12 de julho de 2018 10:56

Eu já sou uma mulher madura. Vocês me conhecem há quase 10 anos e por muitas vezes falei, aqui, sobre minha mãe. Sempre falei que a perdi e a falta que ela me faz, mas nunca contei em detalhes sobre como minha mãe morreu, mais precisamente sobre o dia em que ela morreu.

Hoje faz 16 anos que minha mãe morreu. Eu quis fazer um vídeo para explicar como foi, porque acreditava que a causa e o quadro clínico que antecederam a sua morte poderiam ajudar a evitar mortes de outras pessoas, próximas às minhas leitoras.

A verdade é que me descontrolei no vídeo, chorei horrores e nem sei se consegui passar a mensagem que eu gostaria. Pensei em não postar esse vídeo. Sabe, eu sou craque em expor meu corpo e em falar besteiras, mas me expor chorando, tão vulnerável e após tanto tempo, me parecia apelativo. Pensei: “será que não estou mais atrapalhando do que ajudando?”. Vão entender que choro de saudade e não de revolta?

Meu amigo me convenceu: mostre esse vídeo, você é humana!

Mãe, eu te amo!