4 de agosto de 2009 13:04

Keka Demétrio

Por Keka Demétrio

Mulherões estão acima do peso ou acima dos preconceitos ditados pela “ditadura do osso”?
Prefiro entender que, mulheres como nós, voluptuosas, gostosas e poderosas estamos acima é de qualquer coisa! Quanto de fofura temos espalhada pelo corpo é relativamente proporcional à nossa alegria?
Por isso tantas bocas regadas a imensos sorrisos? Ahh, não me trocaria, nunca! Seria impossível eu ser eu mesma em uma veste grudada em meu esqueleto, preciso de algo que separe pele e osso para que minha essência aflore e me faça brilhar.
Estou completamente dentro da minha normalidade, e ela é excruciante. Dentro da minha paixão pela vida, no meu entusiasmo pelos outros, na taquicardia que me permito ter quando cruzo com aquele homem que me devora até a alma!! Ahhh, aquele olhar que fica povoando meus devaneios enquanto dou mais uma mordida em um chocolate absurdamente inebriante… o olhar, o chocolate, ambos me alucinam, cada um a sua maneira, e não posso, em definitivo, me privar de nenhum dos dois!!
E é nesse estado de entrega, que nós mulherões somos imbatíveis. Nessa hora, não nos preocupamos se nosso manequim vai agradar, ou não, aquele gato com cara de cachorrinho pidão que está alí, parado na nossa frente. Na verdade, nestas horas, não temos preocupações, apenas desejos, de dar e receber, e isso é o que nos faz diferente de todas aquelas que não sabem amar com a alma, somente com o corpo.
Se sou pretensiosa? Sim, sou. Mas é minha pretensão que me faz ser esse MULHERÃO!!!