31 de julho de 2009 13:01 comportamento

A importância de se valorizar

Lu

Por Luciane Russo

Cada dia mais me convenço da crueldade da sociedade em relação as pessoas tidas como fora dos “padrões”. Ao folhear as revistas, nunca nos deparamos com imagens de pessoas comuns, aquelas como nós, que andam pelas ruas e que cruzamos todos os dias.

Concordo que para vender sonhos e desejos é necessário despertá-los, mas porque não com pessoas normais? Claro, bem arrumadas e produzidas, creio que nenhum de nós faria feio ou deixaria a desejar aos modelos. Com a diferença, de que, pessoas normais, você conhece e se identifica. Ao contrário dos modelos, que são padrões quase inalcançáveis pela grande maioria, não por falta de vontade, mas sim porque cada um tem seu biotipo que nunca será idêntico ao do outro. E aí está a beleza da coisa.

Já imaginou se todos fossemos altos, corpos malhados e louros de olhos azuis? Que graça teria? Seríamos um bando de robôs, sem diferença nenhuma. Sendo assim, se você  ficasse com fulano ou beltrano, daria na mesma, por isso Deus na sua imensa bondade, fez-nos diferentes, únicos, nem mesmo gêmeos idênticos são iguais, só na aparência, porque o que conta de verdade é o interior. Seremos mais ou menos bonitos, dependendo daquilo que temos em nosso interior.

Sendo assim, o que eu aconselho é que nos amemos, mas de verdade. Não da boca pra fora, com o intuito de encobrir um grave problema de auto-estima.

Cuidemos de nosso jardim para que as borboletas venham. Só seremos felizes com alguém, quando aprendermos a ser felizes com nós mesmos, quando tivermos prazer em nossa prórpia companhia, quando nos olharmos no espelho e enxergarmos uma criatura divina, com defeitos sim, mas cheia de virtudes e beleza também.

Aprendamos a nos valorizar como pessoa, profissional, namorada, noiva, esposa, mãe, avó,enfim, como um ser humano que merece todo amor e respeito, de quem quer que seja, mas só teremos isso se primeiro o fizermos com nós mesmas.

Estar fora do padrão não é crime nenhum, e por isso temos de abrir os olhos das pessoas para que elas enxerguem a realidade e se valorizem como são, não como os outros querem que ela seja, só assim teremos um mundo mais belo e justo.

Então, comecemos abrindo os nossos olhos.

Pense nisso. 

 

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES