13 de agosto de 2009 21:33 Uncategorized

Quem não arrisca, não petisca!

Por Luciane Russo

Tenho uma amiga que está  em um dilema de enlouquecer qualquer um. Ela namorava um rapaz, tudo lindo, maravilhoso, até que ele perdeu o emprego e ela, por sua vez, também não estava trabalhando, estava mal, deprimida.

Conclusão: ele terminou com ela, porque ela daquele jeito, colocava-o mais para baixo, como ele mesmo disse. Mas quando ela melhorou e voltou a brilhar, ele começou a se achegar de novo. Entretanto, nesse meio tempo, ela conheceu um novo rapaz, mais novo, uma graça – deu aquela liga, mas como na vida nada é perfeito e muito menos fácil, ela começou a compará-lo ao ex.

Tudo acabado. Mas por que ??? Te respondo já !!!

Apesar de ele ter sido um tanto quanto cruel com ela, no momento em que ela mais precisava, ele pensou só nele, mas como dizem, “o Amor é cego, surdo e burro”, ela continua gostando dele.

Mas vocês me perguntarão, e o gato novo?

Pois é, esse coitadinho está  sendo bombardeado com todo tipo de comparação com relação ao ex – tudo bem – admito que tem ex que tem algumas coisas boas, mas os novos, é uma questão de doutrinação, se é que me entendem. Leva um tempo, mas o resultado será positivo, mas isso só acontece se você está disposta a se dar este tempo e tentar, esta é a palavra chave: tempo.

Dirão “mas essa comparação é natural”. Sim, é. Mas quando você compara com o intuito de se convencer de que o ex é melhor e é esse que você quer, então eu digo – esqueça o novo e continue a sofrer com o velho.

Muitas vezes ficamos presas ao passado, achando que aquela pessoa é a perfeita, foi feita para nós e nunca paramos para olhar a situação racionalmente e aceitar o fato de que infelizmente aquela pessoa não nos ama como a amamos.

Não pensem que já não fiz isso e ainda faço às vezes, mas procuro me policiar e dizer para mim mesma que esta é uma situação nova, uma pessoa nova, com qualidades e defeitos diferentes daqueles que o outro tinha.

Dê uma chance a você  mesma de ser feliz novamente, pois se passar o resto da vida comparando todos que você conheça, sinto lhe dizer, você vai ficar num círculo vicioso que só será quebrado a partir do momento em que você quiser, quando você decidir ser feliz novamente, ai sim, seu olhos se abrirão e seu coração também – e com certeza, ele irá lhe agradecer.

Então o que está esperando para ser feliz ???

Arrisque.

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES