12 de março de 2010 18:37 Espaço da Leitora

Espaço da leitora: Vanessa Moreira

“Minha filha de 8 anos já tem preocupação com a balança”

Sou Vanessa Moreira, tenho 30 anos moro em São Paulo e sou doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas (resumindo: sou “do lar”) e ADOOOOORO o blog mulherão.

Sempre fui gordinha, tive uma adolescência meio conturbada por conta disso, mas aos 17 anos conheci meu marido, eu era mais gordinha do que sou hoje, achei que ele nunca iria se interessa por mim. Estava errada. Estamos juntos há 12 anos e 10 meses, namoramos durante 2 anos e 5 meses e nos casamos no dia 2 de outubro de 1999. E eu, é claro, sempre na a briga com a balança (rsrs). Tive 2 filhas lindas, fruto do nosso amor. A Julia tem 8 anos e a Luiza 4 anos.

Tenho 66 quilos distribuídos em 1,63 de altura, mas estou muito feliz e realizada. Adoro maquiagem, muita bijus, esmaltes, decotes e tudo que tenho direito para me deixar mais bonita. Acho que este é o segredo. Se você se vê bonita, todos te acharão bonita. Nunca saio de casa sem antes passar um lápis no olho, um na sobrancelha (pra realçar porque a minha sobrancelha é muito clarinha) e um rímel. Vou levar minha filha pra escola desse jeito, linda e feliz .

Tenho um marido que me ama e se importa comigo. Ele sempre diz que a única coisa que ele quer é me ver feliz e me fazer feliz. Somos extremamente apaixonados um pelo outro, mesmo com 12 anos juntos  ainda dizemos todos os dias um para o outro:  EU TE AMO!!! (todo mundo fala que depois de 3 anos de casado é difícil dizer eu te amo, mas eu estou aqui para dizer que é possível, sim).

A única coisa que me preocupa muito é  o futuro de minhas filhas. Eu com 8 anos de idade nem lembrava da existência da balança, mas a minha filha toda vez que passa em frente à farmácia quer entrar para se pesar. Confesso que isso está me incomodando muito, pois uma criança não deveria se preocupar com peso, mas infelizmente a nossa linda e adorada TV nos traz tudo isso, o famoso “padrão de beleza”.

Tentei por várias vezes dizer a ela que isso não importa, que temos que ter saúde em primeiro lugar e depois nos preocupar com essas coisas. Ela é uma criança que já vive preocupada com o seu peso. Acho o cúmulo e falo todos os dias que ela é linda e que não tem que  se preocupar com isso. Como é de hábito, todos os dias ligo o meu computador e a primeira coisa que faço é entrar no blog para ver as novidades. E aí, um belo dia, coloquei ela do meu lado e fui mostrei o blog. Imaginem o que aconteceu? ELA ADOROU, achou lindas as moças de biquíni, e aí ela viu que pessoas gordinhas são pessoas normais.

Depois desse dia, minha filha nunca mais ficou falando que estava gorda e muito menos que estava feia, a única coisa que ela ainda faz é subir na balança toda vez que vê uma.

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES