojas de roupas e acessórios,ficam vazias,dá até um pouco de melancolia quando entro,pois olho e não compro e às vezes,quando compro,é algo bem baratinho,como aqueles prendedores de cabelo(xuxinhas).