10/05/2022 Bazar

Revender roupas femininas: dicas para ter sucesso!

As roupas femininas estão entre os produtos mais vendidos e ao mesmo tempo um dos negócios mais rentáveis no Brasil. Você é fã de moda? Revender roupas femininas te interessa? Criar um negócio paralelo ou como maneira de ter uma renda extra pode ser uma opção para você.

Hoje em dia, todo mundo está procurando maneiras de ganhar dinheiro (é a crise, minha gente!). A pandemia forçou muitos de nós a ajustar os hábitos, repensar como ganhamos dinheiro e focar na criação de uma empresa, principalmente na internet. Roupas femininas podem ser vendidas facilmente tanto online quanto no modo tradicional com lojas físicas.

Investir nas vendas no varejo pode ser uma carreira difícil, especialmente se limitadas a um produto ou grupo de consumidores. No caso de revender roupas femininas, o pessoal de vendas deve se concentrar em roupas e clientes específicos. Ao mesmo tempo, pode ser um benefício para os vendedores, permitindo que eles se tornem expert em seus produtos gerando assim mais vendas para sua loja.

Para revender roupas femininas conheça seu produto

No mundo do varejo de roupas femininas, conhecer o seu produto é um requisito para o sucesso das vendas. Um amplo conhecimento dos designers, materiais, opções e acessórios que sua loja oferece ajuda a garantir ao cliente sua capacidade de atender às necessidades dele. Um conhecimento prático de sua concorrência e tendências atuais também ajuda a responder perguntas, oferecer sugestões ou orientar a clientela na direção certa.

Conheça suas clientes

Embora a venda de roupas de varejo para mulheres possa parecer indicar um único tipo de cliente, isso está longe de ser verdade. As consumidoras podem se enquadrar em muitos perfis de compra, com base em fatores como, por exemplo o nível salarial, renda, idade, etnia, educação, grupo social, localização e outras variáveis. Reserve um tempo para aprender sobre sua cliente típica, sua compra média, preferências e dados demográficos.

Atinja o sucesso como revendedora superando objeções

Vender roupas femininas em uma loja de varejo envolve muito mais do que apenas apontar o caminho para a seção de roupas de verão. Por definição, vender é um verbo que requer uma relação ativa de dar e receber entre vendedor e clientela.

Por exemplo, a resposta “Estou apenas olhando” de uma cliente não deve ser o fim de sua interação. Pois isso pode significar “Não encontrei o que estou procurando” ou “Não tenho certeza do que quero”. Por isso é preciso fazer perguntas de acompanhamento e envolver a freguesa em uma discussão mais aprofundada, sem ser agressiva, já que isso pode levar a uma venda.

Ouça sua cliente

Ao falar com a cliente, reserve um tempo para ouvir e interpretar o que ela diz. As respostas podem ajudar a identificar problemas como preocupações com custos, tamanho, preferência de cor ou indecisão. Afinal, compreender as necessidades e expectativas pode ajudar a evitar a perda de vendas.

Colocando essas dicas em prática com muito esforço e trabalho você conseguirá alcançar o tão almejado sucesso profissional e independência financeira. Boa sorte e boas vendas!

Ah, mas antes de ir, lembre de assinar nossa newsletter e continuar acompanhando todo o conteúdo aqui do Blog Mulherão.

(Visited 27 times, 1 visits today)

Quer trocar relatos de experiências sexuais e tirar dúvidas com outras mulheres gordas? Entre no GRUPO SECRETO DO MULHERÃO, no Facebook, com entrada permitida apenas para mulheres: Clique aqui para acessar

MAIS MATÉRIAS INTERESSANTES