07/11/2022 Carreira

Banco Bmg investe em aceleração de carreira para mulheres

Embora nós, mulherões, sejamos mais da metade da população brasileira, apenas 37,7% dos cargos de gerência são ocupados por mulheres. Este não é o caso do Banco Bmg, que é liderado por Ana Karina Bortoni Dias, única mulher CEO de um banco brasileiro com capital aberto, eleita a “CEO do Ano” pela Consumidor Moderno, em 2021, e capa da edição “Mulheres de Sucesso” da Forbes, em 2022, e que tem investido para que mais mulheres ocupem cargos gerenciais na empresa.

Programa Catálise do Bmg

 Para que mais mulheres alcancem cargos de liderança, o Bmg lançou o Catálise, programa de aceleração de carreira para colaboradoras do banco.

 “O Catálise tem como objetivo ampliar a participação feminina, em especial, no ambiente corporativo e prepará-las para assumir posições de liderança no futuro. Todo conhecimento, dicas e mentoria que nossas colaboradoras receberão, vão funcionar como catalisadores da transformação do talento que elas já possuem, para que estejam aptas a abraçar novos desafios, crescer e serem protagonistas de suas carreiras”, explica Rosana Aguiar, gerente Executiva de ESG, Diversidade e Transformação Organizacional do Bmg.

Ao todo, até 130 colaboradoras do Bmg poderão participar do programa. Para isso, elas precisam atender a alguns requisitos de performance e ocuparem cargos de analista, coordenadora ou especialista.

O ecossistema do programa inclui habilidades e comportamentos aceleradores de carreiras, base sólida sobre os negócios e o mercado financeiro e bancário e, por fim, a participação como mentora e mentorada, interagindo, aprendendo e ensinando outras profissionais do banco, num processo de retroalimentação do ecossistema Bmg para transformar.

Todas as colaboradoras inscritas terão acesso por um ano à plataforma digital Todas Group, desenvolvida para disponibilizar uma trilha de conhecimento com base nas habilidades de mulheres de sucesso e impulsionar jornadas profissionais femininas. Além disso, 35 delas serão selecionadas para mentoria técnica sobre finanças na Saint Paul Escola de Negócios.

Com o Catálise, esperamos desenvolver habilidades fundamentais de liderança em nossas colaboradoras, em busca de um Banco cada vez mais igualitário e diverso. Dessa maneira, contribuiremos não só com a construção de uma sociedade mais justa para todos, mas também nos tornaremos uma empresa mais competitiva, inovativa e disruptiva, e que, consequentemente, gera mais valor para nossos clientes, colaboradores e acionistas”, afirma Daniel Pavelec, Diretor de Transformação do Bmg.

Futebol para Mulheres

Além dos programas voltados para lideranças femininas dentro da empresa, o Bmg também apoia iniciativas do futebol feminino. Atualmente, o banco é patrocinador da Nossa Arena, espaço em São Paulo destinado exclusivamente para a prática do esporte por mulheres. A Nossa Arena fica na Rua sem saída, 200 Acesso pela, Av. Nicolas Boer, 100 – Parque Industrial Tomas Edson, bairro da Barra Funda.

esq. para dir.: Milene Domingues (ex-jogadora de futebol), Ana Karina Bortoni Dias (CEO do Bmg), Júlia Vergueiro (fundadora da Nossa Arena e CEO do Pelado Real FC) e Sarah Tonon Reis (responsável por Marketing Esportivo no Bmg)

 

 

Você também pode gostar da matéria: “Gracia Alonso: o mulherão que mudou a moda plus size

 

(Visited 221 times, 1 visits today)

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES