6 de julho de 2010 00:12 Dança

Chair dance

Por Madame Juju

Meninas, preciso dividir com vocês a minha experiência na aula de chair dance. Lá na academia que eu freqüento, resolveram lançar essa aula, como experimental, uma vez ao mês. Ouvi comentários da aula e fui me inscrever!

ADOREI, achei bem divertida e posso afirmar que cansa. Portanto acredito que exercita bem, e sem você perceber, praticou uma atividade física durante 2 horas. Dançar faz bem e é um exercício muito bom, mas não pensem que não passou pela minha cabeça algo assim: “hum… será que vou conseguir fazer todos os movimentos, toda aquela cruzada de pernas, o levanta e senta?”.

SIM!!! Passou pela minha cabeça! Mas para todos os movimentos existem adaptações, e uma professora experiente já vai dando as dicas de acordo com o passar dos movimentos. Outra coisa, não importa se somos gordinhas, baixinhas, magrinhas e altinhas, cada uma chega lá com alguma insegurança.

Percebi, no começo da aula, magrinhas que estavam tão sem graça como eu. Altinhas se familiarizando com a cadeira e cheinhas que estavam se sentindo a última coca-cola do deserto. E acreditem: é muito gostoso ver uma gordinha se sentindo a última coca-cola do deserto!

Para ser bem sincera, como já disse, no começo eu fiquei bem sem graça de passar as mãos no meu corpo e fazer caras e bocas e jogar os cabelos, dentro de uma sala cheia de pessoas desconhecidas, mas aos poucos, tanto eu como a mulherada começamos a nos soltar, e finalmente estávamos todas flertando com o espelho.

Eu sei que saí de lá inspiradíssima, querendo ensaiar mais a tal coreografia da cadeira, e claro, arrumar um namorado para eu mostrar os meus novos “skills”. Saí de lá querendo fazer aula de pole dance e de dizer para o mundo o que eu havia acabado de experimentar.

Existem, hoje no mercado, além das academias voltadas para o público feminino, também academias que ensinam as danças eróticas, assim como: o strip tease, o pole dance e a chair dance, acredito que além de exercitar e ser divertido, freqüentar uma dessas aulas é também um estímulo pro nosso ego, para a nossa auto-estima. Afinal, ter consciência corporal, descobrir o movimento ou a posição que nos faz sentir bem certamente irá influenciar na nossa postura e no “sex appeal”.

Para praticar:

São Paulo 

Eu faço academia na Formula do Market Place. Aulas de chair dance lá ainda não são oficiais, mas estamos torcendo para isso.

 Escola de Pole dance, esta escola fica na vila madalena, é voltada para o pole dance e funciona como um portal, dando endereços de vários lugares em todo o Brasil.

Rio de Janeiro

Up dance Studio

 Goiânia

Action Studio

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES