27 de junho de 2010 15:25 Saúde

USP apresenta novo tratamento para obesidade

 “Preservativo intestinal” pretende reduzir em 30% o peso de paciente com obesidade grave

Por Renata Poskus Vaz

Mais do que uma solução mágica de emagrecimento, as interferências cirúrgicas no estômago e/ou intestino visando a redução de peso em tempo recorde, podem representar a chance de viver para alguns pacientes que alcançaram níveis preocupantes de obesidade. O único problema é quando essas técnicas são usadas em pacientes que simplesmente poderiam reeducar a sua alimentação. Ou então, em pacientes com obesidade mórbida, mas que não fazem acompanhamento psicológico associado à cirurgia. Ou seja, emagrecem, mas continuam com a “mente gorda” e, após algum tempo, por conta dos maus hábitos alimentares e ociosidade, voltam a engordar tudo de novo.

Manga endoscópica que parece uma camisinha, reduz absorção de alimentos

De acordo com matéria de Iberê Thenório, do G1, a nova técnica criada pela USP trata-se de uma prótese semelhante a uma camisinha, instalada no intestino sem a necessidade de cirurgia. O equipamento tem 62 cm de comprimento e impede cerca de 20% da absorção do alimento depois que a comida passa pelo estômago. O produto foi testado pelo Hospital das Clínicas da USP em 78 pessoas e proporcionou uma média de perda de peso de 30% .

Além de emagrecer, 90% das pessoas que tinham diabetes tipo 2 conseguiram controlar a doença. Isso ocorre, segundo o pesquisador, porque a prótese estimula a produção de insulina e diminuiu a resistência do corpo a essa substância.

O teste foi realizado com pacientes que já tinham indicação de cirurgia do estômago, mas que não podiam fazê-la por causa das más condições de saúde causadas pela obesidade. Participaram da pesquisa pessoas que tinham obesidade mórbida (com índice de massa corporal, IMC, maior que 40) ou obesidade grave (IMC entre 35 e 39,9) com diabetes ou hipertensão.

Para saber mais, clique aqui.

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES