4 de setembro de 2009 23:44

Por Grazi Barros

Grazi Barros 2Meu nome é Graziela, tenho 38 anos e estou querendo entrar no mercado plus size. Não fiz nenhum trabalho como modelo, estou engatinhando ainda nisso tudo e não tenho medo de arriscar. Entretanto, me entristece saber que além do preconceito da sociedade com as gordinhas, existe um preconceito maior ainda que é com a idade!

Ouço todo dia, toda hora, que o mercado não aceita as mulheres maduras, que não há espaço para nós, enfim, isso me revolta porque acho covardia, discriminação e vejo que há tantas mulheres maduras, lindas, fotogênicas, super profissionais, com experiência de vida e de trabalho, com grande potencial e que são literalmente excluídas do mercado por terem mais idade, uma pena.

Engraçado é que boa parte do público alvo GG, são de mulheres mais maduras e seria coerente ter uma modelo madura vestindo a roupa para haver mais identificação. Não excluindo de forma alguma as modelos jovens, meu objetivo é incluir, somar… Há espaço para todas ou, pelo menos, deveria, para o cliente se ver lá dentro da roupa, mas isso não acontece de forma alguma, o preconceito prevalece!

Ressalto que esse preconceito de idade existe aqui no Brasil. Lá fora, no exterior, as modelos maduras trabalham e muito. Bom, do jeito que as coisas andam aqui, eu vou ter que acabar indo para a terra do Tio Sam!

Outro preconceito, já que a pauta é essa, é que ainda há várias lojas do mundo GG que têm como modelos, mulheres magras e esbeltas. Oras, como assim?! Nós, GG, quando olhamos uma mulher magra usando as “nossas roupas” não conseguimos nos identificar dentro da roupa, a não ser que façamos uma dieta daquelas. Nós gostamos é de ver a roupa em modelos cheias de charme, como nós. Assim, temos a real visão do caimento, das curvas, de nós!

Gente, chega de preconceito, seja ele de tamanho, cor, raça, idade etc. Chegou a hora de quebrar padrões, regras, do “tem que ser assim”, “deveria ser assim”, ” sempre foi assim”, ” é assim e ponto final!”

Espero e tenho fé que um dia tudo vai melhorar e que eu e minhas amigas “experientes” encontremos as portas abertas e muito trabalho. Afinal, “panela velha também faz comida boa”.

  • Graziela Barros

    Brigada, RE! VC É D+++++ AMIGA! beijocas cariocas plus MADURINHAAAAA!

    • Marcia Regina Miguel

      Com certeza você tem toda a razão eu também sou gordinha e apesar dos outros acharem que por ser gorda vc não é feliz outro problema é a idade pois também pensei em fazer trabalhos plus size e percebi que só chamam as meninas mais novas e realmente são mulheres com mais de trinta anos que compram este tipo de roupas, bom mas o importante é não desistir e ser feliz SEMPREEEEEEEEEE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Beijos.

      • eu tenho 19anos mas sou loco por mulheres mas velhas pq são mas esperiente nas coisas

  • Concordo com voce, o preconceito com os gordos é bem maior do que o da idade. Fui a uma enrevista e a recrutadora disse que eu precisava emagrecer. Eu lhe perguntei se a vaga era para modelo; ela me disse que o gerente gostaria de ter uma mulher bonita e atraente durante as 08 horas de trabalho. Isso é um absurdo!!!!!!!

  • renatavaz11

    Minha opinião sobre isso….

    Grande parte das grifes GGs são voltadas para mulheres mais maduras, acima dos 30 anos. E as modelos usadas são sempre na faixa dos 20. Como consumidora, também prefiro quando vejo uma modelo que mais se pareça comigo, tanto no corpo quanto na idade. Algumas grifes já sacaram isso e estão mudando a forma de se “comunicar” com as clientes. Será que uma mulher madura se reconhece numa ninfetinha? Uma ninfetinha se reconhece em uma mulher madura? É claro que não!
    Mas há uma outra questão que me preocupa e eu já falei sobre ela no blog. Toda gordinha hoje quer ser modelo plus size. O mercado é pequeno e os “nãos” são frequentes. Uma gordinha pode ser maravilhosa, lindíssima no dia a dia e não fotografar tão bem quanto outra cuja beleza passaria despercebida ao vivo.
    Eu, por exemplo, fico muito bem no vídeo, mas não fotografo tão bem. Mas esta é outra história.
    O que não podemos é nos frustrar. Nunca!

    Grazi, amei seu texto!

  • Cris Miranda

    Grazi vc é maravilhosaa!!!
    Concordo com vc!!
    Que tenha espaço para todas!!
    Seu texto tá perfeito amiga!
    Ameiiiii!

  • Fabiana Prieto

    Grazi, amei o seu texto, isso que vc postou e a mais pura verdade……..

    bjokas

  • AGATHA GODOI

    AMIGA ADOREI PARABENS
    BJS

  • Keka Demétrio

    Grazi,
    Tenho 37 anos e entendo perfeitamente o que vc quer dizer!!!
    E, embora seja complicado para nós, que além de sermos GG e sermos mais velhas, não troco o MULHERÃO que sou hoje pela mocinha que fui aos 20.
    Nada pode apagar o que já vivi e as experiências que me levaram a ser o que sou hoje: uma mulher que descobriu o brilho que tem justamente depois dos 30. Ahhh…é bom dmais saber de verdade do que estou rindo, pq estou chorando, quando e como amar e me entregar, mesmo que seja por um instante só…sem neuras, sorvendo tudo de bom a que tenho direito!!
    Nosso charme e poder estão exatamente nisso, na nossa idade!!

    Grd bjooo
    Keka

  • PATRICIA

    GRAZI o importante é ter fé..e também lutar por seu espaço é valido..pois o mundo é uma diversidade de etinias cores e tamanhos…e no mundo das gordinhas, não existe gordinha igual..tem a mais alta ,a mais baixa,a tipo pera, a tipo maça,a mais madura ,a mais nova,são diferentes mais com a mesma essência ..são gordinhas e lindas..o mais importante é que o mundo da moda abriu este filão …e é ótimo!!qtos mais gordinhas melhor…quem sabe num futuro próximo ..os cidadãos deste BRASIL,não designem os gordinhos como cidadãos de 2° classe ..isso sim é o mais importante..e que na hora de procurar um emprego o peso não seja uma forma de discriminar e não dar um emprego..e sim vejam as pessoas pelo caracter,pelo que são ,seres humanos!

  • Glaucia

    Puxa aprece q estou mesmo conectada as pessoas q participam do site…. estava pensando nisso esses dias…
    seu um afro-descendente eh chamado de negao.. ele processa
    seu um homossexual eh chamado de bicha.. ele processa…
    e Nós os acima do peso qdo somos chamados de gordinho o q fazemos…. damos risada e levamos na boa mesmo sabendo q muitas vezes eh uma forma de agredir nossa pessoa….
    E agora no mercado de trabalho em qualquer area temos o preconceito do peso e da idade…. eh constrangedor, humilhante e injusto….
    Afinal todos tem seu valor, seu potencial e no caso de nos maduras experiencia de vida…
    So me esclarece uma coisa quem ler meu comentario…..eh impressao minha ou as mulheres sofrem mais esse preconceito do q os homens????

  • Graziela Barros

    Glaucia, realmente e infelizmente nós sofremos mais sim!

    Meninas, brigada, foi mt bom escrever isso e concordo com a Re, hj em dia tem muita gente querendo ser modelo e a gente não pode colocar nossa auto-estima nisso, precisa se aceitar gordinha sendo ou não modelo. Eu, por ex, resolvi arriscar, mas caso não role nada, não muda nada na minha vida, eu me amo de qq jeito, agora entãooooooo….gente, o movimento é que é legal, quantas amizades estou fazendo, conhecendo vcs, nossaaaa, isso que é importante. Claro, rolando trabalhos, É NÓIS NA FITA COM ALEGRIA , mas independente de tudo, JÁ ESTOU MUITO FELIZ POR ESCREVER, FALAR DO PRECONCEITO e quero sempre que puder ajudar, abrir e QUEBRAR PADRÕES!

    CONTEM COMIGO AMIGASSS!

  • Ana Rita

    Oi Renata, adorei seu Blog!
    É muito bom saber, que pessoas como vcs, são solidárias com nós, gordinhas.
    Tava me sentindo muito mal por não conseguir emprego, não só porque sou gordinha, mas também, por já tá com a idade um pouco avançada para o mercado de trabalho. Tenho 46, apesar das pessoas não me darem esta idade, é a verdade e, sinto na pele o preconceito. Infelizmente no nosso país não dão valor as pessoas pela sua capacidade mental, somos julgados pela aparência e pela idade e etc.
    Mas enfim, me senti muito bem quando li as coisas que estão aqui.
    Bjos !

  • Thairone dos Santos

    Gostaria que o site tivesse um espaço para só para fotos de garotas GG e maduras GG…
    Um agraço.

  • PATRICIA

    E BOM O QUE TA ACONTECENDO POIS AS PESSOAS ESTÃO DISCUTINDO SOBRE A OBESIDADE,É RUIM QUANDO FICA AQUELE PRECONCEITO VELADO….ALGUEM JA LEU UM LIVRO INTITULADO¨QUEM TEM PENA DE GORDO É GORDO-A DIETA DOS VALORES¨EU NÃO LI MAIS GOSTARIA DE SABER SE ALGUEM LEU E SE PUDER COMENTE..EU VI A CAPA NO METRO..NAQUELAS MAQUINAS QUE VENDE LIVROS…

  • Ana

    Graziela, você realmente tem razão, existe preconceito com a idade, assim como existe com o peso, espero que o mercado corrija essa falha e expanda mais a demanda para quem não está dentro dos padrões.

  • Oiiii Ameeeeiiiii o blog…. vi a reportagem que passou na Record e logo me identifiquei… com certeza serei mais uma seguidora do blog…. temos que ser felizes do geito que somos e ninguém tem nada com isso… tenho um marido que me ama e adora minhas curvas… tem muita magrela por ai que não tem 1/3 do que eu tenho… por muito tempo adiei minha vida por causa do peso… agora percebi que não vale a pena… vou viver a vida e ser feliz… quem achar ruim que ache… é tudo inveja rsss… uffaa acho que desabafei rssss… Tenho um casamento para ser madrinha e não consigo achar vestido… morro de preguiça de comprar tecido, procurar modelo e levar na costureira, além de me faltar tempo… alguém tem uma dica para me dar de onde posso encontrar esse tipo de roupa… moro no guarujá mas vou toda semana para SP… quem tiver alguma dica por favoooorrr me passe… pode me mandar um e-mail ou entrar no meu site que lá tem meu e-mail http://www.marivieirajoias.elo7.com.br

    Milll Beijos para todas!!!!

  • Adriana Vergasta

    Concordo plenamente com a matéria abordada, nós gordinhas temos muito charme e desde que você tenha cuidados com sua saúde, por que ser magra se seu biotipo e de gordinha.
    Precisamos ter um olhar em 360 graus das coisas que seria do branco se tudo fosse preto, cada idade tem o seu charme e cada biotipo tambem.
    Espero ver mais matérias sobre este abordando esse tipo de assuntos.

  • PATRICIA

    oi mary
    concordo com vc !MARY não é por que a gente é gordinha é menos que ninguem,tem muita magra que passa fome e é separada,e morre de inveja pois além da gente não passar fome ,temos maridos que nos amam, e muitos homens que amam as gordinhas,mesmo eu sendo casada tem homem que me canta…kkk isso vem do brilho interior de cada um e ninguem pode roubar isso de ninguem!existe sim inveja das magras com as gordinha……….não da pra agradar todos neste mundo…o importante é estar vivo..e é valido falar o que sente ,pois isso é autenticidade!
    lojas que tem roupas lindas GG
    http://www.programmoda.com.br
    http://www.palank.com.br
    http://www.juliamoda.com.br

  • Renata

    Olá,
    Amei seu ponto de vista e concordo totalmente…
    Eu acredito que as coisas estão começando a mudar.
    Como vc disse existe espaço p/ todo mundo…

  • Gislainy

    Precisei deixar meu comentário aqui. Concordo com você e me revolto quando vejo mulheres magras desfilando com nossas roupas. Sempre penso que para entrar naquelas roupas vou precisar perder uns 30 kg. Que tristeza! Um dia isso vai mudar (assim espero…). Um abraço!

  • Ester Nogueira

    Fiquei muito feliz ao ver sua reportagem, pois é assim que me sinto, tenho 105 kg, distribuidos em 1.72m, 37 anos e digo a vc morro em uma pequena cidade tem muitas mulheres bonitas, mais desafio ter alguém que tenha beleza maior do que a minha, pois sou realizada como pessoa, profissionalmente e princialmente como mulher, com essas realizações digo que ser GG é um orgulho, tenho tudo que uma mulher sonha, que é o principal… Saúde e Paz, conheci hoje esse site e passarei a ser leitora assidua, e também concordo que “Panela velha é quem faz comida boa”

  • leandro silva

    Vc esta certa adoro fofinhas as