11 de junho de 2011 00:34 Vestido de noiva

Noiva gordinha, pode?

Matéria gentilmente roubada do site da Época

Escrita por Anna Carolina Lementy e indicada por nossa leitora Sheila Domingues

Quando eu penso em casamento, eu imagino primeiro o vestido da noiva. E depois me vejo metida nele. Só que magra. Simplesmente não consigo aceitar a ideia de que não vou estar me sentindo bonita nesse dia tão especial (ainda assim, eu sigo comendo chocolate). 

Acho que muitas noivas também se sentem assim. Lembro de ter ido a pelo menos dois casamentos em que as noivas estavam magérrimas. À custa de muita ansiedade, bastante remédio e pouquíssima comida. Eu não as julgo mal. Em dias normais, as pessoas já recriminam as moças gordas, que dirá no dia do casamento?

Mas ontem, lendo uma matéria publicada no The Frisky, eu comecei a pensar de outro jeito. A autora, Kate Torgovnick, fala sobre um reality show chamado Say yes to the dress: big bliss – algo como Diga sim ao vestido: grande glória. O programa, que é sobre vestidos de noiva, dedicou toda uma temporada às noivas gordinhas.

Algumas delas sofreram a vida inteira por causa dos quilos a mais. Outras gostam de si como são. Mas todas elas estão em busca do vestido perfeito. Aí, elas vão a uma boutique de vestidos em Manhattan, Nova York, que é especializada em modelos plus size (atenção: não se trata de vestidos sob medida. Os vestidos são feitos em tamanho GGG e ficam à disposição das noivas na loja, o que torna todo o processo de escolha mais divertido). Na boutique, as moças – sempre nervosas e radiantes – encontram umas consultoras muito legais e eficientes.

As noivas dizem a elas do que gostam, falam sobre a dificuldade que é achar roupa, do medo de nunca achar um vestido bonito que sirva. Depois, elas experimentam alguns modelos. E esse é o momento mais tocante do programa. As futuras esposas ficam felizes com a imagem que veem no espelho.

Uma noiva chamada Crystal Parsons (tem link para o vídeo no final do post!) fica toda emocionada ao dizer que está se sentindo bonita. Quem sabe há quanto tempo ela não se sente assim? Eu fiquei a ponto de chorar. Foi assim com algumas outras noivas que vi. Todas elas estavam expondo suas dobras, inchaços e inseguranças. E tinha alguém gentil o bastante para ajudá-las e dizer que acharia o vestido certo. Sem olhar torto, sem sentir pena.

O que eu pensei? Bom, continuo querendo estar magra no tal dia do sim. Também sonho com vestidos delicados e pequenos. Mas uma dúvida me corrói: por que estou mais preocupada em parecer perfeita para os convidados, se eu já sou perfeita para o garoto que me escolheu pra ser sua esposa?

Assista aos vídeos do programa aqui.

 

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES