28 de agosto de 2009 18:10

Grazi Barros

Por Grazi Barros

Estou fazendo todo um movimento contra o preconceito contra as gordinhas, acredito no movimento das plus size, mas gostaria de deixar muito claro que não tenho nada contra nenhum tipo de corpo físico, acho legal ser sarado, magro, gordinho, negro, branco…. O que importa não é o corpo físico, mas a alma e acho que as pessoas estão valorizando demais somente o físico e esquecendo da alma, do alto-astral etc.

É muito importante a gente ficar atento pra não cair no preconceito, em rotular as pessoas pela aparência física, pois não é porque um cara é sarado que ele é um babaca e não tem nada na cabeça, ou que só os gordinhos (as) são simpáticos, inteligentes e alto-astral, isso nada tem a ver com o corpo físico, isso tem a ver com o corpo mental! Conheço vários gordinhos (as) tristes, baixo-astral e conheço vários magrinhos assim também, e ao contrário.

Não entendo o motivo das pessoas relacionarem auto-estima com o corpo estar magro ou gordo. Acho que se amar é se cuidar e ter uma vida saudável, é se sentir bem com você mesmo, sem necessidade de auto-afirmação e aceitação externa.

O importante é ser você mesmo, ser feliz e se aceitar do jeito que se é!

Chega de preconceito! Tem gosto pra tudo e cada um tem um tipo, charme, alto-astral, estilo… Tem espaço para todos e a beleza está nos olhos de quem vê!  Saúde física, mental e espiritual sempre!

Namastê!