25 de junho de 2020 16:49 Artistas

Mais 7 modelos negras plus size para você conhecer

Faz quase 3 anos que criamos, aqui no Blog Mulherão, uma lista com 15 modelos plus size negras que você precisa conhecer. Mas de lá para cá, muitas outras mulheres negras, brasileiras, lindas, gordas, poderosas se destacaram no mercado. Já estava na hora de criar uma nova lista, né?

Confira mais 7 modelos negras plus size maravilhosas, abaixo. Ah, elas não estão em ordem de preferência ou importância, tá? É ordem aleatória hahaha

  1. Vivi Olly
Vivi Olly – 1,67m/ 106 Kg/ Manequim 50 – Belo Horizonte – MG/
https://www.instagram.com/viviollyoficial/

Vivi é uma guerreira por triunfar em um dos mercados mais preconceituosos da moda plus size brasileira: o mineiro, em que modelos manequim 40, 42, brancas de cabelo liso são quase sempre as escolhidas para estrelar as campanhas das grandes marcas de moda plus size locais.

Começou a modelar aos 6 anos, mas na adolescência, por estar gordinha, deixou de ser chamada para trabalhos. Em 2015 fez um curso de modelos, conquistou o título de Miss Plus Size MG e voltou a trabalhar na moda.

Além disso, Vivi é blogueira e influenciadora plus size. Tem um canal no Youtube com mais de 11k seguidoras, em que dá dicas de moda, make e beleza, sobretudo para garotas negras.

2. Roberta Sales

Roberta Sales40 anos/ 1,67m/ 89 Kg/ Manequim 50/52 / São Paulo – SP
https://www.instagram.com/roberta_fofy/

Ela já é vovó e prova que o mercado plus size, ao contrário da moda tradicional, é bem receptivo com mulheres na faixa dos 40 anos.

Roberta atuava como maquiadora de campanhas publicitárias quando foi convidada para fazer seu primeiro trabalho. Ela, que já tinha experiência como cantora, não se intimidou e encarou o desafio frente às câmeras. Hoje é uma multi-artista.

Atualmente, Roberta é bem conhecida entre as grifes da região do Brás e Bom Retiro, presença constante em show rooms da região, que atraem lojistas revendedores de todo o País.

3. Joyce Carolina

Joyce Carolina – 28 anos/ 125 Kg/ Manequim 52/54, São Paulo- SP
https://www.instagram.com/joycaroll/

E já que estamos falando de multi-artistas, não há como citar Joyce Carolina, da Zona Norte paulistana. Ela começou sua carreira no samba, como passista da Mocidade Alegre. A primeira gorda, diga-se de passagem. Em um dos ensaios foi convidada para estrelar um video clipe, que viralizou. Depois, os convites para trabalhos em multiplataformas não pararam.

Hoje, ela continua brilhando em sua escola de samba do coração, mas atua também como dançarina, modelo e atriz. O mais interessante na carreira de Joyce, é que ela não começou no nicho plus size. Ela iniciou justamente no mercado da publicidade tradicional, tão excludente. Fez campanhas para grandes marcas como Samsung, Pfizer, Smirnoff, Itaú, entre outras. E sua carreira só está começando.

4. Fernanda Afonso

Fernanda Alonso – 33 anos/ 102Kg – Manequim 46/48 – Diadema/São Paulo
https://www.instagram.com/nandaafo/

Há pouco mais de um ano, Fernanda trabalhava em um e-comerce online de moda plus size quando recebeu o convite da proprietária para modelar para a marca.

Ela encarou a vergonha e aceitou a proposta, mesmo nunca tendo imaginado que um dia poderia se tornar modelo, por ser gorda. Fez alguns ensaios para marcas plus size e, logo, surgiu o convite para desfilar na Casa de Criadores para a Marca Rainha Nagô.

5. Genize Ribeiro

Genize – 29 anos/ 1,60m/ Manequim 56 – São Paulo/ SP
https://www.instagram.com/genizeribeiro/

Genize, a mulher com cara e jeitinho de menina, criou em 2013 um blog em que dividia suas vivências como mulher preta e gorda. Por meio dele, passou a participar de eventos plus size e conheceu muita gente no setor. Com o tempo, o blog saiu do ar, mas o ativismo gordo e antiracista de Genize permaneceu firme e forte e, hoje, ela reúne mais de 14k de seguidores no Instagram.

Em 2016, quando pretas e gordas acima do manequim 50 ainda eram presenças raras em campanhas plus size, Genize fez seu primeiro trabalho, como garota-propaganda da feira Pop Plus . Ela desfilou no Fashion Weekend Plus Size, e estrelou lookbooks e campanhas de marcas plus size, sobretudo autorais, que investiam em modelagens maiores.

Mas não parou por aí. Genize enfrentou a bolha e atuou em comerciais de grandes marcas do mercado tradicional como Skol, Converse e Ifood.

6. Manuh Rubi

Manuh – 27 anos/ 1,80m/ Manequim 52/54 – São Gonçalo / RJ
https://www.instagram.com/manuhrubi/

Manuh é uma eterna apaixonada por moda. Formou-se na área enquanto trabalhava com a contabilidade dos negócios da família, uma quitanda.

Começou a trabalhar como modelo em 2015. Logo recebeu um convite para desfilar no Fashion Weekend Plus Size, em São Paulo e, depois, não pararam de chegar inúmeros outros convites para fotografar para marcas nacionais e internacionais.

Manu foi uma das musas do badalado fotógrafo internacional Mario Testino. Posou nua e arrasou.

7. Letícia Vigare

Leticia – 20 anos/ 1,70m/ 90Kg/ Manequim 44/46 – Goiania/ Goiás
https://www.instagram.com/leticia_vigareplussize/

Ela nunca teve o sonho de se tornar modelo porque, em sua mente, não tinha beleza suficiente. Como muitas adolescentes, se achava feia e acreditava que mulheres mais curvilíneas não tinham espaço no mundo da moda.

Há cerca de um ano e meio, um amigo a convenceu de que ingressar na carreira de modelo plus size poderia dar certo. Ele, então, a empresariou e ajudou Letícia a conquistar os primeiros trabalhos.

Goiania é um centro atacadista plus size, ainda engatinhando no quesito marketing. Mas logo Letícia se tornou super requisitada na região e não parou mais de trabalhar. Hoje ela brilha também em outros estados e é uma das grandes e promissoras apostas do setor.

Gostou da nossa lista? Sugira outras modelos negras plus size nos comentários e também confira a nossa primeira matéria:

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES