13 de setembro de 2018 17:01

Teoricamente não precisaríamos de um manual com 7 dicas para transar gostoso sendo gorda. Num mundo perfeito, todas nós teríamos que ter a autoestima perfeita, nos achando sempre gostosas e lindas, vestidas ou peladas, com 50 ou 150 Kg, e nos entregando de corpo e alma para os nossos parceiros, transformando bimbadas fantásticas em uma deliciosa rotina.

Porém, nem todo mundo consegue acordar e se sentir atraente estando gorda. E ignorar isso e fingir que toda gorda é um poço de autoestima é muito cruel. É super normal não se aceitar, mas não é saudável se odiar por tanto tempo e se privar de coisas legais, como transar, por vergonha de si mesma.  Se a gente não tá curtindo transar por se sentir feia e pouco atraente por estar gorda, é hora de rever alguns conceitos e se preparar para voltar a se entregar e a sentir prazer.

CONHEÇA E AME (LITERALMENTE) O SEU CORPO

Sou super defensora de rituais de beleza, seus para consigo mesma. Cuide dos seus dentes, do seu cabelo, unhas e pele. Ande sempre cheirosa, com roupas que te façam se sentir poderosa. Estabeleça um ritual diário, não precisa gastar muito dinheiro com isso, mas inclua na rotina pequenos cuidados que te façam sempre se sentir a melhor versão de si mesma. Você não tem que se cuidar só quando tem um encontro. Não tem que se sentir “arrumada” para o outro, mas para você.

E já que estamos falando de amor próprio,sei que siririca é um grande tabu, mas fica a dica pras amigas também. Não dá para depender de homem para sentir prazer, fazer com que ele descubra como te dar orgasmo se você mesma não conhece os pontos que te dão prazer.

LIGUE O FODA-SE

Ligar o foda-se não é fingir que se acha linda, mas saber que mesmo não sendo a capa de revista que você sonhava ser na adolescência, que merece ser feliz e realizada em todos os aspectos da sua vida, inclusive na cama. Não existe padrão de beleza para gozar gostoso, mulher! Tire isso da sua cabeça!

Eu me lembro bem de quando era magra e só conseguia transar com luzes apagadas porque achava aquela minha única celulite super broxante. Com o lençol tentava cobrir a barriga que eu não tinha. E nessa onda de me preocupar, eu me esquecia de me entregar e me permitir sentir aquele momento. Minhas melhores transas tive estando gorda. O segredo? Ligar o foda-se!

Eu sabia que não havia mais lençol ou luz apagada capaz de esconder minhas celulites, estrias e barriga, então literalmente liguei o foda-se. Transar de luz acesa, totalmente exposta é libertador. tente.

NADA DE TRANSAR VESTIDA

Pode parecer loucura, mas recebo e-mails de leitoras dizendo que transam parcialmente vestidas, com vergonha de ficarem nuas. Puxar a calcinha de lado e transar de vestidinho pode ser muito excitante numa rapidinha no carro ou na área de serviço. Mas não torne isso um hábito. Não tenha vergonha do seu corpo. Ele é gordo, ué? Volte ao nosso mantra do foda-se, arranque essa roupa e seja feliz!

SÓ FAÇA O QUE TIVER VONTADE E NÃO TENHA VERGONHA DE DIZER NÃO

Tem muita gorda atleta por aí, mas muitas mulheres na obesidade podem se sentir desconfortáveis em algumas posições. Não tenha vergonha de sugerir mudar de posição e dividir o esforço com o seu parceiro. Você é uma mulher e não uma britadeira, não precisa transar sempre na velocidade 5 do créu. Seja clara, fale o que quer e o que não quer, capriche nas preliminares, dê uma parada para descansar, relaxar, se o cara ou mina se importar com você vai fazer o que te deixa confortável e não somente o que ele ou ela querem. E se ele ou ela ficarem chateados, reclamarem, novamente entoe nosso mantra e ligue o FODA-SE!

APOSTE EM SUAS QUALIDADES

Toda mulher, seja gorda ou magra, baixa ou alta, tem atributos físicos especiais. No caso de nós, gordinhas, como não endeusar nossas pepecas gordas? Pepeca gorda é uma delícia e olha que não sou lésbica… Opa, pera! Não tenha vergonha da sua amiguinha, hein?! E use e abuse de posições em que seu popozão mostre o ar da graça. Isso mesmo, popô é a grande paixão nacional e gorda, mesmo quando parece desbundada, tem um super pandeirão. Se tem peitão, coloca eles para o jogo, amiga. E sem essa de “tenho peito caído, que vergonha!”. Vergonha você tem que ter de esconder essas belezinhas de fábrica. A gente tem mania em focar no que não gosta na gente, quando deveria fazer o contrário, apostar e reforçar as nossas qualidades.

LIBERTE-SE

Muito do nosso pudor na hora de transar não vem só da relação que temos com nosso próprio corpo gordo, mas pelo machismo do qual somos vítimas ao longo da vida. A gente acaba ficando com medo de falar alguma sacanagem na hora “h” ou mostrar certa experiência e segurança e o cara ou mina pensar que somos depravadas ou rodadas. Tá, eu sou rodada, e aí? Ainda bem, pois hoje, quase aos 40 anos, sei bem o que quero e o que não quero na cama e na vida. Muita mulher faz a linha virgem e santa na cama, achando que isso vai agradar o parceiro, mas só um homem ou mulher muito bosta para se sentir mais seguro com uma parceira insegura. Quer falar bobagem? Fale. Quer sugerir uma fantasia, sugira. Quer arriscar uma posição à la Kama Sutra? Arrisque! Liberte-se. Solte a gorda safada que existe dentro de você.

NÃO ACEITE TRANSAR SEM CAMISINHA

Tem muito cara por aí preconceituoso. Acha que por sermos gordas, que nunca transamos e, que eles serão nossos únicos parceiros e é comum que não queiram usar camisinha. Temos bochechas redondas, rosadas que nos dão cara de saudáveis, mas podemos sim esconder doenças, transmiti-las e nos infectar. Inclusive, tem um famoso papa-gordas que aborda modelos plus size na internet e que sempre se recusa a usar camisinha. Muitos caras ficam, inclusive, nervosos, com a negativa da gorda em se transar sem camisinha. Eles vão chantageá-la, colocar a confiança que tem como casal em jogo etc. Fiquem espertas! No mercado plus size já conheci diversas garotas gordas, lindas, com famílias super estruturadas, sem vício e com HIV. Se elas pegaram, você também pode pegar essa e outras doenças

♥ Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: https://www.facebook.com/groups/1572361082777047/